2000–2009
Bem-Vindos à Conferência
anterior seguinte

Bem-Vindos à Conferência

Irmãos e irmãs, tenho agora o prazer de relatar que a Igreja está indo muito bem. A obra do Senhor continua a progredir ininterruptamente.

Meus queridos irmãos e irmãs, ao abrirmos esta 179ª Conferência Geral Anual, reconhecemos com pesar a ausência do Élder Joseph B. Wirthlin, do Quórum dos Doze Apóstolos, cujo falecimento nos entristeceu. Sentimos saudades dele. Expressamos nosso amor a sua família. Não tenho nenhuma dúvida de que ele continua sua obra do outro lado do véu.

Devido ao falecimento do Élder Wirthlin, há uma vaga no Quórum dos Doze Apóstolos. Após muito jejum e oração, chamamos o Élder Neil Linden Andersen para ocupar essa vaga. Apresentamos o nome dele a vocês, hoje, para seu voto de apoio. Todos os que se sentem capazes de apoiá-lo nesse sagrado chamado queiram manifestar-se levantando a mão. Todos os que se opõem podem manifestar-se pelo mesmo sinal.

Agradecemos a todos por seu voto de apoio. O nome do Élder Andersen estará incluído na lista dos líderes da Igreja quando for lida hoje à tarde.

Élder Andersen, queremos convidá-lo a assumir seu lugar ao púlpito com os membros dos Doze. Ansiamos pela oportunidade de ouvi-lo falar na sessão de domingo da conferência.

Desde nosso último encontro, há seis meses, irmãos e irmãs, viajei à Cidade do México com o Presidente Henry B. Eyring e a esposa dele, para rededicarmos o templo lá. Aquele templo passou por profunda reforma que durou muitos meses.

Na noite anterior à rededicação, um magnífico evento cultural foi realizado no Estádio Azteca. Cerca de 87 mil espectadores comprimiram-se no estádio, enquanto um grupo de oito mil jovens encenava o programa, com 80 minutos de música, dança e história do México.

O Presidente Eyring e eu fomos presenteados cada um com um poncho e um sombrero. Caracterizado em trajes mexicanos, não resisti e, de improviso, cantei com um grupo a música “El Rancho Grande”, que eu havia aprendido na aula de espanhol do ginásio. Não vou fazer isso hoje.

Cada uma das duas sessões dedicatórias do dia seguinte foi plena do Espírito do Senhor.

Há apenas duas semanas, em 12 sessões, dedicamos o Templo de Draper, Utah, um edifício magnífico aninhado ao sopé das montanhas do sul do Vale do Lago Salgado. Havia cerca de 685.000 pessoas — membros e não membros — presentes à visitação pública. Mais de 365.000 membros assistiram às sessões dedicatórias, inclusive àquelas transmitidas por satélite para várias sedes de estaca. O Espírito do Senhor esteve presente em preciosa abundância a essa dedicação do templo.

Dentro em breve, dedicaremos o Templo Monte Oquirrh Utah e, nos próximos meses e anos, haverá muitas outras dedicações. Aguardamos essas ocasiões com entusiasmo. Há algo na dedicação de um templo que propicia uma reavaliação de nossa vida e um desejo sincero de sermos cada vez melhores.

Irmãos e irmãs, tenho agora o prazer de relatar que a Igreja está indo muito bem. A obra do Senhor continua a progredir ininterruptamente.

Temos atualmente cerca de 53.000 missionários servindo em 348 missões em todo o mundo. Levamos muito a sério o mandado do Salvador, que disse: “Portanto, ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”.1 Somos profundamente gratos pelo trabalho de nossos missionários e pelo sacrifício que eles e suas famílias fazem para servirem em uma missão.

Temos também inúmeros voluntários e missionários em atividades que não incluem proselitismo. Em geral, são pessoas maduras que doam seu tempo e talentos para ampliar a obra do Senhor e abençoar os filhos do Pai Celestial. Como somos gratos pelo valioso serviço prestado por essas pessoas!

O Fundo Perpétuo de Educação, criado em 2001, continua a crescer. Desde o seu início,, 35.600 jovens matricularam-se no programa e foram treinados para ampliar seus talentos e suas oportunidades de emprego. Até agora, 18.900 já terminaram o treinamento. Na média, com 2,7 anos de escolarização que estão agora recebendo, eles multiplicam sua renda três ou quatro vezes. Que bênção isso representa na vida deles! Esse é, de fato, um programa inspirado.

Meus irmãos e irmãs, agradeço-lhes por sua fé e devoção ao evangelho. Sou grato pelo amor e atenção que vocês demonstram uns aos outros. Agradeço-lhes pelo serviço que prestam nas alas e ramos, nas estacas e distritos. É um serviço tal que permite ao Senhor concretizar Seus propósitos aqui na Terra.

Expresso gratidão a vocês por sua gentileza comigo, onde quer que eu vá. Sou grato por suas orações em meu favor. Sinto a influência delas e sou grato a vocês por elas.

Meus irmãos e irmãs, estamos ansiosos para ouvir as mensagens que nos serão dadas nos próximos dois dias, que nos ensinarão e inspirarão a termos uma renovada determinação de viver o evangelho e de servir ao Senhor. Aqueles que nos falarão procuraram a ajuda e a orientação dos céus ao prepararem suas mensagens. Eles receberam inspiração relacionada aos assuntos que compartilharão conosco.

Àqueles que são membros mais recentes da Igreja, damos as boas-vindas. Aqueles entre nós que lutam com dificuldades, decepções ou perdas, oramos por vocês. Nosso Pai Celestial ama cada um de nós e percebe nossas necessidades. Espero que estejamos cheios do Seu Espírito enquanto ouvimos o que nos será apresentado. Esta é minha oração nesta manhã ao abrirmos esta grande conferência. Quero também expressar que lembramos com afeto do Presidente Gordon B. Hinckley, que me precedeu como Presidente da Igreja. Estou certo de que ele continua servindo bem lá do outro lado do véu. Em nome de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. Amém.

  1. Mateus 28:19.