2017
O Livro na Prateleira
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

O Livro na Prateleira

“Ler, ponderar e depois então orar” (Músicas para Crianças, p. 66).

Eu tinha 12 anos quando ouvi falar de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Encontrei no ônibus dois missionários da Igreja. Perguntaram se poderiam ensinar minha família.

Os missionários deixaram conosco um Livro de Mórmon e um panfleto com o testemunho de Joseph Smith. Meus pais eram pessoas maravilhosas. Mas não entraram para a Igreja naquele momento.

O livro e o panfleto ficaram em nossa prateleira por muitos anos. Então, certo dia, quando eu tinha 18 anos de idade, percorri os olhos pela prateleira à procura de um bom livro para ler. Peguei o Livro de Mórmon e li o primeiro capítulo. Tive um sentimento especial enquanto lia.

Em meu coração, senti que o livro era verdadeiro. O Livro de Mórmon tinha uma mensagem especial sobre a Expiação de Jesus Cristo. Aprendi mais sobre minha própria vida e sobre as bênçãos do Pai Celestial.

Depois, li o panfleto. Fiquei muito impressionado. Mesmo com apenas 14 anos, Joseph Smith teve a coragem de perguntar ao Pai Celestial qual igreja era verdadeira.

Desde esse dia, sempre segui o exemplo de Jesus Cristo. Leio as escrituras e peço ao Pai Celestial ajuda e orientação. A oração e o Livro de Mórmon são uma parte muito importante da minha vida.

Quando você tiver algum problema, leia o Livro de Mórmon e ore. Você vai aprender mais sobre o evangelho e encontrar as respostas de que precisa, assim como aconteceu comigo. Preste atenção aos seus sentimentos quando fizer isso.

Liahona Magazine, 2017/01 Jan