1: Ensinar crianças

"1: Ensinar crianças," Parte C: Ensinar Grupos Etários Diferentes, ()


Quando o Salvador ressuscitado ministrou aos nefitas, mostrou Seu grande amor pelas criancinhas:

“Pegou as criancinhas, uma a uma, e abençoou-as e orou por elas ao Pai. (…)

E dirigindo-se à multidão, disse-lhes:

Olhai para vossas criancinhas.

E ao olharem, lançaram o olhar ao céu e viram os céus abertos e anjos descendo dos céus, como se estivessem no meio de fogo; e eles desceram e cercaram aqueles pequeninos e eles foram rodeados por fogo; e os anjos ministraram entre eles.” (3 Néfi 17:21, 23–24)

Ao referir-se a esse episódio, o Élder M. Russell Ballard disse: “Torna-se evidente que aqueles de nós a quem foram confiadas crianças preciosas receberam uma responsabilidade nobre e sagrada, pois foi a nós que Deus designou atualmente para envolver os pequeninos com amor, o ardor da fé e a compreensão de quem são”. (“Great Shall Be the Peace of Thy Children”, Ensign, abril de 1994, p. 60) O exemplo do Salvador é o modelo que devemos seguir ao ensinar e influenciar as crianças, bem como cuidar delas.

É uma responsabilidade sagrada ensinar às crianças o evangelho de Jesus Cristo e ajudá-las a aprender a vivê-lo. Ensine-lhes doutrinas verdadeiras, como o profeta Néfi, que declarou: “Falamos de Cristo, regozijamo-nos em Cristo, pregamos a Cristo, profetizamos de Cristo e escrevemos de acordo com nossas profecias, para que nossos filhos saibam em que fonte procurar a remissão de seus pecados”. (2 Néfi 25:26)

Você receberá bênçãos especiais ao ensinar as crianças. Elas trarão alegria a sua alma e o motivarão a ser um bom exemplo. Ao reconhecer a fidelidade, o amor, a confiança e a esperança das crianças, você se aproximará do Senhor e compreenderá melhor o mandamento Dele de “[nos fazermos] como meninos”. (Mateus 18:3) Com o Espírito para guiá-lo, você conseguirá amar e ensinar as crianças de forma cristã. Poderá ajudar cada uma delas a desfrutar a paz prometida aos que seguem ao Salvador: “Todos os teus filhos serão instruídos pelo Senhor; e a paz de teus filhos será abundante”. (3 Néfi 22:13)

Diretrizes para Compreender e Ensinar as Crianças

As informações a seguir poderão ajudá-lo a entender melhor as características das crianças a quem você ensina. (Ver também “Características Etárias das Crianças”, nas páginas 110–116, e, se der aula na Primária, as páginas introdutórias de seu manual do professor da Primária.)

As crianças são propensas a crer. Elas acreditam no que você diz. São receptivas à verdade. Você tem a obrigação de ensinarlhes doutrinas corretas de forma simples e clara, usando uma linguagem e exemplos que elas consigam compreender.

As crianças são capazes de reconhecer a influência do Espírito. Ensine-lhes que as sensações cálidas de amor e paz que tiverem ao falarem ou cantarem a respeito de Jesus Cristo e Seu evangelho provêm do Espírito Santo. Ajude-as a entender que esses sentimentos são parte do testemunho.

As crianças interpretam as coisas literalmente. Tudo é real para elas. Se você utilizar metáforas complexas para ensinar princípios sagrados do evangelho, pode ser que elas fiquem confusas. Ajude-as a aprender o evangelho valendo-se de locais e atividades conhecidos para elas: o lar, a família e o mundo a sua volta. Certifique-se de que não interpretem erroneamente o que você ensinar.

As crianças são curiosas e ávidas pelo aprendizado. Elas gostam de aprender por meio de experiências variadas e novas. Têm a necessidade de movimentar-se, usar todos os sentidos, explorar e experimentar coisas novas. As crianças mais velhas apreciam o desafio de responder a perguntas e resolver problemas. As crianças de sua classe ficarão mais atentas e entusiasmadas com o aprendizado se você utilizar atividades e métodos didáticos variados para transmitir os princípios do evangelho. (Ver “Ensinar de Forma Variada”, nas páginas 89–90.)

As crianças são carinhosas e querem sentirse amadas e aceitas. Busque oportunidades de realçar o comportamento bondoso e afável que é tão peculiar às crianças. Como elas querem agradá-lo e gostam de auxiliar as pessoas, dê-lhes a oportunidade de servir. Peça-lhes que o ajudem a carregar seus livros, que segurem gravuras ou respondam a perguntas. Incentive-os a auxiliarem-se mutuamente. Demonstre seu amor por elas. Fortaleça-lhes a autoconfiança expressando sua gratidão pelos esforços delas sempre que possível. Ouça com atenção ao que elas tiverem a dizer.

As crianças estão começando a preparar-se para o futuro. Embora a idade adulta pareça algo muito distante para as crianças, elas estão começando a preparar-se agora para suas futuras responsabilidades na família, na Igreja e no trabalho. Você pode ajudá-las a ver como suas experiências atuais estão servindo-lhes de preparação. Você pode, por exemplo, dizer: “Bárbara, vi quando você ajudou a Júlia a encontrar aquela escritura. Você foi muito paciente e gentil. Um dia, quando for mãe, tenho certeza de que vai ensinar muitas coisas maravilhosas para seus filhos”. Ou você pode dizer: “Mateus, você um dia vai ser um excelente missionário por ter aprendido a estabelecer e alcançar metas. Sinto muito orgulho de você!”

As crianças seguirão seu exemplo. Você sempre está ensinando, mesmo quando não se der conta disso. Em geral, você ensina mais por meio de sua atitude e exemplo do que por suas palavras. As crianças perceberão, por exemplo, se você trata as escrituras com respeito. Elas observam como você fala sobre o Pai Celestial e Jesus Cristo. Estão atentas à sua maneira de viver os princípios que ensina. Seu exemplo de retidão as ajudará a aprofundar o amor e respeito pelo Pai Celestial e Seu Filho.

As crianças pequenas não conseguem concentrar-se nem ficar sentadas por muito tempo. Não espere demais delas. Reconheça que a dificuldade de concentração pode indicar que elas estão cansadas ou com fome, que não entenderam algo que foi dito, que precisam movimentar-se ou que estão entediadas. A melhor forma de prender sua atenção e ajudá-las a aprender é incentivá-las a participar das aulas. Como têm muita energia, planeje formas de permitir que elas se mexam ou que vejam, ouçam, cheirem ou toquem algo durante a aula. Elas gostam de aprender por meio da repetição, de histórias simples, canções e atividades.

Fortalecer as Famílias

Se for professor ou líder, você pode ajudar os pais em seu empenho para ensinar o evangelho aos filhos. Informe aos pais o que você está ensinando na classe para que eles ressaltem esses princípios do evangelho no lar. (Ver “Oportunidades Regulares de Ensino no Lar”, nas páginas 137–139.) Incentive as crianças a contar à família o que estão aprendendo. Nas noites familiares, elas podem mostrar músicas, escrituras, jogos e princípios que estejam aprendendo nas aulas ou atividades da Primária. Às vezes, envie para a casa dos alunos informativos sobre as aulas ou atividades de que eles tenham participado a fim de ajudar a reforçar seu aprendizado. Comunique também os pais quando um filho tiver dado uma colaboração especial ou recebido a designação de orar ou fazer um discurso. Você pode convidar os pais para contar experiências ou prestar testemunho durante uma aula.

Lembre-se de que quando você ajuda as crianças a adquirir um testemunho e a viver o evangelho, elas podem influenciar a família para o bem. Ao ensinar-lhes o evangelho e ajudá-las a aprender a vivê-lo, você contribui para o fortalecimento da família delas.