5: Qual é o papel do Livro de Mórmon?
    Notas de rodapé
    Tema

    “5: Qual é o papel do Livro de Mórmon?” Pregar Meu Evangelho: Guia para o Serviço Missionário, 2018, pp. 107–120

    “5 Livro de Mórmon”, Pregar Meu Evangelho, pp. 107–120

    5

    Qual é o papel do Livro de Mórmon?

    Jesus Christ Visits the Americas

    Pense nisto

    • De que modo o Livro de Mórmon é a pedra angular de nossa religião?

    • Como o Livro de Mórmon responde às grandes perguntas da alma?

    • Por que o Livro de Mórmon é tão poderoso no processo de conversão?

    • Como devo usar o Livro de Mórmon para edificar a fé e ajudar as pessoas a se aproximarem de Deus?

    • Por que a promessa encontrada em Morôni 10:3–5 é fundamental no trabalho missionário?

    O Livro de Mórmon, combinado com o Espírito, é seu recurso mais poderoso na conversão. O Livro de Mórmon fornece uma forte evidência da divindade de Cristo. Também é uma prova da Restauração realizada por intermédio do profeta Joseph Smith. Uma parte essencial da conversão é receber um testemunho pelo Espírito Santo de que o Livro de Mórmon é verdadeiro. Como missionário, você precisa ter um testemunho pessoal de que o Livro de Mórmon é verdadeiro. Esse testemunho pode conduzi-lo a uma fé profunda e duradoura no poder do Livro de Mórmon durante o processo de conversão. Tenha confiança de que o Espírito Santo vai testificar a todos os que lerem e ponderarem a respeito do Livro de Mórmon e perguntarem a Deus, com um coração sincero, real intenção e fé em Cristo, se ele é verdadeiro. Esse testemunho do Espírito Santo deve ser o enfoque central de seu ensino.

    O Livro de Mórmon é a pedra angular de nossa religião

    ||

    O profeta Joseph Smith ensinou que o Livro de Mórmon é a pedra angular de nossa religião (ver Introdução do Livro de Mórmon). Em outra ocasião, ele afirmou: “Tirem o Livro de Mórmon e as revelações e onde está nossa religião? Não temos nada” (Atas e discursos, 21 de abril 1834, Biblioteca de História da Igreja, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Salt Lake City).

    Um arco é uma forte estrutura arquitetônica feita com pedras entalhadas em forma de cunha que se apoiam umas às outras. A pedra do meio, ou pedra angular, geralmente é maior do que as outras cunhas e firma as outras pedras em seu lugar. Quando Joseph Smith chamou o Livro de Mórmon de pedra angular de nossa religião, ele ensinou que o Livro de Mórmon é o que mantém o firme alicerce de nossa religião. O presidente Ezra Taft Benson disse que o Livro de Mórmon é a pedra angular de três maneiras:

    Testemunho de Cristo. “O Livro de Mórmon é a pedra angular de nosso testemunho de Jesus Cristo, sendo Ele mesmo a pedra angular de tudo que fazemos. O livro presta testemunho da realidade de Jesus Cristo com grande poder e clareza”.

    Plenitude da doutrina. “O próprio Senhor declarou que o Livro de Mórmon contém a ‘plenitude do evangelho de Jesus Cristo’(Doutrina e Convênios 20:9; 27:5). (…) Encontramos no Livro de Mórmon a plenitude [da doutrina] exigida para a nossa salvação. E somos ensinados de modo simples e claro que até as crianças podem aprender o caminho da salvação e da exaltação”.

    Scriptures. Book of Mormon

    Alicerce do testemunho. “Assim como o arco desmorona se a pedra angular for removida, também toda a Igreja permanece de pé ou vem abaixo em função da veracidade do Livro de Mórmon. Os inimigos da Igreja entendem isso muito bem. É por isso que não medem esforços para contestar o Livro de Mórmon, pois caso venha a ser desacreditado, o profeta Joseph Smith também o será. Assim também como será desacreditada nossa afirmação de que possuímos as chaves do sacerdócio, recebemos revelação e somos a Igreja restaurada. Mas, de igual modo, se o Livro de Mórmon for verdadeiro – e milhões de pessoas hoje testificam que receberam um testemunho do Espírito de que ele realmente é verdadeiro – então, é preciso aceitar as afirmações referentes à Restauração e tudo que a ela se refere” (A Witness and a Warning, 1988, pp. 18–19).

    O Livro de Mórmon é o mais correto de todos os livros da Terra (ver Introdução do Livro de Mórmon). Ele ensina a doutrina de Cristo com clareza, especialmente nas lições que você ensina às pessoas. Use-o como sua principal fonte de referência para o ensino do evangelho restaurado. Veja a seguir alguns exemplos de verdades ensinadas claramente no Livro de Mórmon, as quais você ensinará às pessoas.

    Lição missionária

    Doutrina

    Referências

    A mensagem da Restauração do evangelho de Jesus Cristo

    Apostasia, Restauração, Joseph Smith, autoridade do sacerdócio

    1 Néfi 12–14

    2 Néfi 3; 26–29

    Mosias 18

    O plano de salvação

    O “grande plano do Deus Eterno”, incluindo a Queda de Adão e Eva, a Expiação de Jesus Cristo, a Ressurreição e o Julgamento

    2 Néfi 2; 9

    Mosias 3; 15

    Alma 34:9

    Alma 12; 40–42

    O evangelho de Jesus Cristo

    Fé em Cristo, arrependimento, batismo, dom do Espírito Santo e perseverar até o fim

    2 Néfi 31–32

    3 Néfi 11; 27

    Os mandamentos; Leis e ordenanças

    Ordenanças como o batismo, a confirmação, a ordenação ao sacerdócio e o sacramento

    3 Néfi 11:22–28; 18

    Morôni 2–6

    Atividade: Estudo pessoal

    Responda às seguintes perguntas em seu diário de estudo:

    • Como seu estudo do Livro de Mórmon influenciou seu testemunho de Jesus Cristo?

    • Como você pode usar o Livro de Mórmon para fortalecer o testemunho das pessoas?

    Estudo do evangelho

    O que o Salvador diz a respeito do Livro de Mórmon?

    O Livro de Mórmon presta testemunho de Cristo

    Christ and the rich young ruler

    Foto: Cortesia de C. Harrison Conroy Co., Inc. Reprodução proibida.

    Um dos principais propósitos do Livro de Mórmon é convencer todas as pessoas de que Jesus é o Cristo (ver página de título do Livro de Mórmon). Ele presta testemunho de Cristo, afirmando a realidade de Sua vida, de Sua missão e de Seu poder. Ensina a doutrina verdadeira sobre a Expiação de Cristo — o alicerce do plano de salvação. Muitos daqueles cujos escritos estão preservados no Livro de Mórmon viram Cristo pessoalmente. O irmão de Jarede, Néfi e Jacó viram o Cristo pré-mortal. Mórmon e Morôni viram o Cristo ressuscitado. Além disso, multidões estavam presentes durante o breve, porém poderoso, ministério do Salvador entre os nefitas (ver 3 Néfi 11–28). As pessoas que sabem pouco ou quase nada a respeito do Salvador vão conhecê-Lo ao ler, ponderar e orar a respeito do Livro de Mórmon.

    O testemunho do Livro de Mórmon confirma o testemunho da Bíblia, de que Jesus é o Filho Unigênito de Deus e o Salvador do mundo. Ao ensinar a plenitude do evangelho de Jesus Cristo, você vai testificar frequentemente a respeito do Salvador e Redentor do mundo. Pelo poder do Espírito Santo, você acrescentará seu testemunho vivo da veracidade desta mensagem.

    Estudo do evangelho

    Que razões os profetas do Livro de Mórmon deram para escrever seus registros?

    O Livro de Mórmon e a Bíblia apoiam um ao outro

    As crenças das pessoas na Bíblia variam muito. Alguns acreditam que a Bíblia é absolutamente perfeita, sem nenhum erro, e que ela é tudo de que necessitamos para sermos salvos. Outros acham que a Bíblia é uma obra literária que vale a pena ser estudada, mas negam que ela seja uma evidência da divindade e dos milagres de Cristo ou que seja uma revelação direta de Deus. Alguns preferem ignorar a Bíblia, e outros nunca viram a Bíblia ou não tiveram a chance de lê-la.

    Os santos dos últimos dias acreditam “ser a Bíblia a palavra de Deus, desde que esteja traduzida corretamente” (Regras de Fé 1:8). Em vez de competir com a Bíblia, o Livro de Mórmon a confirma, exorta-nos a lê-la e presta testemunho da veracidade da sua mensagem. Você deve usar o Livro de Mórmon e a Bíblia para confirmarem um ao outro.

    O Livro de Mórmon fala dos antigos convênios que Deus fez com Seus filhos; a Bíblia conta a respeito de grandes profetas que também receberam esses convênios pela fé. O Livro de Mórmon presta testemunho de Cristo e de Sua Expiação; a Bíblia fornece um relato de Seu nascimento, ministério, morte, Expiação e Ressurreição. Portanto, a Bíblia e o Livro de Mórmon complementam e enriquecem um ao outro.

    A edição da Bíblia da Igreja em português e o Livro de Mórmon contêm referências-cruzadas e auxílios para estudo que tornam a vara de Judá (a Bíblia) e a vara de José (o Livro de Mórmon) um livro único em nossas mãos (ver Ezequiel 37:15–17; ver também 1 Néfi 13:34–41; 2 Néfi 3:12; 29:8). Dê prioridade às passagens do Livro de Mórmon quando ensinar, mas mostre também como ele e a Bíblia ensinam os mesmos princípios.

    Use o Livro de Mórmon para esclarecer e explicar passagens da Bíblia. O Novo Testamento, por exemplo, declara que Cristo foi batizado para “cumprir toda a justiça” (Mateus 3:14–15). O Livro de Mórmon explica o que significa cumprir toda a justiça (ver 2 Néfi 31:5–9).

    Ao usar o Livro de Mórmon e a Bíblia como livros de escrituras que se complementam, eles resolverão contendas e corrigirão falsas doutrinas (ver 2 Néfi 3:12).

    A Bíblia ensina o seguinte sobre a lei das testemunhas: “Pela boca de duas ou três testemunhas será confirmada toda palavra” (2 Coríntios 13:1). Em harmonia com essa lei, o Livro de Mórmon e a Bíblia testificam de Jesus Cristo.

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    Procure referências cruzadas sobre os seguintes tópicos no Livro de Mórmon e na Bíblia. São dados exemplos entre parênteses depois de cada tópico. Acrescente suas próprias referências e tópicos à lista.

    Estudo do evangelho

    O que a Bíblia diz a respeito do Livro de Mórmon?

    O que o Livro de Mórmon diz a respeito da Bíblia?

    De que maneira os dois livros servem como testamentos de Cristo?

    O Livro de Mórmon responde às perguntas da alma

    O presidente Ezra Taft Benson disse que os missionários “precisam mostrar como [o Livro de Mórmon] responde às grandes perguntas da alma” (“Inundar a Terra com o Livro de Mórmon”, A Liahona, janeiro de 1989, p. 3).

    “As grandes perguntas da alma” podem incluir o seguinte: Há realmente um Deus? Eu existia antes de nascer? Eu viverei depois da morte? Qual é o propósito da vida? Jesus é realmente o Salvador?

    Scripture study

    Outras perguntas podem ser concentradas em necessidades mais materiais: Como melhorar meu relacionamento com meu cônjuge? Como ajudar meus filhos adolescentes a se distanciarem das drogas ou da imoralidade? Como posso encontrar trabalho para sustentar minha família?

    O evangelho de Jesus Cristo nos ajuda a responder as duas categorias de perguntas. Ao adquirirmos fé de que o Livro de Mórmon é verdadeiro, começamos a encontrar respostas para as perguntas sobre o propósito da vida e a esperança de vida eterna. O Livro de Mórmon descreve o plano de felicidade, que dá significado e perspectiva à vida. As respostas para perguntas como as que se seguem estão claramente ensinadas no Livro de Mórmon.

    • Existe um Deus? (Alma 22)

    • O que Jesus Cristo espera de mim? (2 Néfi 9)

    • De que modo a crença em Jesus Cristo pode me ajudar? (Alma 36)

    • Existe vida após a morte? (Alma 40)

    • Qual é o propósito da vida? (Alma 34)

    • Por que Deus permite que o mal exista e que haja sofrimento? (2 Néfi 2; Alma 14:9–11; 60:13)

    • Meu filho bebê precisa ser batizado? (Morôni 8)

    • Deus me conhece? (Alma 5:38, 58)

    • Deus responde as orações? (Enos 1)

    • Como posso encontrar paz e alegria? (Mosias 2, 4)

    • Como minha família pode ser feliz e mais unida? (Mosias 2)

    • Como encontrar o equilíbrio entre minha família e minha carreira? (3 Néfi 13)

    • Como fortalecer meu relacionamento com meu cônjuge? (3 Néfi 14)

    • Como evitar os males que ameaçam minha família? (Alma 39)

    • Como evitar o pecado? (Helamã 5)

    Ao ler o Livro de Mórmon com a orientação do Espírito, encontraremos respostas para nossas perguntas pessoais. Ele ensina que a oração e a revelação são a chave para resolver problemas pessoais. Ele nos ajuda a ter fé de que Deus responderá nossas orações.

    O Livro de Mórmon também nos ajuda a compreender que os mandamentos de Deus não são uma lista restritiva de coisas que podemos e que não podemos fazer, mas são guias que nos conduzem a uma vida feliz e plena. Quando começamos a entender que os primeiros princípios e ordenanças do evangelho são o caminho para uma vida plena, percebemos que esses princípios ajudam a responder quaisquer dúvidas e atender quaisquer necessidades. Entendemos, por exemplo, que o arrependimento, o perdão e o convênio de servir ao próximo são essenciais para melhorar o relacionamento com nosso cônjuge. Vemos que a fé em Cristo, a aceitação e o cumprimento de convênios, e a obediência aos sussurros do Espírito ajudam os jovens a evitar as fortes tentações que os cercam.

    O evangelho resolve quase todas as dúvidas ou necessidades. É por isso que você deve “[ensinar] os princípios [o] evangelho que estão na Bíblia e no Livro de Mórmon, no qual se acha a plenitude do evangelho” (Doutrina e Convênios 42:12).

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    Faça uma lista de algumas das “grandes perguntas da alma” que as pessoas se fazem. Encontre versículos no Livro de Mórmon para respondê-las. Escreva as respostas em seu diário de estudo e as use quando for ensinar.

    O Livro de Mórmon aproxima as pessoas de Deus

    A respeito do Livro de Mórmon, o profeta Joseph Smith disse que “seguindo seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro” (Introdução do Livro de Mórmon). O Livro de Mórmon é o ponto de partida para se obter um testemunho e receber revelação pessoal. Use o Livro de Mórmon para ajudar as pessoas a ter experiências espirituais, em especial um testemunho do Espírito Santo de que o livro em si é verdadeiro. Ao convidar regularmente as pessoas a viver os princípios que estão no Livro de Mórmon, você vai ajudá-las a desenvolver fé em Jesus Cristo e a se aproximar de Deus.

    O presidente Gordon B. Hinckley declarou: “Todos os que leram [o Livro de Mórmon] em espírito de oração, sejam eles ricos ou pobres, instruídos ou iletrados, cresceram sob seu poder. (…) Prometo-lhes sem hesitar que se lerem o Livro de Mórmon em espírito de oração, não importando quantas vezes o tenham lido anteriormente, o Espírito do Senhor (…) virá a seu coração. Sentirão uma determinação mais firme de obedecer a Seus mandamentos e um testemunho mais forte da realidade viva do Filho de Deus” (“O Livro de Mórmon”, A Liahona, outubro de 1988, p. 2).

    Use o Livro de Mórmon para responder a dúvidas

    Muitas pessoas não acreditarão em tudo o que você ensina. O presidente Ezra Taft Benson ensinou como o Livro de Mórmon pode ser o recurso mais importante para responder a essas situações:

    “Devemos usar o Livro de Mórmon para lidar com as dúvidas em relação à Igreja (…).

    Todas as dúvidas, sejam elas referentes ao aborto, ao casamento plural, à adoração no sétimo dia, etc., basicamente dependem de sabermos se Joseph Smith e seus sucessores foram e são profetas de Deus que recebem revelação divina. (…)

    My Servant Joseph

    Meu Servo Joseph © 2004 Liz Lemon Swindle. Imagem reproduzida com a permissão da Fundação de Artes, American Fork, Utah 84003.

    “A única dúvida que a pessoa precisa resolver por si mesma é saber se o Livro de Mórmon é verdadeiro. Porque se o Livro de Mórmon for verdadeiro, então Jesus é o Cristo, Joseph Smith foi Seu profeta, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é verdadeira e está sendo liderada hoje por um profeta que recebe revelação.

    Nossa principal tarefa é declarar o evangelho e fazê-lo de modo eficaz. Não somos obrigados a ter resposta para toda e qualquer dúvida. Todo homem acabará tendo que enfrentar a questão da fé e, então, terá que tomar uma decisão” (A Witness and a Warning, pp. 4–5).

    Uma pessoa sincera pode, por exemplo, ter dúvidas sobre o que você ensinou a respeito da Palavra de Sabedoria. Ajude-a a entender que a verdadeira questão é saber se Joseph Smith estava falando como profeta de Deus quando esse mandamento foi renovado nesta dispensação. Você pode dizer: “Para ter a fé necessária para aceitar esse ensinamento é preciso ter a certeza de que esse mandamento veio a nós por revelação de Deus ao profeta Joseph Smith. Para saber se Joseph Smith foi um profeta de Deus, é preciso ler o Livro de Mórmon e orar para saber se ele é verdadeiro”.

    As pessoas precisam resolver por si mesmas suas próprias dúvidas e objeções. Você pode ajudar ao salientar as coisas que fortalecerão a fé em Jesus Cristo — ler o Livro de Mórmon e orar a respeito dele. Quando o testemunho a respeito da Restauração estiver fortalecido, elas terão força para vencer as dúvidas e as objeções que surgirem.

    Quando responder dúvidas, lembre-se de que nosso entendimento provém dos profetas modernos — Joseph Smith e seus sucessores —, os quais receberam revelação direta de Deus. Portanto, a primeira pergunta que a pessoa precisa responder é se Joseph Smith foi um profeta, e essa pergunta pode ser respondida se ele ou ela ler o Livro de Mórmon e orar a respeito dele.

    Joseph Smith e o Livro de Mórmon

    Uma maneira de saber se Joseph Smith foi um profeta de Deus é ler o Livro de Mórmon e orar a respeito dele.

    Atividade: Estudo pessoal

    Em seu diário de estudo, escreva como você usaria as palavras de Joseph Smith e do Livro de Mórmon para responder às dúvidas e objeções a seguir:

    • “Não acredito que Deus ainda fale com as pessoas.”

    • “Creio que posso adorar a Deus à minha própria maneira, em vez de seguir uma religião organizada.”

    • “Por que preciso parar de beber vinho durante as refeições se eu quiser me filiar à sua igreja?”

    • “Por que preciso de religião?”

    Como você deve usar o Livro de Mórmon?

    Muitas pessoas que você ensina não leem o Livro de Mórmon ou não entendem o que leram. Essas pessoas terão dificuldades em receber um testemunho de que o livro é verdadeiro.

    Ler o Livro de Mórmon com as pessoas que você ensina

    Ao lerem juntos, ore para que o Espírito Santo testifique às pessoas que o Livro de Mórmon é verdadeiro.

    Missionaries

    Você pode ler o Livro de Mórmon com as pessoas a fim de ajudá-las. Ore pedindo ajuda para escolher passagens que respondam as dúvidas e os problemas delas. Você pode ler com elas como parte de seu ensino ou durante uma visita de acompanhamento. Também pode combinar com os membros para que leiam com as pessoas que você ensina.

    Algumas passagens especialmente importantes incluem a página de título, a introdução (principalmente os dois últimos parágrafos) e Morôni 10:3–5. Essas passagens ajudam as pessoas a saber como adquirir um testemunho do Livro de Mórmon. Incentivem-nas a ler o Livro de Mórmon desde o início, inclusive o depoimento das três e das oito testemunhas, assim como o testemunho do profeta Joseph Smith.

    Leia e converse sobre passagens curtas (como 1 Néfi 3:7 ou Mosias 2:17) e também trechos mais longos ou capítulos inteiros (como 2 Néfi 31, Alma 7, ou 3 Néfi 18).

    Ao ler com as pessoas, pare de vez em quando e conversem sobre o que leram. Enquanto você lê com elas, enfatize as principais mensagens ou doutrinas que devem ser identificadas. Compartilhe pontos de vista, sentimentos, testemunhos e experiências pessoais adequadas. Ajude as pessoas a sentir o poder espiritual do Livro de Mórmon. Desse modo, você poderá lhes ensinar a doutrina verdadeira diretamente do Livro de Mórmon. Continue essa prática nas visitas seguintes até que as pessoas a quem você ensina desenvolvam a habilidade de ler e orar por si mesmas.

    Ensine a doutrina e os princípios usando as palavras e as frases dos profetas do Livro de Mórmon. Explique a história e o contexto das passagens. Explique palavras e frases que as pessoas não entendam.

    “Aplique” o que leu a si mesmo e às pessoas que você ensina, encontrando formas de aplicar que você considere pessoalmente relevantes (ver 1 Néfi 19:23). “Aplicar” significa criar uma ponte entre entender mentalmente uma doutrina e vivê-la. Para ler sinceramente, com real intenção, você e as pessoas a quem você ensina precisam estar dispostos a agir de acordo com a doutrina, adotá-la em sua vida diária e se arrepender se necessário. Ao viver a doutrina, você vai adquirir a certeza de que ela é verdadeira. Você pode, por exemplo, dizer o seguinte às pessoas:

    • “Néfi, assim como você, enfrentou um desafio difícil. Porém, ao exercer fé para fazer o que o Senhor lhe ordenara, ele conseguiu ter sucesso. (Leia 1 Néfi 3:7.) Sei que Deus vai preparar um caminho para que você cumpra a Palavra de Sabedoria”.

    • “João, é maravilhoso que você queira se livrar da culpa que está sentindo. O Salvador prometeu aos nefitas e promete a você também que, se você se arrepender, for batizado e receber o Espírito Santo, vai se tornar ‘inocente perante [o] Pai’.” (Leia 3 Néfi 27:16.)

    Confie na promessa de Morôni 10:3–5. Todo aquele que ler sinceramente e orar a respeito desse livro pode saber com certeza de sua veracidade pelo poder do Espírito Santo. Faça tudo o que puder para ajudar as pessoas a:

    • Lerem o Livro de Mórmon e ponderarem a mensagem que ele contém a respeito de Jesus Cristo.

    • Orarem a Deus com fé em Jesus Cristo para receberem um testemunho de que o Livro de Mórmon é verdadeiro e que Joseph Smith é o profeta da Restauração.

    • Orarem sinceramente e com real intenção, ou seja, tendo a intenção de agir de acordo com a resposta que receberem de Deus.

    Você também deve aplicar essa promessa regularmente para fortalecer e renovar seu próprio testemunho do Livro de Mórmon. O testemunho renovado vai ajudá-lo a manter a firme confiança de que todos que colocarem em prática essa promessa, receberão resposta.

    Use o Livro de Mórmon em todos os aspectos de seu trabalho

    O Livro de Mórmon é um poderoso recurso para a conversão. Use-o como seu recurso principal para o ensino da verdade restaurada.

    Lembre-se disto

    • O Livro de Mórmon é a pedra angular de nosso testemunho de Cristo e de nossa doutrina.

    • Ele ensina claramente a doutrina encontrada nas lições missionárias.

    • Use-o para responder as perguntas da alma e as dúvidas que as pessoas têm em relação à Igreja.

    • Leia constantemente o Livro de Mórmon com as pessoas que você ensina. Faça tudo o que puder para ajudá-las a ler por si mesmas todos os dias e a colocar em prática o que aprenderem.

    • Confie na promessa do Senhor de que toda pessoa que ler sinceramente e orar a respeito do Livro de Mórmon saberá da sua veracidade pelo poder do Espírito Santo.

    Ideias para estudo e aplicação

    Estudo pessoal

    • Leia 2 Néfi 2, 9, 30, 31 e 32, e marque todas as referências a Jesus Cristo. Faça uma lista dos diferentes nomes e títulos usados para se referir a Cristo nesses capítulos. Sublinhe as palavras faladas por Cristo. Marque Seus atributos e Suas ações. Você pode continuar fazendo isso à medida que lê o Livro de Mórmon inteiro.

    • Escreva em seu diário de estudo como você se sentiu quando recebeu pela primeira vez um testemunho espiritual de que o Livro de Mórmon é verdadeiro.

    • Doutrina e Convênios 20:17 cita a frase “por estas coisas sabemos” para apresentar a doutrina ensinada e esclarecida no Livro de Mórmon. Leia Doutrina e Convênios 20:15–35 e faça uma lista dos ensinamentos mencionados. Selecione um desses ensinamentos e use o Guia para Estudo das Escrituras para comparar sua lista com o que a Bíblia ensina.

    • Compare o Sermão da Montanha em Mateus 5–7 e o sermão de Cristo no templo em 3 Néfi 12–14. Faça uma lista das verdades claras e preciosas que foram restauradas pelo Livro de Mórmon.

    • Faça uma lista das perguntas que as pessoas têm feito. Procure passagens no Livro de Mórmon que respondam essas perguntas e use-as, quando necessário, em seu ensino diário.

    • Procure uma escritura do Livro de Mórmon que mudou sua vida. Escreva seus pensamentos a respeito dessa escritura em seu diário de estudo.

    • Localize todas as vezes em que a oração de alguém foi registrada no Livro de Mórmon. Em seu diário de estudo, escreva os elementos que se repetem nessas orações.

    • Leia 2 Néfi 33:10–15 e Morôni 10:27–29, 34. No dia do julgamento, o que você vai falar para Néfi e para Morôni a respeito da maneira como você usou o Livro de Mórmon? Escreva sua resposta e estabeleça metas de melhoria.

    • Com base no cabeçalho dos capítulos de Mosias 11–16, escreva um resumo do que Abinádi ensinou. Leia esses capítulos e amplie seu resumo.

    • Com base no cabeçalho dos capítulos de Mosias 2–5, escreva um resumo do que o rei Benjamim ensinou. Leia esses capítulos e amplie seu resumo.

    • Ao ler diariamente o Livro de Mórmon, escreva em seu diário de estudo as passagens que o impressionaram. Descreva como você vai colocá-las em prática em sua vida.

    Estudo com o companheiro

    • Leiam passagens do Livro de Mórmon juntos. Compartilhem o que aprenderam e sentiram. Prestem testemunho um para o outro.

    • Qual profeta ou missionário do Livro de Mórmon você gostaria de ser e por quê? Compartilhe a resposta com seu companheiro.

    • Leiam juntos Alma 26 e Alma 29. Compartilhem o que sentem a respeito de sua missão. Escrevam seus sentimentos em seu diário de estudo.

    • Leiam Alma 37:9 e conversem sobre a importância das escrituras para Amon e para seus companheiros no trabalho missionário. Procurem referências que descrevam como eles as usaram.

    • Leiam juntos Alma 11–14, um no papel de Alma ou de Amuleque e o outro no papel dos que se opuseram a eles. Observem como os missionários responderam às perguntas difíceis.

    • Leiam o seguinte relato verdadeiro e conversem sobre o que aprenderam a respeito da importância e do poder do Livro de Mórmon (os nomes foram mudados).

      “Quando convidamos a família Silveira a ser batizada e confirmada, a irmã Silveira estava pronta, mas o irmão Silveira disse: ‘Não tenham muita esperança, élderes. Acho que nunca vou fazer isso!’ Embora o irmão Silveira tenha aceitado o que ensinamos e sempre se mostrou receptivo e amigável, ele estava muito preocupado com a reação da família caso se filiasse a outra igreja.

      Depois de ver o irmão Silveira se debater com a ideia por várias semanas, meu companheiro e eu nos sentimos inspirados a ler novamente 3 Néfi 11 com o casal. Nunca me esquecerei do que aconteceu naquela noite. Ao abrir o Livro de Mórmon, meu companheiro explicou: ‘Este capítulo, como se lembram, relata a visita do Salvador ao povo do Livro de Mórmon. Aqui lemos sobre o amor que o Salvador tinha por aquelas pessoas e o que Ele ensinou a elas’. Nós nos revezamos na leitura de um ou dois versículos cada um. Depois de ler até o versículo 5, meu companheiro interrompeu a leitura e disse: ‘Sempre fico impressionado com a descrição dada aqui sobre a voz que eles ouviram. A voz não era áspera nem forte, mas embora fosse uma voz mansa, teve um efeito poderoso e penetrante neles. A voz não foi apenas ouvida com os ouvidos, mas sentida no coração deles’. Observei o casal Silveira enquanto ouviam atentamente o que meu companheiro dizia.

      Depois de conversarmos um pouco sobre orar e ouvir o Espírito, foi a vez de o irmão Silveira ler: ‘E eis que na terceira vez compreenderam a voz que ouviram; e ela lhes dizia: Eis aqui meu Filho Amado, em quem me comprazo e em quem glorifiquei meu nome — ouvi-o’. O irmão Silveira fez uma pausa e ficou olhando fixamente para o Livro de Mórmon. Depois, ele ergueu o rosto para mim e disse: ‘O Pai Celestial tinha mesmo muito orgulho de Seu Filho, não é?’ ‘Tinha, sim’, disse eu. O irmão Silveira voltou a olhar para o livro e começou a folhear as páginas, imerso em seus pensamentos. Por fim, ele disse: ‘Eu gostaria que o Pai Celestial tivesse orgulho de mim também. Fico pensando em como Ele me apresentaria. Creio que, se eu… ora, se eu quiser que Ele tenha orgulho de mim, então é melhor fazer o que Ele deseja que eu faça’. ‘Sim, acho que isso seria muito importante’, respondi. ‘Bem’, prosseguiu o irmão Silveira. ‘Creio que venho me preocupando demais com o que as pessoas vão pensar e não o suficiente sobre o que Deus pensa’. Depois de uma breve pausa, o irmão Silveira fez que sim com a cabeça e disse com determinação no olhar: ‘Creio que é melhor que eu seja batizado’. Sua resposta foi tão inesperada que meu companheiro e eu ficamos olhando para ele, surpresos. Por fim, meu companheiro disse: ‘Sim, essa seria a coisa certa a ser feita. Na verdade, no final desse capítulo, o Salvador ensina que…’. Enquanto meu companheiro falava, senti um ardor no peito e uma grande gratidão pelo poder do Livro de Mórmon.”

    Como esses missionários usaram o Livro de Mórmon? Como você e seu companheiro vão usá-lo de modo mais eficaz em seu trabalho missionário?

    Conselhos de distrito, conferências de zona e conselhos de liderança da missão

    • Pratiquem como usar o Livro de Mórmon em cada uma das maneiras mencionadas nos cabeçalhos principais deste capítulo.

    • Façam uma lista das dúvidas levantadas pelas pessoas que vocês ensinam. Expliquem uns aos outros como responderiam a essas perguntas usando o Livro de Mórmon.

    • Leiam passagens do Livro de Mórmon juntos. Compartilhem seu conhecimento, seus sentimentos e seu testemunho.

    • Pratiquem como usar o Livro de Mórmon para confirmar a mensagem da Restauração.

    • Selecionem um dos grandes missionários do Livro de Mórmon. Façam um debate e peça aos missionários que listem as características desse missionário. Convidem cada missionário a estabelecer a meta de colocar em prática uma dessas características. Repitam essa atividade regularmente usando missionários do Livro de Mórmon.

    • Peçam aos missionários que contem experiências nas quais o Livro de Mórmon ajudou no processo de conversão das pessoas que eles ensinaram.

    • Peça aos missionários que compartilhem a melhor resposta que encontraram no Livro de Mórmon para uma pergunta da alma.

    Presidente de missão, esposa e conselheiros

    • Ensine os missionários a usar o Livro de Mórmon para confirmar a veracidade da mensagem da Restauração.

    • Leia 1 Néfi 1 com os missionários e compare com a experiência de Joseph Smith.

    • Forneça aos missionários um exemplar do Livro de Mórmon sem nenhuma marcação ou anotação. Peça-lhes que marquem em cores diferentes:

      • Todas as referências a Jesus Cristo (quaisquer nomes ou pronomes que se refiram a Ele).

      • Suas palavras (proferidas por Ele ou pelos profetas quando disserem “Assim disse o Senhor”).

      • Os atributos de Jesus Cristo.

      • A doutrina e os princípios contidos no Livro de Mórmon.

      Na parte de baixo de cada página, peça aos missionários que façam a contagem do total de itens marcados. Nas entrevistas e durante as reuniões de distrito, no período de dois a três meses em que durar essa atividade, peça aos missionários que compartilhem uns com os outros o que aprenderam. Você pode realizar uma atividade semelhante pedindo à missão inteira que marque referências sobre fé em Jesus Cristo, arrependimento, batismo, dom do Espírito Santo ou qualquer um dos princípios fundamentais do evangelho.

    • Durante as entrevistas ou conversas, convide os missionários a compartilhar com você as escrituras do Livro de Mórmon que mudaram a vida deles.

    • Ajude os missionários a ver como o Livro de Mórmon ensina a doutrina das lições missionárias. Por exemplo, se o tópico for a Expiação de Jesus Cristo, peça aos missionários que escrevam em uma coluna todos os elementos mais importantes da Expiação de Cristo ensinados no Livro de Mórmon, inclusive as referências das escrituras. Depois disso, em uma outra coluna, peça-lhes que relacionem lado a lado esses mesmos elementos ensinados na Bíblia. Peça aos missionários que deixem em branco os elementos que estão faltando ou que não são ensinados na Bíblia. Os missionários perceberão facilmente por que o Livro de Mórmon é a pedra angular de nossa doutrina. Essa mesma atividade pode ser realizada em relação a outra doutrina que os missionários ensinam.

    • Identifique perguntas da alma pertinentes para as pessoas de sua missão. Convide os missionários a procurar respostas no Livro de Mórmon.