Lição 44

Malaquias Ensina sobre os Dízimos e Ofertas

Primária 6: Velho Testamento


Propósito

Fortalecer, nas crianças, a determinação de pagar o dízimo honestamente.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude:

  2. Leitura Adicional:

  3. Estude a lição e decida como pretende ensinar às crianças as histórias das escrituras. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que mais ajudem as crianças a alcançarem o propósito da aula.

  4. Faça ou copie o desenho de um cadeado e de uma chave. Cole a figura do cadeado na tampa de uma caixinha. Dentro da caixa, coloque papéis com estas referências de escritura: Malaquias 3:10; Doutrina e Convênios 64:23–24 e I Coríntios 2:9. Antes do início da aula, esconda a figura da chave em algum lugar da sala.

    Line art
  5. Material necessário:

    1. Uma Bíblia para cada criança.

    2. A ilustração “O que É Feito com os Dízimos e as Ofertas” (que está no final da lição).

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Mostre a caixa com o cadeado às crianças e diga-lhes que dentro dela há algo importante. Diga que a chave da caixa está escondida na sala. Peça às crianças que procurem a chave, em silêncio. Quem encontrá-la deve ler em voz alta a palavra escrita nela. Explique-lhes que as escrituras dizem que se obedecermos à lei do dízimo, receberemos grandes bênçãos. Coloque a chave ao lado da caixa e diga que mais tarde você usará a chave para abrir a caixa e descobrir que bênçãos receberemos se pagarmos o dízimo e as ofertas fielmente.

História das Escrituras

Ensine as crianças a respeito do dízimo, de acordo com as escrituras relacionadas na seção “Preparação”. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Durante o debate, ajude as crianças a compreenderem que a lei do dízimo já havia sido ensinada ao povo de Israel há muitos anos. (Ver Gênesis 14:20 e Alma 13:15.) Eles pagavam o dízimo com um décimo de suas colheitas ou rebanhos, mas estavam começando a dar animais cegos ou doentes e pão estragado como dízimo. O Senhor não gostou de como eles estavam pagando o dízimo e fazendo ofertas e por isso enviou o profeta Malaquias para ensiná-los.

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escrituras. Use as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler e discutir as escrituras durante a aula irá ajudá-las a chegar a seus próprios pontos de vista a respeito do assunto.

• O que Malaquias disse que o Senhor faria se o povo tornasse para Ele? (Malaquias 3:7) Debata a frase: “(…) tornai-vos para Mim, e Eu Me tornarei para vós”. (Malaquias 3:7) O que o Senhor mandou o povo fazer para arrepender-se e voltar-se para Ele. (Malaquias 3:8–10) Como o Senhor “torna para [nós]” quando nos arrependemos do que fizemos de errado?

• Segundo as palavras do Senhor, como o povo O roubava? (Malaquias 3:8–9) Por que não pagar o dízimo ou pagar de má vontade é roubar ao Senhor? Quanto, de tudo o que temos, nos foi dado pelo Senhor? Das coisas que temos, quanto é pedido que devolvamos ao Senhor? (D&C 119:3–4) Durante o debate, saliente o fato de que tudo o que temos e desfrutamos provém do Pai Celestial e de Jesus Cristo. Diga que apesar de haver pessoas que fazem nossas roupas, constroem nossas casas e embalam nossa comida, todas essas coisas vêm dos animais, plantas e minerais que foram colocados na Terra durante a Criação. Ajude as crianças a compreender que devolver ao Senhor um décimo do que temos não é muito.

• Em que o dinheiro do dízimo é usado? (Mostre a ilustração do final da lição e faça um debate sobre ela.) Como esse dinheiro é uma bênção em nossa vida? Em que o dinheiro das ofertas é usado? (Para prover os pobres e os necessitados de comida, roupas e abrigo.) Que outras ofertas podemos fazer ao Senhor? (Podemos contribuir para o fundo missionário da ala ou geral, para o fundo do Livro de Mórmon e, se houver um templo sendo construído na região em que moramos, podemos contribuir para sua construção, podemos contribuir com nosso tempo para servir a pessoas que moram em nossa vizinhança, etc.)

Pegue a chave e finja que está abrindo a caixa. Chame três crianças para pegarem um papel da caixa. Enquanto elas procuram as referências, diga que essas escrituras falam das bênçãos que nos são prometidas se dermos as ofertas e pagarmos o dízimo honestamente.

Malaquias 3:10–12

• O que vocês acham que a promessa do Senhor de que Ele abrirá “(…) as janelas do céu, e [derramará] sobre [nós] uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes” significa? Que bênçãos nos são prometidas? (Malaquias 3:11–12. Explique-lhes que o devorador é uma referência a Satanás.) De que forma pagar o dízimo pode proteger-nos contra o poder de Satanás? (Ajude as crianças a compreenderem que quando fazemos sacrifícios pelo Senhor, nos aproximamos mais Dele e, por isso, somos menos influenciados pelo poder de Satanás.)

Doutrina e Convênios 64:23–24

• Falando dos últimos dias, o que o Senhor promete a quem pagar o dízimo e as ofertas fielmente?

I Coríntios 2:9

• Por que demonstramos amor ao Senhor quando pagamos o dízimo? Em sua opinião, por que há bênçãos que nem podemos imaginar entre aquelas que o Senhor reservou para quem for fiel? Quando receberemos essas bênçãos? O que devemos fazer quando pensamos que não estamos sendo abençoados? (Ajude as crianças a entenderem que freqüentemente recebemos bênçãos de um modo que não esperamos e que nem sempre reconhecemos com facilidade. Às vezes precisamos continuar tendo fé e esperando até que chegue a época de sermos abençoados ou até conseguirmos reconhecer as bênçãos que recebemos.)

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. Dê papeletas de pagamento de dízimo e ofertas para todas as crianças. Dê somas diferentes em dinheiro de brincadeira para cada criança e peça-lhes que preencham o recibo do dízimo de acordo com a quantia que receberam. (Pode ser que algumas crianças precisem de ajuda para descobrir quanto é dez por cento do que receberam.) Debata o que é a oferta de jejum e como a Igreja usa esse dinheiro para ajudar os membros dignos que estão necessitados. Debata o que é feito com o dinheiro do fundo missionário e fale das ofertas que podem ser incluídas na categoria “outros”. Depois de preencher todos os devidos campos da papeleta de dízimo, fale um pouco sobre o que é feito com o dinheiro depois que as pessoas entregam suas doações ao bispo. (Ver a ilustração no final da lição para encontrar idéias de coisas em que o dinheiro do dízimo é usado e de outras ofertas que podemos fazer.)

  2. Leia II Coríntios 9:6–7 e faça um debate sobre como essa escritura está relacionada ao modo de pagarmos o dízimo e as ofertas. Peça às crianças que sorriam nas frases que falam de alguém que dá com alegria e façam uma careta nas que falam de alguém que dá com tristeza:

    1. Sinto-me bem quando pago o dízimo honestamente.

    2. Eu sei que se não pagar o dízimo meus pais ficarão zangados comigo.

    3. Tenho a bênção de não me faltar alimento, por isso jejuo de boa vontade. Sei que o dinheiro que meus pais dão como oferta de jejum é usado para ajudar os pobres. Desejo que todos tenham alimento suficiente.

    4. Quantos brinquedos eu não poderia comprar com o dinheiro do dízimo!

    5. O Senhor deu-me tantas bênçãos que eu quero pagar o dízimo honestamente para demonstrar gratidão.

    6. Se o Senhor ordenou que déssemos 10 por cento do que temos como dízimo, por que Ele quer que façamos outras doações? O dízimo deveria ser o suficiente.

    7. O Senhor deseja que o evangelho seja pregado a todas as pessoas da Terra e eu quero fazer minha parte para ajudar os missionários a pregar o evangelho.

  3. Faça um orçamento simples, como o deste exemplo, no quadro-negro:

    Renda:

    R$ 10,00

    Poupança:

    2,50

    Doces:

    0,50

    Presente de aniversário da minha mãe:

    5,00

    Diversões:

    2,00

    Dízimo:

    1,00

    Ofertas:

    0,50

    Total:

    R$ 11,50

    Pergunte às crianças o que há de errado com esse orçamento. Diga que se deixarmos o dízimo e as ofertas por último, pode ser que não tenhamos dinheiro para pagá-los. Ajude-as a compreenderem que a primeira coisa que devem fazer quando receberem é pagar o dízimo e as ofertas. Então terão o Senhor como um sócio que os ajudará a ter dinheiro para o que precisam, se elas usarem o dinheiro sabiamente. Faça um debate sobre como o orçamento poderia ser adaptado para que houvesse dinheiro suficiente para pagar o dízimo e as ofertas.

  4. O Élder Dallin H. Oaks contou esta história:

    “Durante a Segunda Guerra mundial, minha mãe, que era viúva, sustentou os três filhos com um magro salário de professora primária. Quando percebi que tínhamos de passar sem algumas coisas que desejávamos por falta de dinheiro, perguntei a minha mãe por que ela dava uma parte tão grande de seu salário como dízimo. Nunca esqueci sua explicação: ‘Dallin, pode haver pessoas que consigam progredir ser pagar o dízimo, mas nós não o conseguiríamos. O Senhor optou por levar seu pai e deixar-me aqui para criálos. Não consigo fazê-lo sem as bênçãos do Senhor e obtenho essas bênçãos pagando o dízimo honestamente. Quando pago meu dízimo, tenho a promessa de que o Senhor nos abençoará e precisamos dessas bênçãos para progredir’ “. (A Liahona, julho de 1994, p. 38.)

  5. Cante ou leia “Pago o Dízimo” (Cante Comigo, B–44) ou “Eu quero dar o dízimo” (Cante Comigo, B–47).

    Pago o Dízimo

    Meu Pai Celeste dá-me de graça coisas mil O Sol que brilha, a chuva fria, o pássaro gentil. Por isso não esqueço de sempre devolver Um décimo do que ganhar e assim Lhe agradecer. Eu Quero Dar o Dízimo Eu quero dar o dízimo de tudo que ganhar Assim, amor vou demonstrar e Deus vai se alegrar. O dízimo é o meio, eu sei, de mostrar gratidão Pois tudo que desfruto aqui vem da divina mão.

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho sobre a importância de pagarmos o dízimo e as ofertas. Se desejar, fale de uma ocasião em que tenha sido abençoado devido à obediência a esse mandamento. Desafie as crianças a exercerem fé e pagarem o dízimo e as ofertas.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversar com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou ler a “Designação de Leitura Sugerida” em família.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, Malaquias 3:8–12 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração.