2010
Coragem Moral


Mensagem da Primeira Presidência

Coragem Moral

Imagem
President Henry B. Eyring

Um dos propósitos da vida mortal é provar a Deus que cumpriremos Seus mandamentos quando isso exigir coragem. Passamos por esse teste no mundo espiritual. Mas um terço das hostes do céu se rebelou contra a proposta de que seriam testados numa existência mortal na qual haveria o risco de falhar.

Antes de nascermos, conhecemos pessoalmente Deus, o Pai, e Seu Filho Jesus Cristo. Podíamos vê-Los e ouvi-Los enquanto Eles nos ensinavam e nos incentivavam. Agora, um véu foi colocado sobre a nossa mente e sobre a nossa memória. Satanás, o pai de todas as mentiras, tem vantagem porque precisamos ver a realidade de quem somos pelos olhos da fé, enquanto nosso corpo nos torna sujeitos à tentação carnal e à fraqueza física.

Temos muitas coisas que nos ajudam a ter coragem nesta vida. A maior delas é a Expiação de Jesus Cristo. Graças ao que Ele fez, os pecados podem ser purificados nas águas do batismo. Podemos renovar essa bênção quando tomamos o sacramento com fé e com o coração arrependido.

Os dons espirituais são outra grande fonte de ajuda. Recebemos o Espírito de Cristo quando nascemos. Isso nos dá a capacidade de saber se uma decisão que temos de tomar vai nos conduzir à vida eterna. As escrituras são um guia seguro quando as lemos com a companhia do Espírito Santo.

O Espírito Santo permite que expressemos gratidão e que peçamos ajuda em oração com a clareza e a confiança que já desfrutamos com nosso Pai Celestial e que voltaremos a desfrutar quando retornarmos a Sua presença. Essa comunicação com Deus afasta o temor de nosso coração porque edifica [nele] a fé e o amor do Pai Celestial e de Jesus Cristo.

O santo sacerdócio nos dá coragem em nosso serviço. Em suas ordenanças, recebemos o poder de servir aos filhos de Deus e de deter a influência do mal. Quando Ele nos chama para servir, recebemos esta promessa: “E quem vos receber, lá estarei também, pois irei adiante de vós. Estarei a vossa direita e a vossa esquerda e meu Espírito estará em vosso coração e meus anjos ao vosso redor para vos suster” (D&C 84:88).

O Profeta Joseph Smith tinha, ao servir, motivos para temer. Mas Deus deu-lhe coragem com este consolo do exemplo do Mestre:

“E se fores lançado na cova ou nas mãos de assassinos e receberes a sentença de morte; se fores lançado no abismo; se vagas encapeladas conspirarem contra ti; se ventos furiosos se tornarem teus inimigos; se os céus se cobrirem de escuridão e todos os elementos se unirem para obstruir o caminho; e, acima de tudo, se as próprias mandíbulas do inferno escancararem a boca para tragar-te, sabe, meu filho, que todas essas coisas te servirão de experiência e serão para o teu bem.

O Filho do Homem desceu abaixo de todas elas. És tu maior do que ele?” (D&C 122:7–8).

Deus nos deu mais do que o suficiente para afastar o temor e dar-nos coragem, seja o que for que enfrentemos na vida. Se buscarmos Sua ajuda, Ele pode elevar-nos para a vida eterna que almejamos.

Néfi Escreve nas Placas de Ouro, de Paul Mann; ilustrações: Matt Smith