Considerações finais
    Notas de rodapé
    Theme

    Considerações finais

    A dignidade individual exige uma total conversão de mente e de coração para que sejamos mais semelhantes ao Senhor.

    Meus amados irmãos e irmãs, ao chegarmos ao término desta conferência histórica, agradecemos ao Senhor por termos sido edificados pelas mensagens e músicas inspiradas. Realmente tivemos um banquete espiritual.

    Sabemos que o evangelho restaurado de Jesus Cristo trará esperança e alegria às pessoas que ouvirem Sua doutrina e derem atenção a ela. Também sabemos que todo lar pode se tornar um verdadeiro santuário de fé, onde a paz, o amor e o Espírito do Senhor podem habitar.

    É claro que o símbolo máximo da Restauração é o templo sagrado. Suas ordenanças e seus convênios sagrados são fundamentais para que o povo esteja preparado para receber o Senhor em Sua Segunda Vinda. Temos, no momento, 166 templos dedicados, e outros estão por vir.

    Uma visitação pública é realizada antes da dedicação de cada templo que é construído ou reformado. Muitos amigos que não são de nossa fé participarão de uma visitação nesses templos e aprenderão algo a respeito das bênçãos do templo. E alguns desses visitantes se sentirão motivados a saber mais a respeito disso. Alguns perguntarão com sinceridade como eles podem se qualificar para as bênçãos do templo.

    Como membros da Igreja, precisamos estar preparados para responder a suas perguntas. Podemos explicar que as bênçãos do templo estão disponíveis a toda e qualquer pessoa que se preparar. Mas antes que elas possam entrar em um templo dedicado, precisam se qualificar. O Senhor deseja que todos os Seus filhos recebam as bênçãos eternas que estão disponíveis em Seu templo. Ele deu orientações referentes ao que cada pessoa deve fazer a fim de se qualificar para entrar em Sua casa sagrada.

    Uma boa maneira de iniciarmos essa oportunidade de ensino é direcionar nossa atenção às palavras gravadas no exterior do templo: “Santidade ao Senhor; A Casa do Senhor”. A mensagem que o presidente Henry B. Eyring compartilhou hoje e a de muitos outros nos inspiraram a nos santificar. Todos os templos são locais sagrados; todas as pessoas que frequentam o templo se esforçam para se santificar.

    Todos os requisitos para se entrar no templo estão relacionados à santidade pessoal. Com o intuito de avaliar essa preparação, todas as pessoas que desejam desfrutar das bênçãos do templo passarão por duas entrevistas: a primeira com o bispo, conselheiro no bispado ou presidente de ramo; e a segunda com o presidente da estaca, ou da missão, ou um de seus conselheiros. Várias perguntas serão feitas durante essas entrevistas.

    Algumas delas foram recentemente alteradas para que haja mais clareza. Gostaria de citá-las a vocês neste momento.

    1. Você tem fé em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho, Jesus Cristo, e no Espírito Santo? Você tem um testemunho Deles?

    2. Você tem um testemunho da Expiação de Jesus Cristo e do papel que Ele tem como seu Salvador e Redentor?

    3. Você tem um testemunho da Restauração do evangelho de Jesus Cristo?

    4. Você apoia o presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias como o profeta, vidente e revelador e como a única pessoa na Terra autorizada a exercer todas as chaves do sacerdócio?

      Você apoia os membros da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos como profetas, videntes e reveladores?

      Você apoia as autoridades gerais e os líderes locais da Igreja?

    5. O Senhor disse que todas as coisas devem ser “feitas com limpeza” diante Dele (Doutrina e Convênios 42:41).

      Você se esforça para ser moralmente limpo em seus pensamentos e em seu comportamento?

      Você obedece à lei da castidade?

    6. Você segue os ensinamentos da Igreja de Jesus Cristo em seu comportamento privado e público com os membros de sua família e com outras pessoas?

    7. Você apoia ou promove quaisquer ensinamentos, práticas ou doutrina que sejam contrários aos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias?

    8. Você se esforça para santificar o Dia do Senhor, tanto em casa quanto na igreja, assiste às reuniões da Igreja, prepara-se para o sacramento e o toma dignamente, e vive em harmonia com as leis e os mandamentos do evangelho?

    9. Você se esforça para ser honesto em tudo o que faz?

    10. Você é dizimista integral?

    11. Você compreende e obedece à Palavra de Sabedoria?

    12. Você tem quaisquer obrigações financeiras ou outras obrigações para com seu ex-cônjuge ou para com seus filhos?

      Se a resposta for sim, você está em dia com essas obrigações?

    13. Você guarda os convênios que fez no templo, inclusive o de usar o garment do templo conforme instruído na investidura?

    14. Existe algum pecado sério em sua vida que precisa ser resolvido com as autoridades do sacerdócio como parte de seu arrependimento?

    15. Você se considera digno de entrar na casa do Senhor e de participar das ordenanças do templo?

    Essas perguntas atualizadas para se obter a recomendação do templo serão enviadas amanhã aos líderes da Igreja em todo o mundo.

    Além de responder a essas perguntas de modo sincero, entende-se que cada pessoa adulta que frequenta o templo deve usar o garment sagrado do sacerdócio por baixo de suas roupas habituais. Isso é um símbolo de um compromisso interior de nos esforçarmos todos os dias para nos tornarmos mais semelhantes ao Senhor. Ele também nos lembra de, todos os dias, permanecermos fiéis aos convênios que fizemos e de, todos os dias, andarmos no caminho do convênio de modo mais elevado e mais sagrado.

    Agora, por um momento, gostaria de falar a nossos jovens. Nós os incentivamos a se qualificarem para obter uma recomendação de uso limitado para o templo. Apenas as perguntas que se aplicam a vocês serão feitas em sua preparação para participar das ordenanças vicárias de batismo e confirmação. Somos muito gratos por sua dignidade e por seu desejo de participar desse trabalho sagrado no templo. Muito obrigado!

    A dignidade pessoal para entrar na casa do Senhor exige muita preparação espiritual individual. Mas com a ajuda de Deus, nada é impossível. É mais fácil construir um templo do que edificar um povo que seja preparado para o templo. A dignidade individual exige uma total conversão de mente e de coração para que sejamos mais semelhantes ao Senhor, para que sejamos cidadãos honestos, melhores exemplos e pessoas santificadas.

    Testifico que esse trabalho de preparação traz inúmeras bênçãos nesta vida e bênçãos inimagináveis na vida futura, incluindo a perpetuação de sua unidade familiar por toda a eternidade “em um estado de felicidade sem fim”.1

    Agora, gostaria de falar sobre outro assunto: os planos para o próximo ano. No primeiro semestre de 2020, exatamente 200 anos terão se passado desde que Joseph Smith presenciou a manifestação divina que agora conhecemos como a Primeira Visão. Deus, o Pai, e Seu Filho Amado, Jesus Cristo, apareceram a Joseph, um jovem de 14 anos de idade. Esse evento marcou o início da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude, exatamente como foi predita na Bíblia Sagrada.2

    Houve então uma série de visitas de mensageiros celestiais, incluindo Morôni, João Batista e os apóstolos da antiguidade: Pedro, Tiago e João. Outros também o visitaram, incluindo Moisés, Elias e Elias, o profeta. Cada um deles trouxe autoridade divina para abençoar os filhos de Deus na Terra mais uma vez.

    De modo milagroso, também recebemos o Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo, que serve de companheiro à Bíblia Sagrada. As revelações publicadas em Doutrina e Convênios e na Pérola de Grande Valor também enriquecem nosso entendimento dos mandamentos e da verdade eterna de Deus.

    As chaves e os ofícios do sacerdócio foram restaurados, incluindo os ofícios de apóstolo, setenta, patriarca, sumo sacerdote, élder, bispo, sacerdote, mestre e diácono. E as mulheres que amam o Senhor servem de modo valoroso na Sociedade de Socorro, na Primária, nas Moças, na Escola Dominical e em outros chamados da Igreja — partes vitais da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude.

    Assim, o ano de 2020 será descrito como um ano bicentenário. A conferência geral no próximo mês de abril será diferente de qualquer conferência que já tivemos. Nos próximos seis meses, espero que todos os membros e todas as famílias se preparem para uma conferência singular que celebrará os fundamentos do evangelho restaurado.

    Vocês talvez desejem iniciar sua preparação lendo o relato da Primeira Visão de Joseph Smith, conforme registrado na Pérola de Grande Valor. O livro que estudaremos no ano que vem com o Vem, e Segue-Me será o Livro de Mórmon. Vocês talvez desejem ponderar sobre algumas perguntas importantes, tais como: “Como minha vida seria diferente se o conhecimento que adquiri com o Livro de Mórmon fosse retirado de mim inesperadamente?” ou “Como os eventos que sucederam à Primeira Visão fizeram diferença para mim e para meus entes queridos?” Também, com os vídeos do Livro de Mórmon agora ficando disponíveis, vocês talvez desejem incorporá-los a seu estudo individual e familiar.

    Escolham suas próprias perguntas. Façam seus próprios planos. Mergulhem na gloriosa luz da Restauração. Ao fazê-lo, a conferência geral no próximo mês de abril será não apenas memorável, mas inesquecível.

    Agora, ao encerrarmos, deixo com vocês meu amor e minha bênção, que cada um de vocês seja mais feliz e mais santificado a cada dia. Enquanto isso, saibam que a revelação continua na Igreja e que continuará sob a direção do Senhor até que “os propósitos de Deus sejam cumpridos e o grande Jeová diga que o trabalho está terminado”.3

    Eu os abençoo, reafirmando meu amor por vocês, com meu testemunho de que Deus vive! Jesus é o Cristo! Esta é Sua Igreja, e somos Seu povo. No sagrado nome de Jesus Cristo. Amém.