O Viver Previdente Nos Prepara para o Futuro
    Notas de rodapé

    Nossa Crença

    O Viver Previdente Nos Prepara para o Futuro

    Os santos dos últimos dias acreditam que devem estar preparados e ser autossuficientes. Acreditamos em preparar-nos com uma boa formação educacional para o mercado de trabalho, em preparar-nos financeiramente para dias difíceis e em preparar-nos temporalmente para catástrofes naturais ou outros desafios. Acima de tudo, acreditamos em preparar-nos espiritualmente para a Segunda Vinda de Jesus Cristo e para voltar a viver com nosso Pai Celestial. Essa atitude em relação à preparação é chamada de viver previdente.

    O viver previdente reflete nossa verdadeira natureza eterna de “[agir] por [nós] mesmos e não [receber] a ação” (2 Néfi 2:26). O Senhor quer que sejamos responsáveis e independentes (ver D&C 78:14). Deseja que vivamos de modo previdente porque isso nos transforma: tornamo-nos responsáveis, generosos, amadurecidos e bondosos. Porque quanto mais autossuficientes formos, melhor poderemos ajudar nossa família e outras pessoas. Como podemos ajudar o faminto se nós mesmos estivermos passando fome? Como podemos transmitir conhecimento se nós mesmos carecermos dele? Como podemos edificar a fé alheia se nós mesmos não tivermos fé?

    Os princípios do viver previdente incluem o seguinte:

    • Preparação. “Preparai-vos para o que está para vir, porque o Senhor está perto” (D&C 1:12).

    • Industriosidade “Não serás ocioso” (D&C 42:42).

    • “Procurai conhecimento, sim, pelo estudo e também pela fé” (D&C 88:118).

    Quando os membros da Igreja estão fazendo tudo a seu alcance para prover por si mesmos, mas ainda assim não conseguem satisfazer suas necessidades básicas, devem primeiramente recorrer a sua família em busca de ajuda. Se isso for insuficiente, a Igreja pode ajudar. Os bispos e presidentes de ramo podem usar recursos do “armazém do Senhor” para ajudar os membros (ver D&C 82:18–19). Todo auxílio concedido pela Igreja visa ajudar os membros a ajudarem-se a si mesmos e a incentivar o trabalho na vida deles.

    Podemos trabalhar para tornar-nos autossuficientes nas seguintes áreas:

    • Força espiritual: Confiar no Senhor, obedecer aos mandamentos, orar e estudar as escrituras diariamente, servir ao próximo.

    • Saúde física: Obedecer à Palavra de Sabedoria, exercitar-se, dormir o suficiente, praticar bons hábitos de higiene e saúde.

    • Educação: Aprender a ler, adquirir aptidões profissionais, estudar os “melhores livros” (D&C 88:118).

    • Emprego: Trabalhar para o próprio sustento e para atender às necessidades da família.

    • Armazenamento doméstico: Armazenar água potável e montar gradualmente uma reserva de alimentos que sua família consome regularmente e de mantimentos que durem muito tempo, como farinhas e grãos.

    • Finanças: Pagar o dízimo e as ofertas, evitar dívidas desnecessárias, criar gradualmente uma reserva financeira.

    A partir da esquerda: A Segunda Vinda, de Grant Romney Clawson © IRI; ilustrações fotográficas: Craig Dimond, Christina Smith, John Luke e Robert Casey © IRI; fotografia de cerejas: David Stoker © 2008