2018
Como eu poderia melhorar meu estudo das escrituras?
anterior próximo

Como eu poderia melhorar meu estudo das escrituras?

Sarah Keenan

Utah, EUA

How could I Rejuvenate my Scripture Study?

Ilustração: Bradley Clark

Eu tinha voltado da missão havia apenas três meses quando comecei a ter dificuldade para ler as escrituras.

Eu tinha lido as escrituras todos os dias na missão e prometido continuar a fazê-lo quando voltasse para casa. Mas, com o passar do tempo, muitas coisas pareciam estar atrapalhando. Ou eu tinha lições de casa em excesso, ou estava atarefada no trabalho, ou simplesmente cansada demais. Com essa desculpa, minha leitura das escrituras foi diminuindo, até eu quase não estar mais lendo nada.

Abri o Livro de Mórmon certa noite, com a intenção de ler só um versículo. O versículo me fez lembrar que as escrituras contêm “a agradável palavra de Deus, sim, a palavra que cura a alma ferida” (Jacó 2:8).

Ponderei aquele versículo e me dei conta do efeito negativo que a negligência no estudo das escrituras estava tendo sobre mim. Eu me sentia mais estressada na escola, mais apática na Igreja e mais distante de Deus. Minha alma precisava da palavra de Deus que traz a cura, encontrada nas escrituras. Eu sabia que estava precisando reorganizar minhas prioridades.

Consultei amigos, familiares e líderes da Igreja, pedindo sugestões para melhorar meu estudo das escrituras. Descobri três coisas úteis.

Em primeiro lugar, percebi que o estudo das escrituras à noite não era eficaz para mim. Ao estudar pela manhã, isso me permitia ponderar durante o dia a doutrina e os princípios que eu tinha lido logo cedo.

Em segundo lugar, somos ensinados a ler as escrituras com a família, mas, como eu estava na faculdade e longe de casa, comecei a ler as escrituras com amigas e as moças com quem eu dividia o apartamento. Isso me ajudou a ter uma obrigação de prestar contas e levou a excelentes conversas sobre o evangelho.

Em terceiro lugar, comecei a anotar a inspiração e os pensamentos que recebia durante o estudo das escrituras. Isso me ajudou a concentrar-me no que estava lendo e a reconhecer melhor a voz do Espírito.

Assim que o estudo das escrituras se tornou uma prioridade em minha vida de novo, descobri que eu tinha mais tempo e energia para realizar tudo o que precisava ser feito. E o mais importante, senti-me mais próxima de Deus novamente ao ler e ponderar as escrituras. Agora, quando passo um tempo lendo as escrituras, sinto paz e encontro cura para minha alma.