2017
Missionária sem a Plaqueta
anterior próximo

Jovens

Missionária sem a Plaqueta

A autora mora em Utah, EUA.

Young Woman by Locker

Na escola, tive um professor que tinha o tipo de personalidade que poderia assustar alguém que expusesse pontos de vista contrários sobre um assunto. Um dia surgiu uma conversa a respeito dos missionários SUD. Eu sabia que poderia ter respondido a suas perguntas, mas senti que não deveria. Então só disse o suficiente para satisfazê-lo naquele momento.

Nas semanas seguintes, não conseguia parar de pensar em nossa conversa. Finalmente, tive um pensamento de que deveria dar a ele o Livro de Mórmon com algumas frases realçadas sobre o trabalho missionário. O pensamento me assustou, mas persistiu. Eu sabia que era uma inspiração que deveria seguir.

Dois meses mais tarde, o Livro de Mórmon estava pronto. Durante todo o dia, senti como se o livro estivesse queimando em minha mochila. Os três segundos necessários para entregar o livro a ele e sair para as férias de inverno foram os mais assustadores de minha vida.

No primeiro dia de volta às aulas, passei por sua sala, mas não entrei, com medo. Então ouvi-o chamar-me e ele me deu um cartão. Li o cartão no corredor. Ele escreveu que estudou e “avaliou” as passagens que eu tinha marcado e estava começando a ver algumas razões por trás de minha fé.

Agora fico ansiosa para compartilhar o evangelho e ainda mais ansiosa para servir ao Pai Celestial em uma missão, em breve.