2020
Quatro imagens da semana de Páscoa
anterior seguinte

Quatro imagens da semana de Páscoa

Thorny Paths

“O meu reino não é deste mundo” (João 18:36).

Coroa de espinhos

Ver Mateus 27:29; Marcos 15:17; João 19:2.

Os soldados romanos colocaram uma coroa de espinhos na cabeça do Salvador. “Essa crueldade talvez tenha sido uma tentativa perversa de imitar a coroação do imperador com uma coroa de louros. (…) Como isso foi pungente, considerando que os espinhos representavam o desagrado de Deus quando amaldiçoou a Terra por causa de Adão e disse que, dali em diante, produziria espinhos. Usando aquela coroa, porém, Jesus transformou os espinhos num símbolo de sua glória” (Presidente James E. Faust, Conferência Geral de Abril de 1991).

Manto escarlate

Ver Mateus 27:28; Marcos 15:17; João 19:2.

A cor escarlate é reservada aos reis, e os soldados vestiram Jesus Cristo com esse manto por zombaria, porque Ele afirmara ser o rei dos judeus. Evidentemente, na verdade Ele é muito mais que isso: Ele é o “Rei dos reis e Senhor dos senhores” (1 Timóteo 6:15; Apocalipse 19:16).

Christ and Pilate

“Sairá sangue de cada um de seus poros, tão grande será a sua angústia” (Mosias 3:7).

Prensa de azeite

Ver Mateus 26:36; Marcos 14:32; Lucas 22:39–40; João 18:1.

“É intensamente simbólico que Jesus verteu ‘sangue de cada um de seus poros’ (Mosias 3:7) ao sofrer no Getsêmani, o lugar da prensa de azeite. Para produzir azeite na época do Salvador, as azeitonas eram primeiramente esmagadas rolando-se uma grande pedra sobre elas. A ‘polpa’ resultante era colocada em cestos macios e vazados, que eram empilhados uns sobre os outros. O peso deles fazia escoar o primeiro e mais fino azeite. Depois, era aplicada mais pressão colocando-se uma grande tora ou trave em cima dos cestos empilhados, produzindo mais azeite. Por fim, para extrair as últimas gotas, eram colocados pesos de pedra em uma extremidade da trave para aumentar a pressão ao máximo. E sim, é verdade que o primeiro azeite a fluir é vermelho da cor de sangue” (Élder D. Todd Christofferson, Conferência Geral de Outubro de 2016).

Ancient Artifacts

“Não está aqui, mas ressuscitou” (Lucas 24:6).

Sepulcro vazio

Ver Mateus 28:1–8; João 20:1–18.

“O sepulcro vazio daquela primeira manhã de Páscoa foi a resposta para a pergunta de Jó: ‘Morrendo o homem, porventura tornará a viver?’ (Jó 14:14.) A todos que me escutam declaro: Se um homem morrer, ele voltará a viver. Sabemos disso porque temos a luz da verdade revelada” (Presidente Thomas S. Monson, “Ele ressuscitou!”, Conferência Geral de Abril de 2010).

Garden Tomb

Ilustração de coroa de espinhos: Dilleen Marsh

Christ and Pilate, de Marcus Vincent, cortesia do Museu de História da Igreja

Fotografia de prensa de azeite: Getty Images