2011
    Se Eu Fosse Você, Iria ao Seminário
    Notas de rodapé
    Tema

    Se Eu Fosse Você, Iria ao Seminário

    Uma sugestão informal de uma amiga ajudou a mudar minha vida.

    “Lisa, seu eu fosse você, iria ao seminário”, sugeriu Ashley informalmente. Estávamos consultando folhetos com listas de opções de disciplinas para o ano letivo seguinte, quando começaríamos a escola secundária.

    Lancei um olhar meio aturdido para minha amiga e por fim consegui esboçar um sorriso. Não queria magoá-la, mas o seminário não estava em meus planos. Na época, como na maior parte de minha vida, eu estava menos ativa na Igreja. Ao longo dos anos, adquirira vagas noções do evangelho, mas não recebera um testemunho forte de sua veracidade.

    Ao voltar para casa depois das aulas naquele dia, a ideia de frequentar o seminário começou a me intrigar. Ashley parecia muito entusiasmada com o seminário, bem como todas as outras amigas minhas. Eu queria fazer o mesmo que minhas amigas, mesmo sem entender o que estavam fazendo ou por quê. Depois de abordar a ideia com meus pais e receber sua permissão, resolvi frequentar o seminário em meu primeiro ano da escola secundária.

    Eu desconhecia o impacto profundo que aquela decisão simples teria em meu futuro. Meu primeiro ano de seminário mudou minha vida, pois comecei a ver a mim mesma e aos outros como filhos de Deus, amados e valorizados. Comecei a ir à Igreja aos domingos, apesar de minha família ser menos ativa.

    Já terminei a escola secundária, mas sempre serei grata pelo seminário. Durante aquela hora diária, minhas orações eram respondidas e meu testemunho se fortalecia. O seminário me ajudou a preparar-me para o casamento no templo e me incentivou a empenhar-me para ser uma pessoa melhor.

    Sei que Deus se preocupa com cada um de nós. Sei que o seminário é uma bênção que me ajudou a edificar sobre um alicerce seguro em Jesus Cristo. Incentivo todos os jovens a matricularem-se no seminário. Ele mudará sua vida também.

    Ilustração: Doug Fakkel