Coração Puro e Corpo Limpo
    Notas de rodapé

    Para o Vigor da Juventude

    Coração Puro e Corpo Limpo

    Neill F. Marriott

    O Senhor ordenou: “[Preparai-vos], (…) sim, purificai o coração (…) para que eu vos torne limpos” (D&C 88:74).

    Ilustração fotográfica: Matthew Reier

    “Vocês, jovens, estão sendo criados em território inimigo”, alertou o Presidente Boyd K. Packer, Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos.1 Sem dúvida, os padrões morais dos santos dos últimos dias fiéis estão sob ataque! Você está pronto para lutar contra qualquer pensamento impuro ou indigno que Satanás, a Internet e o mundo colocar-lhe na mente ou no coração?

    Preparem-se

    Na maioria das manhãs, antes das 5 horas, grupos de jovens dignos fazem fila no escuro diante das portas do Templo de Salt Lake, prontos para entrar no batistério. Eles saem da escuridão do mundo e entram na luz do templo. Depois de vestirem-se de branco, seguem serenamente para a magnífica pia batismal onde são batizados pelos mortos. Ao emergirem das águas puras e revigorantes da pia, esses jovens são fortalecidos, sabendo que participaram de um trabalho eterno em favor de outras pessoas.

    Eles voltam para o escuro e se apressam em ir para a escola, mas já não são os mesmos, porque saem investidos de poder e glória (ver D&C 109:22–23). Levando a luz e a pureza do templo no coração, estão preparados para fazer retroceder as trevas desse “território inimigo” e para manter-se moralmente puros. Essa cena não é exclusiva do Templo de Salt Lake. Ela ocorre frequentemente quando jovens do mundo inteiro saem das trevas do território inimigo e decidem viver de modo a ser dignos de entrar na luz do templo e o fazem.

    Por exemplo: uma irmã e um irmão do Colorado, EUA, foram batizados por mais de 50 de seus antepassados no ano passado e vivenciaram a pureza do templo. O irmão disse: “Tenho um sentimento muito bom e espiritual quando estou no templo. Depois, quando me deparo com as tentações, lembro-me desse sentimento, e isso me ajuda”. No empenho de viver de modo a ser digna de frequentar o templo, a irmã fez uma lista em seu diário do que fará e do que não fará ao se deparar com tentações. Ela tomou essa firme decisão e até compartilhou a lista com os pais e os amigos para que eles possam ajudá-la. Esses dois jovens criaram uma poderosa armadura moral para seu coração, sua mente e seu corpo.

    Purifiquem o Coração

    Além de atos puros, você tem desejos puros?

    Davi, o salmista, orou em Salmos 139:23–24, dizendo: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau”. Referindo-se a esses versículos, o Presidente Lorenzo Snow (1814–1901) aconselhou: “Recomendo que [todos] adotem essa oração de Davi. (…) Muitos não chegam a alcançar esse padrão de excelência porque em segredo (…) fazem coisas que têm o efeito direto de distanciá-los do Altíssimo”.2

    É um ato de fé pedir ao Pai Celestial que crie um coração puro dentro de você. Ele tem todo o poder. Volte-se a Ele com frequência e peça humildemente Seu auxílio divino para manter seus sentimentos puros — sim, sexualmente puros.

    “Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne” (Gálatas 5:16). Que grande poder você tem quando anda no Espírito! Todos os domingos, ao tomar o sacramento, você testifica que se dispõe a sempre recordar Jesus Cristo (ver D&C 20:77, 79). O fato de lembrar-se do Salvador pode dar-lhe poder espiritual para afastar-se das coisas impuras.

    Sejam Limpos Perante Deus

    Por que a pureza sexual é um mandamento? Porque o Pai Celestial nos deu poderes de procriação para serem usados somente para propósitos divinos dentro dos laços do matrimônio. O Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “O modo pelo qual encaramos e usamos esse sublime poder vai determinar em grande medida a nossa felicidade na mortalidade e o nosso destino na eternidade”.3

    A intimidade sexual proporciona união amorosa e emocional para o marido e a mulher. Contudo, o Élder Richard G. Scott, do Quórum dos Doze Apóstolos, advertiu: “As intimidades são proibidas pelo Senhor fora do duradouro compromisso do matrimônio porque elas minam Seus propósitos. (…) Causam sérios danos emocionais e espirituais. Mesmo que não se perceba que isso esteja acontecendo no momento, mais tarde se perceberá. A imoralidade sexual cria uma barreira à influência do Espírito Santo”.4

    A intimidade sexual não existe para satisfazer os desejos carnais, a popularidade ou a curiosidade. Esse uso egoísta dessa dádiva concedida por Deus sempre causa infelicidade e limita o crescimento espiritual.

    Ao preparar-se e purificar seu coração, o Senhor pode fazer com que você se torne e se mantenha limpo. Se você tiver sentimentos de culpa ou vergonha ocultos, busque o poder da Expiação. Somente por meio do Sacrifício Expiatório de Jesus Cristo podemos ser purificados. Arrependa-se e ore sinceramente pelo perdão. Procure seu bispo ou presidente de ramo, se necessário. Você pode tornar-se limpo e manter-se limpo num mundo impuro? Sim, pode! Você conhece a verdade e tem o apoio do Espírito Santo, de seus pais, de seus líderes e do profeta vivo. Ao voltar os olhos para Jesus Cristo, você pode e vai manter-se limpo perante Ele.

    Notas

    1. Boyd K. Packer, “Conselho para os Jovens”, A Liahona, novembro de 2011, p. 16.

    2. Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Lorenzo Snow, 2012, p. 122.

    3. David A. Bednar, “Cremos em Ser Castos”, A Liahona, maio de 2013, p. 41.

    4. Richard G. Scott, “Fazer as Escolhas Certas”, A Liahona, janeiro de 1995, p. 39.