Lição 33

Elias Usa o Sacerdócio

Primária 6: Velho Testamento


Propósito

Ajudar as crianças a compreenderem melhor como o sacerdócio pode abençoálas na vida.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude:

  2. Estude a lição e decida como pretende ensinar às crianças as histórias das escrituras. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que mais ajudem as crianças a alcançarem o propósito da aula.

  3. Material necessário:

    1. Uma Bíblia para cada criança.

    2. Um ímã e alguns objetos de metal, ou um balão inflado ou um pente e papel picado em pedacinhos. (Ver atividade motivadora.)

    3. Gravura 6–39: Elias é Alimentado por Corvos.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Peça às crianças que usem o ímã para atrair os objetos de metal (ou que esfreguem o balão inflado com um pano e depois façam-no ficar aderido à parede ou à camisa de uma das crianças, ou então peça a uma criança que passe o pente no cabelo várias vezes e depois mostre-lhes como o pente atrai os pedacinhos de papel). Pergunte por que o ímã atrai o metal (ou por que o balão aderiu-se à parede ou por que o pente atraiu os papeizinhos). Expliquelhes que o poder de atração que o ímã exerce sobre o metal é chamado de magnetismo. O poder de atração que manteve o balão colado à parede e que fez com que os pedacinhos de papel ficassem colados ao pente chama-se eletricidade. Em todos esses casos, o poder de atração é invisível, mas podemos ver seu efeito.

Diga às crianças que o poder de Deus também é invisível, mas freqüentemente vemos seus efeitos. Acrescente que esta lição fala de um profeta de Deus e de como ele usou o maior poder que há na Terra: o sacerdócio de Deus.

História das Escrituras

Ensine às crianças a história dos milagres que Elias realizou por meio do poder do sacerdócio de acordo com as escrituras relacionadas na seção “Preparação”. Use a gravura quando for oportuno. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escrituras. Use as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler e discutir as escrituras durante a aula irá ajudá-las a chegar a seus próprios pontos de vista a respeito do assunto.

• Quem foi Acabe? (I Reis 16:29–30; Ele foi um dos reis mais perversos e poderosos do reino do norte de Israel.) Quem foi Jezabel? (I Reis 16:31; foi a mulher de Acabe. Eles introduziram, em Israel, o culto a ídolos por meio do culto a Baal, um falso deus, e tentaram banir o culto a Deus.) (Ver “Acabe” e “Jezabel” no Guia para Estudo das Escrituras, pp. 9, 112.) Elias foi um profeta que viveu na época em que Acabe e Jezabel governavam o reino do norte de Israel. (Ver “Elias, o Profeta” no Guia para Estudo das Escrituras, p. 64.)

• O que Elias fez para tentar levar Acabe a arrepender-se de sua iniqüidade? (I Reis 17:1) Que poder Elias usou para selar o céu de modo que não chovesse? Diga que a seca que Elias decretou por meio do poder do sacerdócio durou três anos e meio. O que aconteceria se deixasse de chover e cair orvalho durante três anos?

• Como o Senhor cuidou de Elias quando a seca começou? (I Reis 17:2–6) Quem foi preparado para ajudar Elias depois que o riacho secasse? (I Reis 17:8–9) Como o Senhor costuma ajudar a quem precisa? Diga que freqüentemente Ele nos ajuda por intermédio de outras pessoas. De que forma o Senhor poderia nos usar como instrumentos para ajudar os outros? Explique às crianças que se estivermos em sintonia com o Espírito, o Senhor irá indicar-nos o que gostaria que fizéssemos.

• O que vocês acham que a viúva sentiu quando Elias pediu-lhe que, da pouca farinha e óleo que lhe restava para alimentar a família, ela fizesse primeiro um “bolo” para ele e depois outro para si mesma e para o filho? (I Reis 17:12–13) O que Elias prometeu à viúva? (I Reis 17:14) De que forma a viúva demonstrou que tinha fé no Senhor e confiava em Elias? (I Reis 17:15) De que forma podemos desenvolver suficiente fé no Senhor Jesus Cristo que é necessária para atendermos às palavras do profeta e as inspirações do Espírito?

• O que aconteceu com a panela de farinha e a botija de óleo enquanto durou a seca? (I Reis 17:16) Quem a viúva alimentou com a comida que lhe foi fornecida milagrosamente? (I Reis 17:15)

• O que Elias fez quando o filho da viúva ficou doente e morreu? (I Reis 17:19–22) Por meio de que poder Elias trouxe o filho da viúva de volta à vida? O que vocês acham que a viúva sentiu quando Elias devolveu-lhe o filho? De que forma esse milagre fortaleceu o testemunho da viúva? (I Reis 17:24) Como as bênçãos do sacerdócio fortalecem nosso testemunho? Diga que não é presenciando milagres que ganhamos um testemunho, mas quando isso acontece o testemunho que temos é fortalecido.

• Como o poder do sacerdócio abençoou sua vida? (Ver atividade complementar 1.)

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. Prepare vários papéis e escreva em cada um uma bênção do sacerdócio que podemos receber. Por exemplo:

    • Bênção de crianças

    • Batismo

    • Imposição das mãos para o dom do Espírito Santo

    • Sacramento

    • Bênçãos de saúde

    • Bênção paterna

    • Ordenação ao sacerdócio

    • Ser designado missionário ou para outros cargos

    • Ordenanças do Templo

    Coloque os papéis sobre a mesa ou no chão, com a parte escrita virada para baixo. Peça às crianças que se revezem usando o ímã ou o pente da atividade motivadora para pegar os papéis (se for usar o ímã, prenda um alfinete de costura em cada papel) e depois leiam o papel que pegaram em voz alta. Debata com elas como essas ordenanças do sacerdócio as abençoam. À medida que as ordenanças forem debatidas, peça às crianças que contem alguma experiência que tiveram ou que outra pessoa teve em relação à ordenança de que estiverem falando. Se desejar, conte suas próprias experiências.

  2. Peça às crianças que citem o nome de irmãos da Igreja que elas conheçam e que sejam portadores do sacerdócio. Copie o caça-palavras no quadro-negro ou faça cópias para todas as crianças. Peça às crianças que descubram e circulem estes títulos:

    Line art

    Faça um debate com as crianças a respeito de como essas pessoas podem usar o sacerdócio para abençoá-las.

3. Conte esta história:

O Élder Hugh B. Brown foi oficial do exército canadense antes de tornar-se membro da Primeira Presidência. Por ser um oficial do rei, ele tinha grande poder. Outros militares colocavam-se em posição de sentido em sua presença, chamavam-no de “senhor” e pediam-lhe favores freqüentemente.

Um dia, o Irmão Brown recebeu um recado dizendo que estava sendo chamado no hospital. A primeira coisa que pensou foi que um soldado estivesse precisando de sua ajuda como oficial. No hospital ficou orgulhoso ao ver o respeito com que era tratado pelos médicos e enfermeiras. Então alguém levou-o a um quartinho em que um rapaz estava deitado, doente. O Irmão Brown lembrou-se de que havia sido professor da Escola dominical daquele rapaz.

“Irmão Brown”, disse o rapaz, “O senhor usaria sua autoridade em meu favor? Os médicos dizem que não vou sobreviver. O senhor me daria uma bênção?

O Irmão Brown disse ter sentido como se o uniforme se derretesse e todo o orgulho que sentia por usar um uniforme de oficial do rei desapareceu. Ele impôs as mãos sobre a cabeça do rapaz e deu-lhe uma bênção. A ajuda que o rapaz precisava não era a da autoridade de um oficial do exército do rei, mas da autoridade do sacerdócio. O Irmão Brown disse: “Quando entrei no hospital, era um orgulhoso oficial britânico e quando saí, era um humilde élder mórmon. Depois disso, sempre tenho tentado lembrar-me de que há um poder e autoridade dado ao homem, não pelo rei ou presidente, mas pelo Rei dos Reis.” [Adaptado de Hugh B. Brown, Be What You Will to Be (Seja O Que Deseja Ser) Brigham Young University Speeches os the Year, 14 de fevereiro de 1967, pp. 8–9.]

4. Recapitule a quinta regra de fé com as crianças. Faça um debate sobre como somos abençoados por termos líderes e parentes que são portadores do sacerdócio.

5. Cante ou leia “O Sacerdócio Está Restaurado” (Músicas para Crianças, p. 60).

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho de que o sacerdócio de Deus é o maior poder que há na Terra e pode abençoá-las de muitas formas na vida. Se quiser conte uma experiência em que tenha sido abençoado pelo sacerdócio. Incentive os meninos da classe a prepararem-se para receber o Sacerdócio Aarônico.

Sugestão de Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversar com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou ler a “Designação de Leitura Sugerida” em família.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, I Reis 17 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração.