29 de julho a 4 de agosto. Atos 22–28: “Ministro e testemunha”
    Notas de rodapé
    Theme

    “29 de julho a 4 de agosto. Atos 22–28: ‘Ministro e testemunha’”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Novo Testamento 2019

    “29 de julho a 4 de agosto. Atos 22–28”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: 2019

    Paulo na prisão

    29 de julho a 4 de agosto

    Atos 22–28

    “Ministro e testemunha”

    As impressões advindas do Espírito Santo frequentemente são serenas e muitas vezes momentâneas. Ao registrar suas impressões, você pode refletir sobre elas de maneira mais aprofundada. Ao ler Atos 22–28, anote os pensamentos e as considerações que vierem até você e reserve um tempo para ponderar.

    Registre suas impressões

    “Quando estamos a serviço do Senhor”, prometeu o presidente Thomas S. Monson, “temos o direito de receber Sua ajuda” (“Aprender, fazer e ser”, A Liahona, novembro de 2008, p. 62). No entanto, não estamos designados para um percurso suave ou uma sucessão infindável de sucessos. Como evidência disso, não precisamos procurar mais do que Paulo, o apóstolo. Sua missão, declarada pelo Salvador, foi “levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel” (Atos 9:15). Nos capítulos 22–28 de Atos, vemos Paulo cumprindo seu chamado e se defrontando com uma grande oposição — acorrentado, aprisionado, sofrendo abuso físico, um naufrágio e até mesmo o ataque de uma serpente. Mas também vemos que Jesus “apresentando-se-lhe, disse: Paulo, tem bom ânimo” (Atos 23:11). As experiências de Paulo são uma lembrança inspiradora de que, quando os servos do Senhor aceitam Seu chamado “ide, ensinai todas as nações”, Ele cumprirá sua promessa: “Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mateus 28:19–20).

    ícone de estudo pessoal

    Ideias para o estudo pessoal das escrituras

    Atos 22:1–21; 26:1–29

    Os discípulos de Jesus Cristo prestam testemunhos corajosos.

    Quando Paulo proferiu os testemunhos poderosos que estão registrados em Atos 2226, foi aprisionado pelos soldados romanos. As pessoas a quem ele pregou tinham o poder de condená-lo à morte. Ainda assim ele escolheu, de forma destemida, prestar testemunho de Jesus Cristo e da “visão celestial” (Atos 26:19) que havia recebido. O que inspira você nessas palavras? Pense nas oportunidades que você tem de prestar testemunho. Por exemplo, quando foi a última vez que compartilhou com sua família ou outras pessoas a maneira como obteve seu testemunho do evangelho?

    Atos 22:1–21; 26:9–20

    Por que existem diferenças entre os três relatos da visão de Jesus Cristo por Paulo?

    O livro de Atos contém três relatos da visão milagrosa de Paulo na estrada para Damasco (ver Atos 9:3–20; 22:1–21; 26:9–20). Cada um desses relatos é ligeiramente diferente dos outros, e alguns oferecem mais detalhes. Pelo fato de os relatos terem sido feitos em ocasiões diferentes para propósitos diversos, é razoável entender que Paulo escolheu partes diferentes da experiência para cada audiência.

    Semelhantemente, Joseph Smith registrou vários relatos de sua Primeira Visão (ver “Relatos da Primeira Visão”, Tópicos do evangelho, topics.LDS.org). Os vários relatos foram proferidos para audiências variadas e com propósitos diversos, e oferecem ideias que não estariam disponíveis caso existisse um relato único.

    Atos 23:10–11; 27:13–25, 40–44.

    O Senhor está ao lado daqueles que se esforçam por servi-Lo.

    Como se pode observar claramente no ministério de Paulo, as dificuldades em nossa vida não são um sinal de que Deus desaprova o trabalho que fazemos. Na verdade, algumas vezes durante as dificuldades é que sentimos mais fortemente Seu apoio. Pode ser interessante rever o que você já estudou sobre o ministério de Paulo e relacionar algumas das coisas em que ele perseverou (ver, por exemplo, Atos 14:19–20; 16:19–27; 21:31–34; 23:10–11; 27:13–25, 40–44). De que maneira o Senhor ficou ao lado dele e o que isso ensina a você a respeito de seus próprios esforços a serviço do Senhor?

    Atos 24:24–27; 26:1–3, 24–2927

    Posso escolher entre aceitar ou rejeitar as palavras dos servos de Deus.

    Durante seu ministério, Paulo prestou um testemunho poderoso de Jesus Cristo e Seu evangelho. Muitas pessoas aceitaram seu testemunho embora nem todas o fizessem. Ao ler Atos 24:24–27 e Atos 26:1–3, 24–29, escreva algumas palavras e frases que mostrem como os seguintes oficiais romanos na Judeia reagiram aos ensinamentos de Paulo.

    Félix

    Festo

    Rei Agripa

    Durante sua viagem a Roma para ser julgado por César, Paulo profetizou que “dano, e (…) muita perda” sobreviriam ao navio e a seus passageiros (Atos 27:10). Leia o capítulo 27 para verificar como os companheiros de viagem de Paulo reagiram a suas advertências. Você pode tirar alguma lição para si mesmo com essa experiência?

    Alguma vez você chegou a reagir como essas pessoas ao ouvir os ensinamentos dos líderes da Igreja? Quais são algumas das possíveis consequências de reagir dessa forma? Com esses relatos, o que você aprendeu a respeito de dar ouvidos ao conselho do Senhor por meio de Seus servos?

    Ver também 2 Néfi 33:1–2; Joseph Smith—História 1:24–25; D. Todd Christofferson, “A voz de advertência”, A Liahona, maio de 2017, p. 108.

    ícone de estudo familiar

    Ideias para o estudo das escrituras em família e para a noite familiar

    Ao ler as escrituras em família, o Espírito pode ajudá-lo a saber quais princípios devem ser enfatizados e debatidos a fim de satisfazer as necessidades de sua família. Eis algumas sugestões:

    Atos 24:16

    Antes de sua conversão, Paulo apresentava uma longa história de ofensas contra Deus. Mas, por conta de seu desejo de se arrepender, ele foi capaz de dizer: “E por isso procuro sempre ter uma consciência sem ofensa, tanto para com Deus como para com os homens” (ver também D&C 135:4). Como podemos manter nossa consciência livre de ofensas para com Deus e outras pessoas?

    Atos 26:16–18

    Nesses versículos, o que o Senhor ordenou que Paulo fizesse? Que oportunidades temos de fazer coisas semelhantes?

    Atos 28:1–9

    Alguém em sua família gosta de cobras? Peça a essa pessoa ou alguém de sua família que conte as histórias encontradas em Atos 28:1–9. Seus filhos vão gostar de desenhar ilustrações dessas histórias ou encenar uma representação delas. Quais lições podemos tirar desses relatos? Uma delas poderia ser que o Senhor cumpre Suas promessas a Seus servos. Por exemplo, você poderia comparar as promessas feitas em Marcos 16:18 com seu cumprimento nas experiências de Paulo. Você também pode encontrar em uma mensagem de conferência geral recente uma promessa feita por um dos servos do Senhor — talvez uma que seja significativa para sua família — e apresentar em seu lar. Como podemos demonstrar fé de que essa promessa será cumprida?

    serpente

    Deus protegeu Paulo ao ser picado por uma serpente venenosa.

    Atos 28:22–24

    Da mesma forma que a Igreja nos dias de Paulo (que é chamada de “seita” no versículo 22), também hoje “se fala contra ela”. Na ocasião em que as pessoas falaram contra o Salvador e Sua Igreja, como foi que Paulo respondeu? O que podemos aprender com a experiência de Paulo?

    Para mais ideias para ensinar crianças, ver o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar.

    Aperfeiçoar o ensino

    Concentrar-se nos princípios que vão abençoar sua família. Ao estudar as escrituras, pergunte a si mesmo: “O que encontro aqui que será especialmente significativo para minha família?” (Ver Ensinar à Maneira do Salvadorp. 17.)

    Paulo diante do rei Agripa

    Valiant in the Testimony of Jesus Christ [Valente no Testemunho de Jesus Cristo], de Daniel A. Lewis. Paulo diante do rei Agripa.