Pureza Sexual
    Notas de rodapé

    Pureza Sexual

    Os poderes sagrados de procriação [devem ser] empregados somente entre homem e mulher, legalmente casados.

    “A Família: Proclamação ao Mundo”

    Templo de Rexburg Idaho

    A intimidade física entre marido e mulher é bela e sagrada. Ela é ordenada por Deus para a criação de filhos e para a expressão do amor entre marido e mulher. Deus ordenou-nos que a intimidade sexual seja reservada para o casamento.

    Se você for sexualmente puro(a), estará se preparando para fazer e guardar os convênios sagrados do templo. Estará se preparando para construir um casamento sólido e para trazer filhos ao mundo como parte de uma família amorosa e eterna. Estará se protegendo dos danos espirituais e emocionais que ocorrem quando a intimidade sexual é compartilhada fora do casamento. Também estará se protegendo de doenças graves. O fato de permanecer sexualmente puro(a) vai ajudar você a ser confiante e verdadeiramente feliz e vai melhorar sua capacidade de tomar boas decisões agora e no futuro.

    O padrão do Senhor com relação à pureza sexual é claro e imutável. Não tenha nenhuma relação sexual antes do casamento e seja completamente fiel a seu cônjuge após o casamento. Não permita que a mídia, os amigos ou outras pessoas convençam você de que a intimidade sexual antes do casamento é aceitável. Não é. À vista de Deus, os pecados sexuais são extremamente graves. Eles profanam o poder sagrado que Deus nos deu para criar a vida. O profeta Alma ensinou que os pecados sexuais são mais graves do que quaisquer outros, exceto o assassinato e negar o Espírito Santo (ver Alma 39:5).

    Nunca faça nada que possa levar à transgressão sexual. Trate as outras pessoas com respeito, não como objetos usados para satisfazer desejos egoístas. Antes do casamento, não troque beijos apaixonados, nem deite por cima de outra pessoa, não toque as partes íntimas e sagradas do corpo de outra pessoa, com ou sem roupas. Não faça qualquer outra coisa que desperte sentimentos sexuais. Não desperte essas emoções em seu próprio corpo. Fique atento(a) aos sussurros do Espírito para que possa permanecer puro(a) e virtuoso(a). O Espírito do Senhor vai-Se afastar da pessoa que cometer transgressão sexual.

    Evite situações que induzam a mais tentações, como atividades realizadas tarde da noite ou com pernoite, fora de casa, ou atividades em que não haja a supervisão de adultos. Não participe de debates ou de qualquer meio de comunicação que desperte sentimentos sexuais. Não participe de qualquer tipo de pornografia. O Espírito pode ajudar você a saber quando está correndo riscos e lhe dará forças para sair da situação. Tenha fé nos conselhos justos de seus pais e líderes e seja obediente a eles.

    O comportamento homossexual é um pecado sério. Se estiver lutando contra a atração por alguém do mesmo sexo ou se estiver sendo persuadido(a) a participar de condutas impróprias, procure o conselho de seus pais e de seu bispo. Eles vão ajudar você.

    As vítimas de abuso sexual não têm culpa por esse pecado e não precisam arrepender-se. Se você for vítima de abuso, saiba que é inocente e que Deus ama você. Converse com seus pais ou com outro adulto confiável e busque o conselho de seu bispo imediatamente. Eles podem dar-lhe apoio espiritual e auxílio para obter a ajuda de que necessita. O processo de cura pode levar tempo. Confie no Salvador. Ele vai proporcionar-lhe a cura e dar-lhe paz.

    Caso sinta a tentação de cometer qualquer forma de transgressão sexual, procure a ajuda de seus pais e de seu bispo. Ore ao Pai Celestial; Ele ajudará você a resistir à tentação e a vencer pensamentos e sentimentos impróprios. Se tiver cometido transgressão sexual, converse com seu bispo agora e inicie o processo de arrependimento para que possa sentir paz e ter a companhia plena do Espírito.

    Estabeleça o compromisso pessoal de permanecer sexualmente puro(a). Por meio de suas palavras e ações, incentive outras pessoas a fazer o mesmo.

    mãos de um casal de noivos