Missionário de tempo integral
    3. Conduta do missionário
    Notas de rodapé
    Tema
    Every Knee Shall Bow

    3.

    Conduta do missionário

    3.0

    Introdução

    Esta seção descreve os padrões missionários de comportamento e as qualidades cristãs que você deve praticar e desenvolver durante a missão à medida que se torna um discípulo mais dedicado de Jesus Cristo. O profeta Morôni aconselhou: “Porque me lembro da palavra de Deus, que diz que por suas obras os conhecereis; porque, se suas obras forem boas, eles também serão bons” (Morôni 7:5).

    3.1

    Comportamento cristão

    Ore e trabalhe para desenvolver atributos cristãos conforme descrito nas escrituras e em Pregar Meu Evangelho, inclusive a gratidão, a bondade, o amor, a humildade, a paciência, a empatia e a obediência. Com a ajuda do Salvador e de seus próprios esforços sinceros e diligentes, você pode desenvolver esses atributos cristãos (ver Mosias 3:19).

    Seja bondoso, positivo e inspirador. Considere a situação de cada pessoa, fazendo a si mesmo perguntas como estas:

    • É muito tarde ou muito cedo para entrar em contato com essa pessoa? Isso interromperia inadequadamente o tempo pessoal ou familiar.

    • Como eu poderia ser útil nessa situação?

    • Essa ação ou esse comentário poderia constranger, intimidar ou ofender alguém?

    • O que é adequado para essa cultura?

    Você é um convidado na área onde está servindo e deve tratar as pessoas e os lugares com respeito e apreço. Respeite os costumes, as crenças e práticas religiosas e os lugares sagrados em sua área o tempo todo. Seja cuidadoso com suas ações para não ofender alguém. Lembre-se de que o que você diz e o que faz pode ser ouvido, observado e gravado.

    Para mais informações, ver seção 7.3, “Respeito pelas pessoas”.

    3.2

    Dignidade para entrar no templo

    O Senhor Jesus Cristo o convida, “sim, purificai o coração e lavai as mãos e os pés perante mim, para que eu vos torne limpos” (Doutrina e Convênios 88:74). Uma parte dessa preparação inclui guardar os convênios que você fez no templo.

    3.2.1

    Convênios do templo

    Cumprir os convênios do templo de obediência, sacrifício e consagração o capacitará e o ajudará a se tornar mais semelhante ao Salvador.

    Mesmo se não houver um templo em sua missão, mantenha uma recomendação válida para que você se lembre de seus convênios. Peça ao presidente da missão uma entrevista para renovar sua recomendação para o templo antes que ela expire.

    3.2.2

    Adoração no templo

    Se houver um templo próximo, o presidente de missão poderá permitir que você e outros missionários frequentem ocasionalmente no dia da preparação.

    Para mais informações, ver seção 7.4, “Frequência ao templo”.

    3.3

    A lei da castidade

    Um dos convênios que você fez no templo foi o de obedecer à lei da castidade. Faça tudo o que puder para proteger a si mesmo, a seu companheiro e a outras pessoas da tentação sexual que poderia levar à quebra desse convênio sagrado. Fazer coisas que violam a lei da castidade pode até ser considerado criminoso em algumas áreas.

    Você deve evitar qualquer pensamento ou ação que o impeça de ter o Espírito de Deus. Isso inclui, mas não se limita a: adultério, fornicação, atividade sexual com pessoa do mesmo sexo, sexo oral, despertar sentimentos sexuais, toque inadequado, enviar ou receber mensagens com imagens ou vídeos de natureza imoral ou sexual, masturbação e ver ou usar pornografia (ver seção 7.5.3). Ver Para o Vigor da Juventude, 2011, “Arrependimento”, pp. 28–29, para informações complementares.

    O Senhor ensinou: “Satanás procura destruir” (Doutrina e Convênios 132:57) e fazer com que você se torne “tão [miserável] como ele próprio” (2 Néfi 2:27). Ele usará pessoas, mídias inadequadas e outras tentações para enganar, preparar uma armadilha, ameaçar e envergonhar você. Por exemplo, tenha especial cuidado com pessoas que possam exigir pagamento financeiro em troca de não revelar imagens e mensagens comprometedoras ou inadequadas que você possa ter enviado a elas.

    Se estiver com dificuldades para manter esses padrões ou se alguém o estiver ameaçando, peça ajuda ao Senhor e converse imediatamente com o presidente da missão.

    3.4

    Honestidade

    A dignidade do templo inclui ser honesto em todos os seus relacionamentos com o próximo. No serviço missionário, isso inclui:

    • Falar a verdade, especialmente ao presidente da missão, sobre sua conduta, seu testemunho, seus hábitos de trabalho e sua saúde emocional e física.

    • Fornecer, nos relatórios semanais, relatórios precisos de seu trabalho e como você passou seu tempo durante a semana.

    • Usar os fundos da missão com responsabilidade e entregar recibos corretos.

    • Ser confiável e nunca fornecer um relatório falso ou informações falsas sobre qualquer pessoa, incluindo seu companheiro.

    • Respeitar os outros não emprestando, pegando ou usando itens pessoais de alguém (incluindo roupas, livros, dispositivos eletrônicos e joias) sem permissão.

    3.5

    Interação com as pessoas

    O Salvador ensinou: “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 15:12). Escolha seguir o exemplo do Salvador e agir de modo educado, seguro e adequado em cada situação.

    3.5.1

    Padrões gerais de interação com adultos

    Conquiste a confiança e edifique relacionamentos significativos com quem você serve, inclusive as pessoas a quem você ensina, outros missionários e os membros locais. Seja profissional e bondoso e obedeça aos padrões a seguir:

    • Fique sempre perto de seu companheiro.

    • Não aconselhe adultos a respeito de problemas pessoais. Encaminhe os membros ao bispo se eles precisarem de aconselhamento. Se você sentir que uma pessoa de outra religião precisa de ajuda com problemas pessoais, converse com o presidente da missão.

    • Evite situações que possam se tornar física ou espiritualmente perigosas ou que possam ser mal compreendidas.

    • Não flerte nem se relacione inadequadamente com alguém.

    • Mantenha um linguajar digno e evite usar gírias. Use títulos adequados ao abordar outras pessoas. Por exemplo, use o título de “Élder” ou “Síster” ao se referir a outros missionários para mostrar respeito pelo chamado.

    3.5.2

    Padrões gerais de interação com crianças

    Para sua segurança e a segurança das crianças, observe estritamente as seguintes diretrizes:

    • Fique sempre perto de seu companheiro.

    • Nunca fique sozinho com alguém menor de 18 anos.

    • Seja cauteloso ao brincar com grupos de crianças, como participar de um jogo de futebol ou outro jogo. Não faça nada que permita a má interpretação de suas ações.

    • Sempre que possível, obtenha a permissão de um dos pais antes de interagir com uma criança.

    • Não faça cócegas nas crianças, não troque fraldas, não segure crianças e não permita que elas se sentem em seu colo. Essas e outras ações podem parecer inadequadas ou ser mal interpretadas.

    • Educadamente recuse tomar conta de crianças, não importa a idade delas.

    • Não participe de atividades que o deixariam sozinho com crianças (ver seção 7.2.2).

    3.6

    Recreação

    Você pode aprender a amar mais plenamente as pessoas a quem serve, interessando-se sinceramente por sua cultura, sua história, seu país e suas tradições por meio de visitas a locais de interesse em sua área, geralmente no dia de preparação (ver seção 2.5).

    Pergunte às pessoas que você conhece a respeito de locais adequados e seguros para visitar. Escolha atividades que sejam inspiradoras e que o ajudem a relaxar. Os locais apropriados para visitar podem incluir (mas não estão limitados a) o seguinte:

    • Locais históricos e culturais

    • Museus e galerias

    • Zoológicos e parques

    3.6.1

    Padrões gerais de recreação

    Evite se reunir em grandes grupos de missionários em locais públicos. Normalmente, isso significa que você não deve se reunir em grupos maiores que seu distrito. Grandes grupos podem chamar atenção desnecessária ou fazer com que as pessoas se sintam intimidadas.

    Use os veículos da missão apenas para atividades autorizadas pelo presidente da missão.

    Exercite-se e seja ativo para manter seu corpo em forma para o trabalho missionário. Pratique esportes de maneira a evitar lesões e fadiga extrema.

    3.6.2

    Atividades não autorizadas

    Mantenha-se sempre em segurança e use o bom senso ao participar de atividades recreativas. Como alguns missionários já se machucaram gravemente enquanto participavam de atividades arriscadas, durante a missão você não deve participar de atividades que envolvam grandes riscos. Essas atividades incluem, mas não estão limitadas, as seguintes:

    • Esportes aquáticos, de contato, de inverno e ginástica

    • Alpinismo e escalada

    • Andar de moto e a cavalo

    • Passeio em barcos ou aviões particulares

    • Manuseio de armas de fogo

    • Uso de qualquer tipo de fogos de artifício ou explosivos

    Assista a este vídeo para mais informações sobre atividades seguras.

    3.6.3

    Mídias

    Escolha mídias aprovadas e adequadas. Isso geralmente significa evitar o seguinte:

    • Mídias sociais, aplicativos de dispositivos móveis, mídia online que não seja para o ensino do evangelho ou para se comunicar com sua família (ver seção 3.9).

    • Televisão, filmes, videogames e vídeos não autorizados.

    • Livros em áudio, músicas e material de leitura que não se enquadre nos padrões da missão.

    Para mais informações, examine os padrões missionários para o uso da tecnologia (ver seção 7.5). Converse sobre as questões relativas à mídia com seus líderes da missão.

    3.7

    Fotos e vídeos

    As fotos podem ajudá-lo a compartilhar sua experiência na missão com as pessoas em casa e podem ser lembranças significativas de sua missão. Ao tirar fotos ou gravar vídeos, tome cuidado para não constranger as pessoas, inclusive outros missionários e as que enfrentam desafios econômicos, sociais ou físicos. Algumas pessoas podem não querer que você ou outros vejam, compartilhem ou se lembrem delas do modo como aparecem em uma foto. Peça permissão antes de tirar fotos, gravar vídeos ou compartilhá-los. Em algumas missões, talvez você não tenha permissão de compartilhar fotos publicamente das pessoas a quem está ensinando devido às leis de privacidade locais.

    Tirar fotos pode ser ofensivo ou ilegal em algumas culturas e alguns lugares. Alguns exemplos incluem tirar fotos de:

    • Edifícios governamentais ou militares.

    • Áreas de segurança nos aeroportos, de verificação de passaporte, de travessia de fronteira, consulados e embaixadas.

    • Policiais ou militares.

    • Pessoas, edifícios ou atividades de outras denominações religiosas.

    • Assuntos culturalmente delicados, inclusive pessoas em trajes tradicionais.

    • Pessoas que enfrentam pobreza, doenças ou deficiências.

    Como orientação geral, não tire fotos dos objetos, dos lugares ou das pessoas relacionadas anteriormente. Converse sobre suas dúvidas com seus líderes da missão.

    A Igreja também tem normas específicas sobre tirar fotografias nas capelas:

    • Não tire fotos nem grave vídeos no salão sacramental das capelas.

    • Não fotografe, compartilhe ou registre ordenanças sagradas, inclusive o sacramento, os batismos e as confirmações.

    Assista a este vídeo para mais informações sobre as diretrizes relativas a fotos e vídeos.

    3.8

    Uso da tecnologia

    O Senhor declarou: “Eis que apressarei minha obra a seu tempo” (Doutrina e Convênios 88:73). A tecnologia pode ser uma ferramenta para compartilhar os ensinamentos do evangelho de Jesus Cristo e deve ser usada com retidão.

    Para mais informações, ver seção 7.5, “Tecnologia”.

    3.9

    Comunicação com a família, com os líderes da missão e com os amigos

    Sua família, seus líderes da missão e seus amigos podem ser um grande apoio para você na missão. Use uma parte de seu dia de preparação para se comunicar com eles, com os membros e os recém-conversos de outras áreas.

    Priorize seu tempo no dia de preparação, comunicando-se primeiro com seus pais e com o presidente da missão.

    Você pode ler todas as correspondências que receber durante a semana quando tiver tempo adequado para fazê-lo. Você deve responder os e-mails ou as cartas enviadas de casa apenas no dia da preparação, a menos que seja uma emergência.

    3.9.1

    Família

    Você pode se comunicar com seus familiares semanalmente no dia de preparação por cartas, e-mails, mensagens de texto, aplicativos de mensagens, ligações telefônicas e conversas por vídeo.

    Use o método de comunicação aprovado que funcione melhor para você e sua família e que seja econômico a fim de que você se mantenha dentro do orçamento mensal. Dependendo das circunstâncias, do local e da agenda, isso pode variar.

    Se seus pais moram em locais diferentes, você pode entrar em contato com eles separadamente no dia de preparação. Você não precisa ligar ou conversar por vídeo com seus pais todas as semanas.

    Você também pode se comunicar com a família em ocasiões especiais como o Natal, o Dia das Mães, o Dia dos Pais, o aniversário de seus pais e em outras datas significativas em sua cultura ou em seu país de origem.

    Você deve iniciar todas as conversas, seja por mensagens de texto, aplicativos de mensagens, ligações telefônicas e conversas por vídeo. Se seus familiares precisarem entrar em contato com você, eles devem primeiramente pedir a autorização do presidente da missão.

    Ao se comunicar com sua família por telefone ou conversas por vídeo, seja sábio para definir a duração da conversa. Ao tomar essa decisão, leve em consideração seu companheiro e mantenha em mente o propósito de seu serviço missionário.

    3.9.2

    Presidente da missão

    Escreva uma carta ao presidente da missão todas as semanas no dia de preparação. Normalmente você enviará sua carta por meio do Portal do Missionário.

    Somente o presidente de missão vai ler sua carta semanal. Seja sincero e honesto para que ele possa entender quaisquer preocupações que você tenha e lhe dar conselhos ou fazer comentários relevantes. Fique ciente de que ele vai ler suas cartas, mas não poderá responder a todas elas.

    Se você receber notícias importantes de casa que precisem de atenção imediata, informe o presidente da missão e converse com ele antes de entrar em contato com sua família em outros dias que não o dia de preparação ou em ocasiões especiais.

    3.9.3

    Amigos, membros da Igreja e recém-conversos

    Comunique-se com os amigos, os membros da Igreja e os recém-conversos de outras áreas por carta, e-mail e mídia social aprovada (ver seção 7.5.6). Mensagens online, telefonemas e conversas por vídeo com essas pessoas não são aprovadas.

    3.9.4

    Pacotes e cartas

    Algumas missões usam o endereço do escritório da missão como seu endereço de correspondência para o recebimento de cartas e pacotes. Esse procedimento vai garantir sua segurança e impedir o roubo e a perda de correspondência devido às transferências. Siga todas as orientações que receber sobre esses assuntos.

    3.9.5

    Experiências missionárias com pessoas do local de origem

    Talvez você conheça alguém em casa cuja experiência pessoal possa ajudar uma pessoa a quem você esteja ensinando na missão. Peça permissão ao presidente da missão para que essa pessoa compartilhe a experiência e o testemunho dela. Converse com a pessoa sobre a melhor tecnologia de comunicação a ser usada.

    Se sua família ou seus amigos de casa desejam aprender mais sobre o evangelho de Jesus Cristo, o presidente da missão pode permitir que você os ensine usando a tecnologia (ver seção 7.5.4).

    3.9.6

    Visitas pessoais de familiares e amigos

    De maneira geral, seus familiares e amigos não devem visitá-lo durante a missão. No entanto, sob circunstâncias especiais, o presidente da missão pode aprovar uma exceção. Esses encontros devem ser curtos e não interferir em seus deveres missionários. Não devem ser inconvenientes para seu companheiro, para outros missionários ou para as pessoas a quem você ensina. Tome cuidado para que essa visita não tire seu foco do serviço missionário ou crie problemas financeiros para sua família.

    3.9.7

    Emergências

    Se sua família falar com você sobre uma emergência em casa, informe os líderes de sua missão para receber ajuda deles. Se você estiver em uma situação de emergência, os líderes da missão entrarão em contato com sua família.