Primária
Instruções para o tempo de cantar

“Instruções para o tempo de cantar e para a apresentação das crianças na reunião sacramental”, Vem, e Segue-Me — Primária: Doutrina e Convênios 2021

“Instruções para o tempo de cantar”, Vem, e Segue-Me — Primária, 2021

Instruções para o tempo de cantar e para a apresentação das crianças na reunião sacramental

Prezadas presidências da Primária e líderes de música,

As músicas da Primária são um recurso muito importante para ajudar as crianças a aprender sobre o plano de felicidade do Pai Celestial e as verdades fundamentais do evangelho de Jesus Cristo. Conforme as crianças cantarem sobre os princípios do evangelho, o Espírito Santo vai confirmar a elas a veracidade desses princípios. As palavras e a música vão permanecer na mente e no coração das crianças por toda a vida.

Busquem a ajuda do Espírito ao se prepararem para ensinar o evangelho por meio da música. Prestem testemunho das verdades encontradas nas músicas que vocês cantam. Ajudem as crianças a ver como a música se relaciona com o que estão aprendendo e fazendo no lar e nas aulas da Primária. As crianças e a família delas serão abençoadas por seu grande empenho.

Amamos vocês e manifestamos nossa gratidão pelo serviço dedicado que prestam para fortalecer e proteger nossas preciosas crianças.

Presidência geral da Primária

Diretrizes para a apresentação na reunião sacramental

Sob a direção do bispo, a apresentação das crianças na reunião sacramental geralmente é feita no último trimestre do ano. A presidência e a líder de música da Primária marcam para se reunir no início do ano com o conselheiro do bispado que supervisiona a Primária para começarem a conversar sobre o planejamento da apresentação. Quando terminarem, obtenham a aprovação para o planejamento.

A apresentação deve permitir às crianças apresentarem o que elas e a família aprenderam sobre Doutrina e Convênios no lar e na Primária, inclusive as músicas da Primária que cantaram durante o ano. Em espírito de oração, levem em consideração que princípios do evangelho e que músicas reforçam o que elas aprenderam. Durante todo o ano, anotem as experiências pessoais das crianças e o que elas disseram nos discursos, pois talvez isso possa ser usado na apresentação. Convidem as crianças a compartilhar escrituras, histórias e o testemunho delas do Salvador e de Seu evangelho na apresentação. Ao planejarem a apresentação, pensem em maneiras de ajudar a congregação a se concentrar no Salvador e nas verdades que Ele restaurou nos últimos dias.

Unidades com poucas crianças podem considerar maneiras de envolver os familiares na apresentação com as crianças. Um membro do bispado pode concluir a reunião com uma breve mensagem.

Ao preparar a apresentação, tenham em mente as diretrizes a seguir:

  • Os ensaios não devem tomar tempo desnecessário das aulas da Primária ou das famílias.

  • Auxílios visuais, trajes especiais e apresentações multimídia não são condizentes com a reunião sacramental.

Ver o Manual 2: Administração da Igreja, 11.5.3, ChurchofJesusChrist.org.

Instruções para o tempo de cantar

5 minutos (presidência da Primária): Oração de abertura, escritura ou regra de fé e um discurso

20 minutos (líder de música): Tempo de cantar

O propósito do tempo de cantar é ajudar a aumentar a fé das crianças no Pai Celestial e em Jesus Cristo por meio da música. A presidência da Primária e a líder de música selecionam todos os meses as músicas com esse propósito em mente. As músicas devem reforçar os princípios do evangelho de Jesus Cristo que as crianças estão aprendendo nas aulas e no lar. Veja neste guia uma lista de músicas que reforçam esses princípios. Essas músicas também são sugeridas nos esboços de Vem, e Segue-Me — Primária.

Ao ensinarem as músicas para as crianças, convidem-nas a contar o que já aprenderam sobre as histórias e os princípios doutrinários que as músicas ensinam. Examinem os esboços do Vem, e Segue-Me — Primária que as crianças estão estudando nas classes. Isso vai ajudar vocês a terem conhecimento das histórias e dos princípios que elas estão aprendendo para que possam pensar em como reforçar esse aprendizado com a música.

Durante o tempo de cantar, revisem também as músicas que elas já aprenderam e as que elas gostam de cantar. Ao fazerem essa revisão, convidem as crianças a falar o que pensam e sentem sobre as verdades encontradas nas músicas.

O livro Músicas para Crianças é o recurso básico de música na Primária. Os hinos do hinário e as músicas publicadas no encarte Meu Amigo ou na revista Liahona também são adequados. Ocasionalmente, as crianças podem cantar hinos patrióticos ou comemorativos que sejam adequados para o domingo e para a idade delas. A utilização de quaisquer outras músicas na Primária precisa ser aprovada pelo bispado (ver o Manual 2: Administração da Igreja, item 11.2.4).

Visão geral da Primária

Toda semana, a Primária tem as seguintes atividades:

Tempo de cantar:

25 minutos

Transição:

5 minutos

Aulas:

20 minutos

As líderes de Primárias maiores podem dividir as crianças em dois grupos e realizar as aulas da Primária com um grupo e o tempo de cantar com o outro. Depois os dois grupos podem trocar de lugar. Nesses casos, as líderes da Primária talvez precisem ajustar os horários mostrados acima de acordo com suas necessidades.

Músicas para o tempo de cantar

Janeiro

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

Usar a música para ensinar a doutrina

Lembre-se de que o propósito do tempo de cantar não é apenas ensinar as crianças a cantar, mas é usar a música para aumentar a fé das crianças no Pai Celestial e em Jesus Cristo. As sugestões a seguir podem inspirá-las ao planejarem maneiras para alcançar esse propósito.

Aprender sobre o Pai Celestial e Jesus Cristo. Peça às crianças que falem o que aprenderam sobre o Pai Celestial e Jesus Cristo nas músicas que vocês cantam. Peça-lhes que falem as palavras que elas mais gostam na música que descrevem Deus e o Salvador.

Ler as escrituras relacionadas. Muitas músicas do livro Músicas para Crianças e do hinário incluem referências das escrituras relacionadas. Ajude as crianças a ler uma escritura, depois conversem a respeito do que leram e como isso se relaciona à música. É possível também escrever algumas referências de escrituras no quadro e pedir às crianças que combinem cada referência com uma música ou com a estrofe de uma música.

Preencher os espaços em branco. Escreva uma estrofe da música no quadro com algumas palavras importantes faltando. Depois, peça às crianças que cantem a música, ouvindo as palavras que preenchem os espaços. Conforme elas preenchem cada espaço em branco, converse sobre quais princípios do evangelho são ensinados com as palavras que faltavam.

Citações de líderes da Igreja. Peça às crianças que ouçam a citação de um líder da Igreja que ensine o mesmo princípio do evangelho da música da Primária. Peça-lhes que levantem a mão quando ouvirem algo que as ajude a compreender a verdade que estão cantando. Peça-lhes que falem do que ouviram.

Testificar. Preste testemunho às crianças das verdades do evangelho encontradas na música da Primária. Ajude-as a entender que cantar é uma maneira de prestarem testemunho e sentirem o Espírito.

Ser uma testemunha. Peça às crianças que se revezem, levantando-se e falando o que aprenderam com a música que cantaram, e como se sentem sobre as verdades ensinadas nela. Pergunte como elas se sentem enquanto cantam a música e ajude-as a identificar a influência do Espírito Santo.

Usar gravuras. Peça às crianças que ajudem a encontrar gravuras ou fazer desenhos que se relacionem com as palavras ou frases importantes da música. Peça-lhes que digam como as gravuras se relacionam com a música e o que a música ensina. Por exemplo, se estiver ensinando a música “Quando Jesus voltar” (Músicas para Crianças, pp. 46–47), você pode colocar gravuras por toda a sala que realcem palavras importantes da música (como anjos, neve e estrelas). Peça às crianças que peguem as gravuras e as segurem na ordem correta enquanto vocês cantam a música juntos.

Aula com objetos. Use um objeto para iniciar uma conversa sobre a música. Por exemplo, a música “Quando eu for batizado” (Músicas para Crianças, p. 53) menciona a chuva. Você pode mostrar às crianças uma gravura da chuva ou um copo de água e conversar sobre o batismo e o Espírito Santo e como purificam nosso espírito, da mesma maneira que a água da chuva limpa a Terra; isso pode levar a uma conversa sobre as bênçãos de ser batizado e receber o dom do Espírito Santo.

Convidar as crianças a relatar experiências pessoais. Ajude as crianças a fazer a ligação dos princípios ensinados na música com experiências que tiveram com esses princípios. Por exemplo, antes de cantarem “Eu gosto de ver o templo” (Músicas para Crianças, p. 99), diga às crianças que levantem a mão caso já tenham visto um templo. Peça-lhes que pensem, enquanto cantam, sobre como se sentem ao ver um templo.

Fazer perguntas. Há muitas perguntas que podem ser feitas ao cantar as músicas. Por exemplo, pergunte às crianças o que elas aprendem com cada estrofe da música. Peça-lhes também que pensem em perguntas que a música responde. Isso pode levar a uma conversa sobre as verdades ensinadas na música.

Ouvir as respostas. Peça às crianças que ouçam as respostas para as perguntas. Por exemplo, a música “Ele mandou Seu Filho” (Músicas para Crianças, pp. 20–21) contém várias perguntas e respostas. Você pode fazer as perguntas para as crianças e pedir que encontrem as respostas enquanto cantam.

Ajudar as crianças a aprender a letra e a se lembrar das músicas da Primária

As crianças aprendem a cantar ouvindo a música e cantando-a repetidas vezes. Sempre cante a letra das músicas novas para as crianças — não se limite a ler ou recitar. Isso ajuda as crianças a vincular a melodia à letra. Depois que a música for ensinada, relembre-a e a cante de várias maneiras divertidas durante o ano. Veja abaixo algumas sugestões para ajudar as crianças a aprender e relembrar as músicas.

Demonstrar o tom. Para ajudar as crianças a aprender a melodia da música, mantenha a mão na horizontal e, ao cantar, levante-a para mostrar os tons mais agudos e abaixe-a para indicar os mais graves.

Eco. Peça às crianças que façam eco repetindo o que é cantado. Cante uma frase ou um verso curto para as crianças e peça a elas que cantem logo depois.

Usar variações. Cante as músicas de várias formas, tais como sussurrando, cantarolando, batendo palmas no ritmo, variando no tempo da música ou cantando sentados e em pé. Pode-se também fazer um cubo de papel e, em cada lado do cubo, escrever uma maneira diferente de cantar. Convide uma criança para jogar o cubo para decidir como elas vão cantar a música.

Cantar em grupos. Dê a cada classe ou criança uma frase para cantar de pé e troque as frases até que cada classe ou criança tenha cantado todas as frases.

Use gestos. Peça às crianças que pensem em gestos simples com as mãos que possam ajudá-las a se lembrar das palavras e mensagens da música. Por exemplo, ao cantar “Com amor, com fervor” (Músicas para Crianças, p. 11), diga às crianças que apontem para os olhos, imitem as batidas do coração e coloquem as mãos atrás das orelhas.

Só as meninas cantam/só os meninos cantam. Faça a figura de um menino e a figura de uma menina. Ao revisar a música, erga uma das figuras para indicar quem deve cantar aquela parte da música.

Acertar a cesta. Coloque cestos numerados ou outros recipientes à frente da sala — tantos recipientes quantos forem os números de estrofes de uma música em particular. Peça a uma criança que jogue um saquinho de feijões ou um papel amassado dentro de uma cesta numerada ou próximo a ela. Peça às crianças que cantem a estrofe com a mesma numeração do recipiente.

Combinar a gravura com o verso. Escreva cada estrofe de uma música em um pedaço diferente de papel e encontre a gravura que representa cada estrofe. Coloque as gravuras em um dos cantos da sala e os papéis no lado contrário. Cante a música e peça às crianças que combinem as gravuras com as palavras da estrofe.

Fazer cartazes. Faça cartazes com as palavras de cada estrofe ou gravuras que representem as palavras. Conforme as crianças cantam, cubra algumas palavras ou gravuras até que consigam cantar a estrofe completa sem o cartaz. Também se pode pedir às crianças que ajudem a fazer os cartazes.