Seminário
Unidade 7: Dia 1, Gênesis 28–30
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Unidade 7: Dia 1

Gênesis 28–30

Introdução

Jacó partiu da terra de Canaã e viajou para a terra de Padã-Arã, ou Harã, a fim de encontrar uma companheira adequada para casar-se no convênio. Enquanto viajava, Jacó teve uma visão do Senhor, que prometeu a ele as bênçãos do convênio abraâmico. Em Padã-Arã, Jacó trabalhou para Labão e casou-se com Lia, Raquel, Bila e Zilpa, que mais tarde lhe deram 12 filhos e 1 filha.

Gênesis 28

As bênçãos de Abraão são prometidas a Jacó

Courtship and Marriage

Por que é importante se casar no templo?

Que bênçãos você vai perder se escolher não se casar no templo?

Leia Gênesis 28:1–2 e identifique as instruções que Isaque deu ao filho Jacó.

Lembre-se de que os cananeus adoravam ídolos e estavam envolvidos em outras práticas ofensivas a Deus. Uma filha de Canaã não seria digna de unir-se a Jacó para fazerem o convênio do casamento eterno com o Senhor. Casar-se com uma filha de Canaã significaria casar-se fora do convênio.

Leia Gênesis 28:3–4 e identifique o que foi prometido a Jacó se ele se casasse no convênio (ver também Gênesis 15:5; 17:5–6; Abraão 2:9; 3:14).

A frase “bênção de Abraão” mencionada em Gênesis 28:4 refere-se às bênçãos prometidas do convênio abraâmico. O convênio abraâmico inclui a promessa de que aqueles que se casam no convênio (ou recebem a ordenança seladora no templo) e são fiéis aos convênios poderão receber a exaltação. Complete o princípio a seguir com base no que você aprendeu em Gênesis 28:1–4: Se nos casarmos no convênio e permanecermos fiéis, então .

Em Gênesis 28:5–9 aprendemos que Jacó obedeceu ao pai, deixando a terra de Canaã a fim de encontrar uma companheira adequada para casar-se no convênio. Ao deixar Canaã, Jacó também obedeceu à mãe, que o avisara do plano de Esaú de matá-lo (ver Gênesis 27:41–42).

Depois que Esaú viu que o casamento dele com mulheres heteias desagradou ao pai, ele se casou com uma das filhas de Ismael.

Leia Gênesis 28:10–13 13 e identifique o que Jacó viu em um sonho ao viajar de Berseba, em Canaã, para Harã. (Pode ser útil saber que Harã era uma cidade na terra de Padã-Arã.)

O que você acha que a escada simboliza?

Romney, Marion G.

Pense no seguinte esclarecimento sobre o que a escada representa, feito pelo Presidente Marion G. Romney, da Primeira Presidência: “Quando Jacó viajou de Berseba para Harã, ele teve um sonho no qual ele se viu na terra, ao pé de uma escada que chegava ao céu e viu o Senhor no topo da escada. Ele viu anjos subindo e descendo a escada, e Jacó percebeu que os convênios que havia feito com o Senhor eram os degraus da escada que ele mesmo teria de subir a fim de obter as bênçãos prometidas — bênçãos que lhe dariam o direito de entrar no céu e habitar com o Senhor” (“Templos — Os Portais para o Céu”, A Liahona, agosto de 1971, p. 5).

Os degraus da escada representam as ordenanças de salvação proporcionadas pelo evangelho com os convênios a elas associados. Essas ordenanças de salvação são necessárias para a exaltação. Com o sonho de Jacó aprendemos que devemos receber as ordenanças de salvação proporcionadas pelo evangelho e guardar os convênios a elas associados a fim de retornar à presença do Senhor.

  1. Pencil Icon
    Para ajudá-lo a entender melhor esse princípio, faça a atividade a seguir no diário de estudo das escrituras:

    1. Desenhe uma escada. Na parte de baixo da escada, escreva Terra e, no topo da escada, escreva Céu, ou a presença do Senhor e a exaltação.

    2. Responda à seguinte pergunta: Quais você acha que eram os degraus da escada que Jacó precisaria subir a fim de obter todas as bênçãos prometidas?

    3. Leia Doutrina e Convênios 131:1–4 e identifique a ordenança necessária para obter o mais elevado grau de glória no Reino Celestial.

Leia Gênesis 28:13–15 e identifique o que o Senhor prometeu dar a Jacó se ele guardasse os convênios.

Lembre-se de que Jacó deixou Canaã não apenas para encontrar uma esposa, mas também para escapar da ameaça de violência de Esaú. Ao fazer isso, ele teve que deixar a família, viajar para uma terra desconhecida e conhecer novas pessoas. Reflita sobre por que as promessas do Senhor registradas no versículo 15 devem ter sido importantes para Jacó nessa situação.

Leia Gênesis 28:16–19, 22 e identifique como Jacó descreveu o lugar onde ele teve o sonho.

As frases “E temeu” e “Quão terrível é este lugar” no versículo 17 referem-se a sentimentos de reverência e respeito. Observe que, depois da experiência, Jacó deu ao lugar o nome de Betel, que significa “casa de Deus”, indicando provavelmente que ele sentiu a presença do Senhor ali (ver versículo 19). Jacó também descreveu aquele local sagrado como “a porta dos céus” (versículo 17) e declarou: “E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus” (versículo 22). Isso se refere a um portão para a presença de Deus onde podemos receber a promessa de vida eterna.

Onde podemos ir para estar na casa de Deus e preparar-nos para a vida eterna?

Com a experiência de Jacó aprendemos a seguinte verdade: O templo é a casa de Deus e o portão para a vida eterna.

Oaxaca Mexico Temple
  1. Pencil Icon
    Pense novamente nas perguntas do início da lição sobre a importância de casar-se no templo e responda às seguintes perguntas em seu diário de estudo das escrituras:

    1. Com base no que você aprendeu, o que diria a um amigo que perguntasse a você por que os templos são importantes para os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias?

    2. O que você vai fazer para guardar melhor os convênios que já fez a fim de estar preparado para entrar no templo e receber outras ordenanças de salvação e fazer outros convênios com o Senhor?

Em Gênesis 28:20–22, lemos que Jacó fez um voto de que, se o Senhor cumprisse Suas promessas, Jacó O serviria como seu Deus. Como parte desse voto, Jacó fez um compromisso de pagar o dízimo ao Senhor (ver versículo 22).

Gênesis 29:1–29

Jacó serve Labão por 14 anos e se casa com Lia e Raquel

Qual foi um objetivo pelo qual você teve que ser paciente e trabalhar muito para atingir?

Jacó teve que ser paciente e trabalhar muito para receber as bênçãos que o Senhor prometera a ele.

Em Gênesis 29:1-14, aprendemos que, quando Jacó chegou a Harã, ele conheceu Raquel, uma das filhas de Labão, junto a um poço. Labão o cumprimentou e o convidou a ficar em sua casa.

Leia Gênesis 29:15–20 e identifique o que Jacó estava disposto a fazer para casar-se com Raquel.

Os anos de trabalho de Jacó não só demonstraram o amor que tinha por Raquel, mas também o compromisso de casar-se no convênio assim como seu pai Isaque o instruíra (ver Gênesis 28:1–4).

Em Gênesis 29:21–29, aprendemos que, depois de Jacó ter trabalhado sete anos para casar-se com Raquel, Labão o enganou fazendo-o casar-se com Lia, a filha mais velha. Labão justificou seu ato argumentando que a filha mais velha deveria se casar primeiro. Labão disse a Jacó que ele ainda poderia se casar com Raquel depois de cumprir a semana de casamento com Lia, mas Jacó teria que concordar em trabalhar para ele por mais sete anos. Jacó concordou com essas condições. A revelação moderna esclarece que o Senhor aprovou o casamento plural de Jacó (ver D&C 132:37).

  1. Pencil Icon
    Em seu diário de estudo das escrituras, escreva um princípio que responda à seguinte pergunta: O que podemos aprender com o exemplo de Jacó sobre obter as bênçãos que o Senhor nos prometeu?

Gênesis 29:30–30:43

Onze filhos e uma filha nasceram e o Senhor abençoou a Jacó

Em Gênesis 29–30, aprendemos sobre as muitas dificuldades que a família de Jacó enfrentou. O que ajuda você a permanecer fiel quando passa por dificuldades na vida?

Leia Gênesis 29:30–35 e Gênesis 30:1–2 e identifique os desafios que Lia e Raquel enfrentaram. Como o Senhor ajudou Lia a lidar com o desafio? Contra quais sentimentos Raquel lutava durante esse momento difícil?

Naquela época e cultura, considerava-se uma grande honra uma mulher ter um filho do sexo masculino. Por isso, desenvolveu-se um espírito competitivo entre Lia e Raquel, além de decepção e frustração. Em Gênesis 30:3–21, aprendemos que, por Raquel não poder ter filhos, ela deu sua serva Bila para casar-se com Jacó. Lia, temendo não poder ter mais filhos, deu também sua serva Zilpa para casar-se com Jacó. No costume antigo deles, os filhos que nascessem de uma serva eram legalmente considerados filhos da mulher a quem a serva pertencia.

Por fim, Jacó e as mulheres tiveram 12 filhos e 1 filha. A posteridade dos 12 filhos ficou conhecida como as 12 tribos de Israel.

O gráfico a seguir pode ajudá-lo a descobrir quem era a mãe de cada um dos filhos de Jacó. Pesquise as referências das escrituras fornecidas para descobrir o nome dos filhos que nasceram de cada uma das quatro mulheres de Jacó, depois preencha a coluna “Filhos” do gráfico com os nomes que encontrar.

Old Testament Seminary Student Manual

Raquel foi a última das esposas a ter filhos. Leia Gênesis 30:22 e identifique como Raquel conseguiu finalmente ter filhos.

Uma vez que Deus não Se esquece de nós, o que você acha que significa que “lembrou-se Deus de Raquel” (Gênesis 30:22)?

Ao estudar a experiência de Raquel, somos lembrados de que, quando enfrentamos desafios, devemos reconhecer que Deus não Se esquece de nós.

  1. Pencil Icon
    Responda à seguinte pergunta em seu diário de estudo das escrituras: Quando você sentiu que Deus Se lembrou de você ou estava ciente de você durante um momento difícil da vida?

Em Gênesis 30:25–43, aprendemos que, por Jacó ter sido fiel aos convênios, o Senhor o abençoou aumentando a riqueza dele.

  1. Pencil Icon
    Escreva o seguinte no final das designações de hoje, em seu diário de estudo das escrituras:

    Estudei Gênesis 28–30 e concluí esta lição em (data).

    Perguntas, pensamentos e ideias adicionais que gostaria de comentar com meu professor: