2013
A Melhor Linguagem
anterior seguinte

A Melhor Linguagem

Como usamos a mesma boca para orar, para prestar testemunho e para abençoar o sacramento sagrado quanto para falar, precisamos tomar cuidado para manter nossas palavras limpas e puras. O modo como falamos diz muito sobre quem somos e sobre o estilo de vida que levamos. O Apóstolo Paulo disse: “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem” (Efésios 4:29). Ofendemos nosso Pai Celestial quando tomamos Seu nome em vão.

O oposto da linguagem profana é a oração. Quando oramos, usamos a melhor linguagem que podemos. Quando nos comunicamos com nosso Pai Celestial, que nos ama, é essencial que o façamos com pureza e humildade. Desse modo, seremos guiados e poderemos ver as infinitas bênçãos do evangelho em nossa vida.

Jared Rodriguez, Maryland, EUA