12: Como posso preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação?
    Notas de rodapé
    Tema

    “12: Como posso preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação?” Pregar Meu Evangelho: Guia para o Serviço Missionário, 2018, pp. 221–230

    “12 Batismo e confirmação”, Pregar Meu Evangelho, pp. 221–230

    12

    Como posso preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação?

    © 1988 Greg K. Olsen. Cortesia de Mill Pond Press e Dr. Gerry Hooper. Reprodução proibida.

    Pense nisto

    • O que preciso fazer para ajudar as pessoas a se preparar para o batismo e para a confirmação?

    • Como realizar uma entrevista batismal eficaz?

    • Como uma reunião batismal espiritual é planejada e dirigida?

    • Como trabalhar com o bispo para assegurar que os conversos sejam confirmados?

    • Por que é importante preencher os registros de batismo e de confirmação?

    Preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação

    O propósito de seu ensino é ajudar as pessoas a desenvolver fé em Jesus Cristo e se arrependerem de seus pecados. Como Mórmon ensinou, “o primeiro fruto do arrependimento é o batismo” (Morôni 8:25). A entrevista batismal é a maneira estabelecida pela Igreja para assegurar que todo candidato cumpra os padrões do Senhor para o batismo e esteja preparado para receber o dom do Espírito Santo. Por meio dessa entrevista, os candidatos ao batismo cumprem a exigência encontrada nas escrituras de testemunhar perante um representante autorizado da Igreja que “verdadeiramente se arrependeram de todos os seus pecados” (Doutrina e Convênios 20:37). Os compromissos que as pessoas assumem as preparam para fazer e guardar o convênio do batismo, ser confirmadas como membros da Igreja e receber o dom do Espírito Santo, entrar no templo com uma recomendação de uso limitado e receber o Sacerdócio Aarônico (para homens com 12 anos ou mais). As pessoas que cumprirem os compromissos que você as convidar a fazer estarão bem preparadas para a entrevista e para se tornarem membros ativos da Igreja.

    Ao ensinar as pessoas e prepará-las para o batismo e para a confirmação, certifique-se de que elas cumpram os requisitos para o batismo. Quando elas entrarem no caminho do convênio, lembre-as de que o caminho leva ao templo sagrado, onde elas recebem as bênçãos necessárias para a vida eterna.

    Requisitos para o batismo

    Doutrina e Convênios 20:37:

    • Humilhar-se perante Deus.

    • Desejar ser batizado.

    • Apresentar-se com o coração quebrantado e o espírito contrito.

    • Arrepender-se de todos os pecados.

    • Estar disposto a tomar sobre si o nome de Cristo.

    • Ter o firme propósito de servir a Cristo até o fim.

    • Manifestar por suas obras que recebeu o Espírito de Cristo para a remissão de seus pecados.

    Primeira Presidência e Quórum dos Doze:

    • Realizar mudanças suficientes na vida para se qualificar para o batismo, conforme ordenado em Doutrina e Convênios 20:37.

    • Desenvolver fé em Cristo.

    • Arrepender-se das transgressões.

    • Viver os princípios de dignidade moral.

    • Obedecer à Palavra de Sabedoria.

    • Comprometer-se a pagar o dízimo.

    • Receber todas as lições dos missionários.

    • Conhecer o bispo.

    • Participar de várias reuniões sacramentais.

      (“Declaração sobre o trabalho missionário”, carta da Primeira Presidência, 11 de dezembro de 2002)

    Quando uma pessoa marcar uma data de batismo, programe quando você vai concluir todos os eventos que conduzem ao batismo e à confirmação, que estão relacionados em sua agenda de planejamento diário. Analise cuidadosamente o Registro de Ensino para se certificar de que ensinou a doutrina básica e que os candidatos estão preparados para responder a todas as perguntas para a entrevista batismal. Analise essa programação com a pessoa em sua próxima visita. Se possível, a pessoa deve assistir uma reunião batismal antes de seu próprio batismo.

    Se achar que a pessoa que você está ensinando precisa se preparar melhor, não marque a entrevista até que ela atenda aos padrões. Se o candidato for menor de idade, certifique-se de que os pais ou os responsáveis tenham dado permissão, de preferência por escrito, para que ele seja batizado.

    Ao ajudar as pessoas a se prepararem para a entrevista batismal, converse com elas a respeito do propósito da entrevista. Ensine-as e preste testemunho da natureza sagrada do batismo e do recebimento do dom do Espírito Santo. Explique-lhes que você deseja se certificar de que elas tenham compreendido os princípios que você ensinou e os convênios que elas vão fazer. Explique também que a entrevista é uma oportunidade para que elas testemunhem perante um representante do Senhor que estão prontas para essas ordenanças sagradas. À medida que cumprirem os convênios batismais, elas receberão a remissão de pecados. Explique quais as perguntas que o entrevistador fará a respeito da crença delas referente à doutrina do evangelho, o arrependimento de pecados que cometeram anteriormente e a disposição de fazerem o convênio de obedecer a Jesus Cristo por toda a vida. Saliente que o batismo pela água estará incompleto sem o batismo pelo fogo, que é realizado por intermédio do dom do Espírito Santo.

    Lembre a pessoa que, imediatamente após o batismo e a confirmação, ela estará digna e apta a receber uma recomendação de uso limitado para entrar no templo e realizar batismos por antepassados falecidos, e que homens acima de 12 anos de idade também poderão ser ordenados ao Sacerdócio Aarônico. Isso vai conduzir a pessoa ao caminho dos convênios do templo, que abrem a porta para a vida eterna.

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    Como realizar a entrevista

    A pessoa que realiza a entrevista deve usar as perguntas para a entrevista batismal e a orientação do Espírito para decidir se o candidato ao batismo atende às qualificações descritas em Doutrina e Convênios 20:37. O entrevistador também deve adaptar as perguntas à idade e à maturidade do candidato.

    Se o candidato não se qualificar de acordo com as perguntas para a entrevista batismal, o batismo e a confirmação devem ser adiados. A pessoa deve receber mais lições dos missionários de tempo integral e ser integrada pelos membros da ala.

    O líder de distrito ou o líder de zona que realiza a entrevista deve:

    • Realizar a entrevista em um lugar confortável e reservado, que ajude a pessoa a sentir o Espírito do Senhor. Ao entrevistar uma criança, um jovem ou uma mulher, o companheiro do entrevistador deve permanecer perto do local, seja na sala ao lado, em um saguão ou no corredor. Se a pessoa que está sendo entrevistada desejar, outra pessoa adulta pode ser convidada a participar da entrevista. Os missionários devem evitar todas as circunstâncias que possam causar um mal-entendido (ver “Prevenir e responder aos maus-tratos”, carta da Primeira Presidência, 26 de março de 2018).

    • Começar com uma oração.

    • Ajudar o candidato a se sentir à vontade.

    • Tornar a entrevista uma experiência espiritual inspiradora.

    • Certificar-se de que o candidato compreenda o propósito da entrevista.

    • Fazer as perguntas para a entrevista batismal. Usar as perguntas de acompanhamento para sentir a solidez do testemunho da pessoa e a sinceridade de seu arrependimento.

    • Responder às perguntas do candidato.

    • Convidar a pessoa a prestar testemunho e a expressar seus sentimentos.

    • Se a pessoa tiver problemas com o testemunho ou com a dignidade, explique-lhe que seria melhor adiar o batismo até que ela esteja mais bem preparada.

    Perguntas para a entrevista batismal

    1. Você acredita que Deus é nosso Pai Eterno? Você acredita que Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Salvador e Redentor do mundo?

    2. Você acredita que a Igreja e o evangelho de Jesus Cristo foram restaurados por intermédio do profeta Joseph Smith? Você acredita que [o presidente atual da Igreja] é um profeta de Deus? O que isso significa para você?

    3. O que o arrependimento significa para você? Você sente que se arrependeu dos pecados que cometeu?

    4. Você já cometeu algum crime grave? Se já o fez, você está no momento em liberdade condicional? Você já participou de um aborto induzido? Você já cometeu uma transgressão homossexual?

    5. Você aprendeu que, para ser membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é preciso seguir os padrões do evangelho. O que você entende a respeito dos seguintes padrões? Está disposto a segui-los?

      1. A lei da castidade, que proíbe toda relação sexual fora do casamento legal entre um homem e uma mulher.

      2. A lei do dízimo.

      3. A Palavra de Sabedoria.

      4. O Dia do Senhor, que inclui tomar o sacramento semanalmente e prestar serviço a outras pessoas.

    6. Quando for batizado, você vai fazer convênio com Deus de que está disposto a tomar sobre si o nome de Cristo e a guardar os mandamentos Dele por toda a vida. Você está preparado para fazer esse convênio e se esforçar para ser fiel a ele?

    No final de uma entrevista bem-sucedida, cumprimente o candidato. Reúna-se com os outros missionários e explique o que acontecerá na reunião batismal.

    Explique ao candidato que a confirmação ocorrerá sob a direção do bispo em uma reunião sacramental da ala em que ele reside.

    Quando for necessário adiar um batismo, o líder do distrito ou o líder de zona e outros missionários devem lidar com a situação com sensibilidade e em particular. Assegure ao candidato de que ele conseguirá ser bem-sucedido e explique a ele que algumas transgressões exigem mais tempo para o arrependimento completo. Explique-lhe que a natureza sagrada da ordenança exige elevados padrões de dignidade. Assegure ao candidato de que você e outras pessoas farão todo o possível para apoiá-lo. Depois disso, cumpra fielmente sua promessa.

    Batismo e confirmação: Perguntas e respostas

    Quem realiza a entrevista para o batismo e para a confirmação?

    Normalmente, o líder do distrito entrevista os candidatos para o batismo que foram ensinados pelos missionários de seu distrito, inclusive os candidatos ensinados por seus líderes de zona. O líder de zona entrevista os candidatos que foram ensinados pelo líder do distrito. O presidente da missão ou um de seus conselheiros precisa entrevistar as pessoas que cometeram pecados graves. Os líderes de distrito ou os líderes de zona não entrevistam candidatos ao batismo de fora de seu próprio distrito ou zona, a menos que o presidente da missão os designe a fazê-lo.

    Qual é a definição de um batismo de converso?

    O batismo de converso é o batismo de:

    • Pessoas com 9 anos de idade ou mais que nunca foram batizadas e confirmadas como membros da Igreja.

    • Crianças de 8 anos cujos pais não são membros da Igreja ou cujos pais são batizados e confirmados na mesma ocasião em que a criança.

    Preciso de permissão para batizar uma criança menor de idade?

    A preocupação da Igreja com relação às crianças é o bem-estar atual e futuro delas e a harmonia de seu ambiente familiar. Para a proteção delas, as seguintes condições devem ser atendidas antes de você batizar uma criança menor de idade, conforme definido pelas leis locais:

    1. Você deve obter a permissão do pai e da mãe ou dos responsáveis legais. Você deve pedir que o consentimento seja feito por escrito, caso sinta que isso ajudará a evitar mal-entendidos.

    2. Você percebeu que há evidências bem claras de que a criança compreende o convênio batismal e que fará todo o possível para guardá-lo por meio da obediência aos mandamentos, incluindo a frequência assídua às reuniões da Igreja.

    3. A criança não mora com os pais que são polígamos ou que são casados com pessoas do mesmo sexo. Se o pai ou a mãe, ou ambos, forem polígamos, você deve entrar em contato com o presidente da missão para obter mais informações. Para obter mais informações sobre crianças cujos pais são casados com pessoas do mesmo sexo, ver a carta da Primeira Presidência de 13 de novembro de 2015 (“A Primeira Presidência esclarece as mudanças no manual da Igreja”, no site LDS.org) e no artigo “Church Provides Context on Handbook Changes Affecting Same-Sex Marriages”, 6 de novembro de 2015 (www.mormonnewsroom.org).

    4. O batismo não é proibido pelas leis e pela cultura local.

    Preciso de permissão do cônjuge para batizar um marido ou uma mulher?

    Sim. Não batize uma pessoa casada sem o consentimento do cônjuge.

    Se um dos pais da família não estiver pronto para o batismo, devo batizar a família ou esperar até que o pai ou a mãe estejam prontos?

    Se um dos pais da família não estiver pronto para o batismo e para a confirmação, mas os membros da família estiverem, você pode dizer aos pais que prefere não batizar a família sem ele ou ela porque a Igreja respeita a vontade dos pais e porque os membros da família progredirão melhor no evangelho como uma unidade familiar. Se um dos pais continuar não aceitando, você pode batizar e confirmar os outros membros da família com o consentimento dele ou dela.

    É uma boa ideia ordenar o pai ao Sacerdócio Aarônico imediatamente após o batismo para que ele possa batizar os outros membros da família?

    Não. O pai precisa ser confirmado em uma reunião sacramental e, depois da entrevista com o bispo, ser apoiado para receber o Sacerdócio Aarônico. Batismos de membros da família não devem ser adiados para que o pai possa receber o sacerdócio e batizá-los pessoalmente.

    Posso ensinar e batizar uma pessoa que foi excomungada?

    Batismos de pessoas excomungadas não são batismos de conversos, e os missionários não entrevistam essas pessoas para o batismo. Você somente pode trabalhar com essas pessoas sob estrita supervisão do presidente da missão e do bispo.

    E se uma pessoa tiver uma data de batismo marcada, mas não estiver cumprindo todos os compromissos?

    Se achar que a pessoa que você está ensinando precisa se preparar melhor, não marque a entrevista até que ela esteja cumprindo os compromissos e atenda aos padrões.

    O que devo fazer quando um casal deseja ser batizado, mas eles moram juntos e não são casados?

    Os candidatos ao batismo que vivem com uma pessoa do sexo oposto fora dos laços do matrimônio precisam se casar ou parar de viver juntas para que possam ser batizadas.

    O item 4 da entrevista batismal pergunta se a pessoa já cometeu um crime grave (se já o fez, se está em liberdade condicional), se participou de um aborto induzido ou se cometeu uma transgressão homossexual. O que devo fazer se alguém confessar um desses pecados?

    1. Instruções para os missionários que estão ensinando. Às vezes, as pessoas relatam voluntariamente que cometeram tais pecados quando você ensina os mandamentos e os convida a assumir compromissos. Contudo, se eles não disserem nada, mas você acha que eles podem ter um problema, prepare-os para a entrevista batismal, perguntando se eles já se envolveram com qualquer desses pecados. Se ficar sabendo de um pecado grave, não peça detalhes a respeito do assunto. Não marque uma data para o batismo nem faça promessas de que eles serão liberados para o batismo e para a confirmação. Expresse seu amor e revise os princípios do arrependimento e do perdão. Explique bondosamente que esses pecados são graves e que uma pessoa com mais maturidade e experiência (seu presidente de missão ou alguém que ele designar) vai conversar com eles e ajudá-los com essas questões. Sempre ofereça esperança na Expiação de Cristo. Depois disso, envie um pedido de entrevista batismal diretamente ao presidente da missão.

    2. Instruções para a pessoa que realiza a entrevista para o batismo e para a confirmação. Se os missionários tiverem ensinado devidamente o candidato antes da entrevista batismal, essas questões, se existirem, devem ter sido encaminhadas ao presidente da missão. Entretanto, se elas surgirem durante a entrevista, expresse seu amor e ensine novamente os mandamentos e os princípios do arrependimento e do perdão. Explique bondosamente que esses pecados são graves e que uma pessoa com mais maturidade e experiência (seu presidente de missão ou alguém que ele designar) vai conversar com eles e ajudá-los com essas questões. Sempre ofereça esperança na Expiação de Cristo. Depois disso, envie um pedido de entrevista batismal diretamente ao presidente da missão.

    Atividade: Estudo pessoal

    Pense em como você se sentiria se estivesse sendo entrevistado. Pense nas seguintes perguntas:

    • Que aspectos da entrevista poderiam ser estranhos para você? O que o entrevistador poderia fazer ou dizer para que você se sentisse mais à vontade?

    • Como gostaria que o entrevistador interagisse com você?

    • Como gostaria que o entrevistador reagisse se você expressasse dúvidas ou mal-entendidos, ou se você confessasse um pecado grave?

    Escreva suas respostas em seu diário de estudo.

    Preencher o Formulário de Batismo e Confirmação (Converso)

    O missionário que realiza a entrevista deve preencher o Formulário de Batismo e Confirmação (Converso) atual, exceto as informações sobre a confirmação. Ele deve explicar que uma ficha de membro é criada a partir do Formulário de Batismo e Confirmação (Converso), que vai conter informações importantes sobre os membros novos e as ordenanças que receberam. O missionário deve pedir ao candidato que verifique as informações do formulário durante a entrevista. O missionário que realiza a entrevista deve levar o Formulário de Batismo e Confirmação (Converso) para a reunião batismal e entregá-lo à pessoa que está presidindo.

    O bispo deve se certificar de que um Formulário de Batismo e Confirmação (Converso) seja preenchido para cada candidato, de acordo com as instruções contidas nele. Sempre que os membros se mudam, a ficha de membro é enviada para a nova unidade, para que o novo bispo providencie a devida integração e o devido apoio.

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    Estude Mosias 6:1–3 e Morôni 6:1–4. Como essas passagens se relacionam com sua responsabilidade de manter um registro preciso dos batismos e das confirmações?

    A reunião batismal

    O Espírito Se manifesta vigorosamente durante a realização das sagradas ordenanças do batismo e da confirmação. A reunião batismal e a subsequente confirmação devem ser momentos espirituais marcantes para os recém-conversos. Você e o líder da missão da ala devem fazer todo o possível para assegurar que a reunião batismal seja bem organizada, inspirada e memorável. Essa reunião deve fortalecer o recém-converso no compromisso que está fazendo de permanecer ativo.

    Convide um membro do bispado, os líderes do quórum e das auxiliares, e as irmãs e os irmãos ministradores (se tiverem sido designados) a comparecer à reunião batismal. Incentive a pessoa que está sendo batizada a convidar seus amigos e parentes (por exemplo, criando um evento nas mídias sociais) para comparecer à reunião batismal e à reunião sacramental onde será feita a confirmação. Você pode convidar outras pessoas que está ensinando para a reunião batismal. Essas experiências vão ajudar os convidados a sentir o Espírito e a se prepararem para aceitar o convite de aprender mais sobre o evangelho. Com o líder da missão da ala, incentive a pessoa que será batizada a convidar os amigos e os parentes para a reunião. Faça um acompanhamento após o batismo, conversando com os convidados sobre a experiência que tiveram e os convide a saber por que o amigo deles decidiu ser batizado.

    Os missionários que ensinaram a pessoa que está sendo batizada devem coordenar com o líder da missão da ala para organizar a reunião. Se a reunião batismal for marcada para um domingo, ela deve ser realizada em um horário que não interfira nas reuniões dominicais regulares. Explique à pessoa que está sendo batizada o que está programado e o motivo de cada coisa. Esclareça qual a roupa adequada a ser usada, inclusive que a pessoa receberá uma roupa branca para usar no batismo. Marque o local e o horário do batismo. Um membro do bispado ou o líder da missão da ala geralmente dirige a reunião batismal. Seguem-se algumas coisas essenciais a serem planejadas e organizadas.

    A reunião batismal pode incluir:

    1. Um prelúdio musical.

    2. As boas-vindas pelo líder do sacerdócio que estiver dirigindo a reunião (um membro do bispado deve presidir, se possível).

    3. Um hino de abertura e uma oração.

    4. Um ou dois breves discursos sobre temas do evangelho, como o batismo e o Espírito Santo.

    5. Um número musical.

    6. A realização do batismo.

    7. Um período de reverente espera enquanto as pessoas que participam do batismo trocam de roupa. Nesse período pode haver um interlúdio musical ou as pessoas podem cantar hinos do hinário ou da Primária que sejam conhecidos. Também pode incluir uma breve apresentação do evangelho pelos missionários de tempo integral para os não membros que estejam presentes.

    8. Uma oportunidade para que os novos conversos prestem testemunho, se desejarem.

    9. Um hino e uma oração de encerramento.

    10. Poslúdio musical.

    Confirmação

    A pessoa recebe a ordenança da confirmação depois de ter sido batizada (ver Doutrina e Convênios 20:41). A pessoa só se torna membro da Igreja após as ordenanças do batismo e da confirmação terem sido realizadas e registradas de modo adequado (ver João 3:5; Doutrina e Convênios 33:11). Os conversos são confirmados em uma reunião sacramental da ala em que residem, de preferência no domingo seguinte ao batismo. Os conversos não são confirmados na reunião batismal. O bispo tem a responsabilidade de cuidar para que a confirmação ocorra o mais cedo que for razoavelmente possível, após o batismo. Pelo menos um membro do bispado participa da confirmação. O bispo deve convidar os missionários que ensinaram o converso para participar da confirmação. Trabalhe com o bispo e com o líder da missão da ala para garantir que essa ordenança essencial seja realizada. O bispo não realiza uma entrevista separada para a confirmação.

    Após a confirmação, o bispo ou o secretário da ala preenche as informações referentes à confirmação no Formulário de Batismo e Confirmação (Converso). O secretário da ala então devolve duas vias do formulário para os missionários. Os missionários enviam uma via para o escritório da missão para a criação de um registro de membro.

    Após o batismo e a confirmação

    Sob a direção do bispo, os missionários devem continuar a integrar os membros novos. Continue a ensiná-los e a revisar o que foi ensinado. Incentive-os e apoie-os, leia o Livro de Mórmon com eles, e ajude-os a compartilhar o evangelho com seus familiares e amigos. Se for adequado, mantenha contato durante toda a vida com aqueles que você ensinou para incentivá-los e apoiá-los.

    Após a confirmação, ensine todas as cinco lições missionárias novamente. Continue usando o Registro de Ensino para registrar o progresso. Trabalhe com o líder da missão e a liderança da ala para ajudar o novo converso a ficar ativo, edificar relacionamentos de confiança com os membros locais, receber uma recomendação de uso limitado e ser ordenado ao Sacerdócio Aarônico (para homens com 12 anos de idade ou mais). Apoie os membros novos e ajude-os a receber todas as bênçãos da Expiação de Jesus Cristo.

    Lembre-se disto

    • Prepare devidamente os candidatos ao batismo para a entrevista para o batismo e para a confirmação.

    • Certifique-se de que os candidatos cumpram as exigências para o batismo e para a confirmação.

    • Ajude a assegurar que a reunião batismal seja espiritualmente inspiradora.

    • Use a reunião batismal e a confirmação como oportunidades para encontrar novas pessoas para ensinar.

    • Preencha com exatidão o Formulário de Batismo e Confirmação (Converso).

    Ideias para estudo e aplicação

    Estudo pessoal

    • Faça uma lista dos desafios que o candidato ao batismo pode encontrar. Por que é importante que o candidato sinta o amor e a amizade dos membros da Igreja?

    • Estude Morôni 6 e Doutrina e Convênios 20:68–69. O que você pode aprender nesses versículos a respeito de como preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação? Escreva o que aprendeu, e compartilhe seus pensamentos com seu companheiro durante o estudo com ele.

    Estudo com o companheiro

    • O presidente Henry B. Eyring explicou por que os padrões elevados são tão importantes. Converse sobre este conselho com seu companheiro e avaliem como se sentem a respeito de ajudar destemidamente as pessoas a cumprir esses padrões. “O Senhor estabeleceu Seus padrões para que pudesse nos abençoar. Pensem nessas bênçãos: Ele prometeu a ajuda do Espírito Santo aos que atendem a esses padrões. Prometeu paz individual. Prometeu a oportunidade de receber as santas ordenanças em Sua casa. E prometeu aos que perseverarem no cumprimento de Seus padrões que terão a vida eterna. (…) Como amamos as pessoas que servimos, todos queremos ser melhores no trabalho de elevar os filhos de nosso Pai Celestial ao nível de fidelidade e pureza que eles precisam ter para receber todas as bênçãos do Senhor. (…) Vocês começam mostrando os padrões do Senhor de modo claro e sem hesitação. E quanto mais o mundo se afastar deles, mais destemidos precisamos ser nesse empenho” (“Padrões de dignidade”, Primeira Reunião Mundial de Treinamento de Liderança, janeiro de 2003, pp. 10–11).

    • Compartilhe com seu companheiro o que você aprendeu neste capítulo a respeito de como preparar as pessoas para o batismo e para a confirmação.

    • Analisem a última reunião sacramental que vocês assistiram. Comparem-na com as diretrizes da seção “A reunião batismal”. O que deu certo? O que poderia ter sido melhor? Troquem ideias de como vão se certificar de que as reuniões que vocês planejarem sejam espirituais e inspiradoras.

    • Pratiquem como poderiam preparar uma pessoa específica para a entrevista batismal.

    • Analisem as perguntas para a entrevista batismal. Pensem em como poderiam lidar com diversas situações, como as seguintes:

      • O candidato não contou que está em liberdade condicional por um crime que cometeu.

      • A pessoa não recebeu uma forte resposta ao orar para saber se Joseph Smith foi um profeta.

      • O candidato fumou um cigarro há dois dias.

      • O candidato não tem certeza se recebeu uma resposta para suas orações.

      • A família se sentiu pressionada por amigos e não tem certeza se está preparada para o batismo.

    • Examine o Formulário de Batismo e Confirmação (Converso). Como vocês podem garantir que as informações que anotaram estão corretas e completas?

    Conselhos de distrito, conferências de zona e conselhos de liderança da missão

    • Analise a importância da entrevista batismal. Debata como os missionários devem preparar as pessoas para a entrevista.

    • Debata sobre como usar a reunião batismal e a confirmação como oportunidades para encontrar novas pessoas para ensinar.

    Presidente de missão, esposa e conselheiros

    • Trabalhe com os líderes locais do sacerdócio e das auxiliares para garantir o uso eficaz do Relatório de Progresso.

    • Ensine os líderes de distrito, os líderes de zona e as líderes treinadoras de sísteres a preparar as pessoas para a entrevista batismal. Peça aos líderes da missão que ensinem outros missionários a preparar as pessoas para a entrevista batismal.

    • Ensine os líderes de distrito e os líderes de zona como realizar entrevistas batismais.

    • Instrua os membros da presidência da missão e os líderes do sacerdócio sobre como realizar entrevistas batismais com candidatos que cometeram um pecado grave.

    • Quando possível, participe de reuniões batismais de novos conversos. Reserve tempo para conversar com os novos conversos e entender as experiências de conversão deles. Compartilhe o que aprendeu com seu companheiro e com outros missionários.