18 a 24 de maio. Mosias 25–28: “Eram chamados povo de Deus”
    Notas de rodapé
    Theme

    “18 a 24 de maio. Mosias 25–28: ‘Eram chamados povo de Deus’”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Livro de Mórmon 2020

    “18 a 24 de maio. Mosias 25–28”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar, 2020

    Conversion of Alma, The

    Conversion of Alma the Younger [A Conversão de Alma, o Filho], de Gary L. Kapp

    18 a 24 de maio

    Mosias 25–28

    “Eram chamados povo de Deus”

    Depois que Alma “ouviu a voz do Senhor”, ele escreveu as coisas que o Senhor lhe disse “a fim de conservá-las” (Mosias 26:14, 33). Como você vai seguir o exemplo de Alma?

    Registre suas impressões

    Após quase três gerações vivendo em terras separadas, os nefitas eram um só povo novamente. O povo de Lími, o povo de Alma e o povo de Mosias, até o povo de Zaraenla, que não era descendente de Néfi, agora eram todos “[contados] com os nefitas” (Mosias 25:13). Muitos deles também queriam se tornar membros da Igreja que Alma havia organizado. Portanto, todos os que “desejavam tomar sobre si o nome de Cristo” foram batizados “e eram chamados povo de Deus” (Mosias 25:23–24). Depois de anos de conflito e cativeiro, parecia que os nefitas finalmente estavam tendo um período de paz.

    Não muito tempo depois, os descrentes começaram a perseguir os santos. O que foi particularmente triste a esse respeito foi que muitos desses descrentes eram os próprios filhos dos santos — a “nova geração” (Mosias 26:1), inclusive os filhos de Mosias e um dos filhos de Alma. Então, aconteceu um milagre, e o relato desse milagre tem dado esperança a pais e mães aflitos por muitas gerações. Mas a história da conversão de Alma não é só para pais e mães de filhos que se desviaram do caminho. A verdadeira conversão é um milagre que, de uma forma ou de outra, precisa acontecer com todos nós.

    Integrated Curriculum Illustration

    Ideias para o estudo pessoal das escrituras

    Mosias 26:1–6

    Sou responsável por meu próprio testemunho e minha fé.

    Os que ouviram o discurso do rei Benjamim passaram por uma maravilhosa conversão (ver Mosias 5:1–7), mas conversão é uma experiência pessoal que não pode ser passada como herança para os filhos. Todos nós temos que passar pela nossa própria conversão ao evangelho de Jesus Cristo. Ao ler em Mosias 26:1–6 sobre a “nova geração” de nefitas descrentes, observe as consequências da descrença deles. Pense também nas pessoas que você gostaria de trazer para Cristo. Embora você não possa dar a eles sua própria conversão, o Espírito pode inspirá-lo a respeito de coisas que você pode fazer para ajudá-los a encontrar fé. Ao ler em Mosias 25–28 sobre como Alma e outros membros da Igreja ajudaram a nova geração, talvez surjam outras ideias.

    Ver Doutrina e Convênios 68:25–29.

    Mosias 26:6–39

    Os servos fiéis de Deus procuram fazer Sua vontade.

    Às vezes, podemos achar que um líder da Igreja como Alma sempre sabe qual é a coisa certa a ser feita. Em Mosias 26, lemos a respeito de um problema na Igreja com o qual Alma nunca tinha lidado, e ele “temia proceder mal aos olhos do Senhor” (Mosias 26:13). O que Alma fez nessa situação? (Ver Mosias 26:13–14, 33–34, 38–39.) O que a experiência de Alma sugere sobre como você poderia lidar com problemas difíceis em sua família ou em seus chamados na Igreja?

    Pode ser interessante fazer uma lista das verdades que Deus revelou a Alma em Mosias 26:15–32. Observe que algumas dessas verdades não estavam diretamente relacionadas à pergunta de Alma. O que isso ensina sobre a oração e como receber revelação pessoal?

    Mosias 27:8–37

    Todos os homens e mulheres devem nascer de novo.

    Era óbvio que Alma, o Filho, precisava de um renascimento espiritual, pois ele e os filhos de Mosias eram “os mais vis pecadores”, que andavam “procurando destruir a Igreja de Deus” (Mosias 28:4; 27:10). Mas, logo após sua conversão, Alma testificou que a conversão está ao alcance de todos e é essencial: “Não te admires”, disse ele, “de que toda a humanidade (…) [tenha] de nascer de novo” (Mosias 27:25; grifo do autor). Claro que isso inclui você.

    Ao ler a respeito da experiência de Alma em Mosias 27:8–37, tente se colocar no lugar dele. Você não está tentando destruir a Igreja, mas com certeza consegue pensar em coisas que precisa mudar. Quem, como o pai de Alma, está lhe dando apoio e orando por você “com muita fé”? Que experiências o “[convenceram] do poder e autoridade de Deus”? (Mosias 27:14.) Que “grandes coisas” o Senhor fez por você e sua família das quais você deve se lembrar? (Mosias 27:16.) O que você aprendeu com as palavras e ações de Alma, o Filho, sobre o que significa nascer de novo? Perguntas como essas poderiam ajudá-lo a avaliar como você está se saindo nesse processo de nascer de novo.

    Ver também Mosias 5:6–9; Alma 36; “Conversão” (Tópicos do evangelho, topics.ChurchofJesusChrist.org).

    Mosiah 27:20

    His Father Rejoiced [Seu Pai Se Regozijou], de Walter Rane

    Mosias 27:14, 19–24

    Deus ouve minhas orações e as responderá de acordo com Sua vontade.

    Talvez você conheça um pai como Alma, o Pai, cujo filho ou filha está fazendo escolhas destrutivas. Ou talvez você seja esse pai ou essa mãe. Que mensagem você encontra em Mosias 27:14, 19–24 que lhe dá esperança? Como esses versículos poderiam influenciar suas orações por outras pessoas?

    Integrated Curriculum Illustration

    Ideias para o estudo das escrituras em família e para a noite familiar

    Ao ler as escrituras com sua família, o Espírito pode ajudá-lo a decidir quais princípios devem ser enfatizados e debatidos a fim de satisfazer as necessidades de sua família. Veja estas ideias.

    Mosias 25:5–11

    Como o povo de Mosias se sentiu após ler os registros do povo de Zênife e do povo de Alma? Sua família tem diários ou outros registros que vocês poderiam ler ou examinar? Talvez você possa acrescentar documentos ou começar a escrever e guardar seus próprios registros. O que você incluiria que pudesse ajudar sua família (inclusive as futuras gerações) a se “[encherem] de grande alegria” e a conhecerem a “solícita bondade de Deus”? (Mosias 25:8, 10.)

    Mosias 25:16

    Por que foi importante para o povo de Lími se lembrar de que o Senhor os havia libertado do cativeiro? O que o Senhor já fez por nós que devemos lembrar?

    Mosias 26:29–31; 27:35

    De acordo com esses versículos, o que uma pessoa deve fazer para receber perdão?

    Mosias 27:21–24

    Ao ler esses versículos, pense numa pessoa por quem sua família poderia orar e jejuar.

    Mosias 27–28

    Para ajudar sua família a visualizar os relatos desses capítulos, peça-lhes que façam desenhos das pessoas envolvidas e os use para contar novamente a história. Ou talvez eles queiram encenar esse relato. Como eles poderiam retratar a mudança de Alma e dos filhos de Mosias?

    Para mais ideias sobre como ensinar crianças, ver o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Primária.

    Aperfeiçoar o ensino

    Use gravuras. “O Livro de Gravuras do Evangelho e a Biblioteca de Mídia SUD no site ChurchofJesusChrist.org contêm muitas imagens e vídeos que podem ajudar [sua família] a visualizar os conceitos ou eventos” (Ensinar à Maneira do Salvador, p. 22).

    Remembering the Savior

    Ilustração de um anjo aparecendo a Alma, o Filho, de Kevin Keele