Eu Conheço o Plano de Deus
anterior próximo

Tempo de Compartilhar

Eu Conheço o Plano de Deus

“Pois eis que esta é minha obra e minha glória: Levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem.” (Moisés 1:39)

Onde você mora? Na cidade? No campo? Num subúrbio? Você mora numa ilha? No meio do deserto? Dá para ver as montanhas da sua casa? Dá para ver o mar? Uma floresta?

Quem mora com você? Você é filho único, ou tem muitos irmãos e irmãs? Seus pais, avós, tios e tias moram com você?

Você sabia que antes de vir à Terra, nós vivíamos no céu com o Pai Celestial? Foi lá que você, “com muitos outros, receberam suas primeiras lições no mundo dos espíritos e foram preparados para nascer [na Terra] no devido tempo do Senhor”. (D&C 138:56)

Mas tivemos mais do que lições enquanto vivíamos no céu. O Élder Gary J. Coleman, dos Setenta, disse: “O plano de Deus incluía nossa existência pré-mortal, a criação do mundo, o tempo em que Adão e Eva ficaram no Jardim do Éden” e a queda do homem que resultou na mortalidade”. (“‘O How Great the Plan of Our God!’”, Ensign , fevereiro de 1996, p. 15)

No conselho dos céus, o Pai Celestial falou-nos a respeito do grande plano de felicidade. Ele disse que criaria a Terra, que nos enviaria um Salvador e que teríamos arbítrio, ou seja, liberdade para escolher o bem ou o mal.

Alguns seres pré-mortais não quiseram seguir Seu plano, e houve uma guerra nos céu. Nós, no entanto, decidimos apoiar o plano do Pai Celestial, por isso recebemos um corpo e fomos enviados a muitos lugares diferentes na Terra para aprender sobre o Salvador e guardar os mandamentos.

Graças à Expiação de Jesus Cristo, se escolhermos fazer as coisas certas, poderemos um dia voltar ao Pai Celestial para viver com Ele e Jesus Cristo novamente.

Cilindro do Plano de Felicidade

  1. Cole a página 4 numa cartolina. Em seguida, recorte o retângulo grande e a tira com as figuras. Faça cortes no retângulo nas linhas pretas grossas.

  2. Enrole o retângulo, formando um cilindro com os cortes num dos lados, e cole.

  3. Passe a tira com as figuras pelos cortes no cilindro. Olhe pelo cilindro para ver figuras que ilustram o plano de felicidade do Pai Celestial.

Idéias para o Tempo de Compartilhar

  1. 1. Cubra uma gravura do Salvador com uma folha de papel grande cortada em pedaços como num quebra-cabeça. Escreva em cada pedaço de papel: (1) escrituras que testificam de Cristo, como Mateus 3:17; Joseph Smith — História 1:17; João 6:69; Mateus 16:15–16; 3 Néfi 11:9–10; João 4:25–26; (2) hinos sobre o Salvador; (3) parágrafos de “O Cristo Vivo — O Testemunho dos Apóstolos”. (Ver A Liahona , abril de 2000, pp. 2–3.) Cada criança, na sua vez, deverá retirar um pedaço do quebra-cabeça e ler a escritura ou cantar o hino que estiver escrito no papel. Incentive as crianças a pensar em como podem ser mais parecidas com o Salvador. Leia Morôni 7:48.

  2. 2. Explique às crianças que o conhecimento é importante para o exercício do arbítrio. Prepare tiras de papel com instruções escritas em letras grandes. Estas poderiam ser: “Fale a primeira Regra de Fé”; “Cante um hino”, “Reja as crianças da Primária, cantando o hino ‘No Céu eu ViVi’ ( A Liahona , abril de 1999, O Amigo, p. 5) e assim por diante. Disponha os papéis de maneira que possam ser facilmente lidos. Coloque uma venda nos olhos de uma criança e peça- lhe que pegue um desses papéis, depois termine a atividade. Escolha outras crianças para participar, vendando os olhos de algumas e deixando que outras escolham, lendo qual atividade gostariam de fazer. Converse sobre como fizeram uma boa escolha quando sabiam o que estavam escolhendo. Incentive-as a darem ouvidos aos pais e líderes para aprenderem a respeito das decisões que as conduzirão de volta ao Pai Celestial.