2000–2009
Bem-Vindos à Conferência
anterior seguinte


Bem-Vindos à Conferência

Nosso Pai Celestial Se preocupa com cada um de nós e com nossas necessidades. Que tenhamos Seu Espírito ao participar desta (…) conferência.

Meus queridos irmãos e irmãs, os últimos seis meses desde nosso último encontro parecem ter voado. Muito aconteceu enquanto a obra do Senhor avançou de forma ininterrupta.

Tive o privilégio, acompanhado por meus conselheiros e por outras Autoridades Gerais, de dedicar três novos templos: em Curitiba, Brasil; na Cidade do Panamá, Panamá e em Twin Falls, Idaho — elevando para 128 o número de templos em funcionamento em todo o mundo.

Na noite anterior à dedicação de cada templo aconteceram eventos culturais magníficos. Em Curitiba, no Brasil, 4.330 membros do distrito do templo, apoiados por um coro de 1.700 vozes, apresentaram um programa extremamente inspirador que incluiu música, dança e imagens de vídeo. O enorme estádio de futebol em que se realizou o evento estava repleto de espectadores. O vento soprava e a chuva ameaçava cair. Orei em silêncio, pedindo ao Pai Celestial que olhasse com misericórdia por aqueles que tinham-se preparado tão diligentemente para nos entreter e cujos trajes e apresentações poderiam ser danificados, caso fossem atingidos por chuva ou ventos fortes. Ele honrou aquela oração, e ao final da apresentação e mais tarde, naquela noite, é que a chuva caiu em abundância.

A história da Igreja no Brasil foi retratada por meio do canto e da dança. Uma cena particularmente tocante foi a representação dos Élderes James E. Faust e William Grant Bangerter, que serviram como missionários em Curitiba em 1940. Quando suas fotos foram mostradas nos telões, a platéia aplaudiu bastante. Levando tudo em conta, foi um evento maravilhoso.

Na Cidade do Panamá, no Panamá, na noite anterior à dedicação do templo, assistimos a quase 900 de nossos jovens, reunidos de todas as partes do país. Eles estavam vestidos com trajes típicos coloridos enquanto dançavam e apresentavam mensagens sobre a família, integração e fé. Soubemos que ensaiaram durante um ano. Eles vieram de locais tão distantes quanto as Ilhas San Blas e a região de Changuinola no nordeste do Panamá. A viagem até a capital, para os jovens das Ilhas San Blas, durou três dias por terra e mar. A apresentação foi grandiosa e inspiradora.

Em preparação para a nossa mais recente dedicação, em Twin Falls, Idaho, os membros locais da Igreja construíram um palco enorme no parque de exposições de Filer, Idaho, e colocaram grama e outras decorações na arena de chão batido, incluindo uma grande queda d’água para representar a Cachoeira Shoshone, um ponto de referência popular situado a cerca de 3 km do novo templo. Na noite da apresentação, 3.200 rapazes e moças adentraram a arena sacudindo fitas brancas e azuis, transformando a arena na representação de um grande rio de água corrente. Intitulada “Água Viva”, de João 4:10, 14, a celebração reuniu a juventude de 14 estacas do distrito do novo templo. Eles descreveram, por meio da música e da dança, tanto a sua dependência da água viva do Salvador para a sua vida espiritual como a sua dependência da água dos regatos das montanhas e rios da região para a sua vida física. Os que foram privilegiados em testemunhar esse evento foram elevados e edificados.

Sou um defensor de tais eventos. Eles permitem que nossos jovens participem de algo que eles verdadeiramente acham inesquecível. As amizades que eles fazem e as lembranças de tudo estarão com eles para sempre.

O Templo da Cidade do México, México, será rededicado no mês que vem, após ampla reforma. Nos próximos meses, com o final da construção de outros templos, teremos a visitação pública e a dedicação de cada um deles.

Esta manhã, tenho o prazer de anunciar que foram adquiridos os terrenos para cinco novos templos que, nos próximos anos serão construídos nos seguintes locais: Calgary, Alberta, no Canadá; Córdoba, na Argentina; área metropolitana de Kansas City e Filadélfia, Pensilvânia, ambas nos Estados Unidos; e Roma, na Itália.

Irmãos e irmãs, nossa força missionária, servindo por todo o mundo, continua a buscar as pessoas que procuram as verdades encontradas no evangelho de Jesus Cristo. A Igreja está crescendo com constância, como acontece desde a sua organização há mais de 178 anos.

Foi meu privilégio reunir-me com líderes de países e com representantes de governos, durante os últimos seis meses. Aqueles com quem me reuni simpatizam com a Igreja e seus membros e têm sido cooperativos e solícitos. Restam ainda, entretanto, áreas do mundo onde nossa influência é limitada e onde não nos é permitido compartilhar o evangelho com liberdade. Como fez o Presidente Spencer W. Kimball há mais de 32 anos, exorto-os a orar pela abertura dessas áreas, para que possamos compartilhar com elas a alegria do evangelho. Quando oramos em resposta às súplicas do Presidente Kimball, vimos milagres ocorrerem quando nação após nação, anteriormente fechadas para a Igreja, abriram-se. O mesmo vai acontecer novamente se orarmos com fé.

Agora, meus irmãos e irmãs, estamos para ser instruídos e inspirados. Alguns de vocês são novos na Igreja. Sejam bem-vindos. Alguns de vocês debatem-se com problemas, desafios, decepções e perdas. Nós os amamos e oramos por vocês. Muitas mensagens serão compartilhadas durante os próximos dois dias. Posso assegurar-lhes que esses homens e mulheres que vão lhes dirigir a palavra, oraram sobre o que deveriam dizer. Eles foram inspirados e tocados ao buscar a ajuda e orientação dos céus.

Nosso Pai Celestial Se preocupa com cada um de nós e com nossas necessidades. Que tenhamos Seu Espírito ao participar desta 178ª Conferência Geral Semestral da Igreja. Essa é a minha oração sincera, e eu a ofereço em nome de Jesus Cristo. Amém.