Lição 27

Samuel, o Profeta Menino

Primária 6: Velho Testamento


Propósito

Incentivar as crianças a darem ouvidos aos sussurros do Espírito Santo.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude:

    • I Samuel 1:1–5, 9–11—Ana e Elcana não tinham filhos. Ana ora pedindo um filho e promete consagrá-lo ao Senhor.

    • I Samuel 1:17–28—Eli diz a Ana que sua oração seria respondida. Nasce Samuel e Ana cumpre a promessa de levá-lo ao templo.

    • I Samuel 2:18–21, 26—Samuel, ainda menino, ministrava no templo. Eli abençoa os pais de Samuel por deixarem-no servir ao Senhor.

    • I Samuel 3:1–10, 19–20—O Senhor chama o menino Samuel.

    • Apocalipse 3:20—Cristo está à porta, mas precisamos escutar Sua voz.

    • Amós 3:7—O Senhor fala aos membros da Igreja por meio dos profetas.

  2. Leitura adicional:

  3. Estude a lição e decida como pretende ensinar às crianças as histórias das escrituras. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que mais ajudem as crianças a alcançarem o propósito da aula.

  4. Material necessário:

    1. Uma Bíblia para cada criança.

    2. Um Livro de Mórmon e uma Doutrina e Convênios.

    3. Gravuras 6–34: Ana Apresenta Samuel a Eli no Templo; gravura 6–35: O Menino Samuel É Chamado pelo Senhor [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 111]; gravura 6–36: [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 237].

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Depois que as crianças tiverem entrado na sala, escolha uma para sair e bater à porta. Peça à outra criança que abra a porta. Depois que a criança que estava fora entrar, mostre a gravura Jesus Bate à Porta. Leia e debata Apocalipse 3:20. Deixe as crianças discutirem o motivo de o artista ter pintado a porta sem maçaneta. (Jesus está pronto a ajudar-nos, mas precisamos abrir a porta para convidá-Lo a entrar.) Se escutarmos o Espírito Santo, receberemos orientação do Pai Celestial e de Jesus Cristo. Diga à classe que esta lição fala de um menino que ouviu a voz do Senhor, escutou e obedeceu.

História das Escrituras

Ensine às crianças a história do nascimento e da infância de Samuel, de acordo com as escrituras relacionadas na seção “Preparação”. Use as gravuras quando for oportuno. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escrituras. Use as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler e discutir as escrituras durante a aula irá ajudá-las a chegar a seus próprios pontos de vista a respeito do assunto.

• Ana e o marido, Elcana, viajavam todos os anos para ir ao templo oferecer sacrifícios ao Senhor. No templo, Ana chorou e orou fervorosamente pedindo um filho, pois não tinha nenhum. O que ela prometeu, em oração, ao Senhor? (I Samuel 1:11) Quando ela deixou o templo, depois de ter orado pedindo um filho, como Eli a consolou? (I Samuel 1:17–18) O que Ana fez para cumprir o que prometera ao Senhor? (I Samuel 1:24–28) Por que é importante cumprirmos as promessas que fazemos?

• O que Ana levava para Samuel, todos os anos, quando ia ao templo com Elcana? (I Samuel 2:19) Que bênçãos ela recebeu depois de ter levado Samuel para ser criado no templo e servir ao Senhor? (I Samuel 2:20–21)

• Quem falou com Samuel durante a noite? (I Samuel 3:4) A princípio, quem Samuel pensou que o estava chamando? (I Samuel 3:5–6, 8) Como ele ficou sabendo que era o Senhor quem o estava chamando? (I Samuel 3:8–9)

• De que forma recebemos inspiração do Senhor? (Por meio do Espírito Santo, das escrituras e das palavras dos líderes da Igreja.) Quem nos ajuda a reconhecer o que o Senhor quer que façamos? (O Espírito Santo, nossos pais, professores e líderes da Igreja.) O que podemos fazer a fim de nos prepararmos para receber e compreender a influência do Espírito Santo? [Manter-nos puros em pensamentos e ações, guardar os mandamentos, pedir ao Pai Celestial que nos conceda a influência do Espírito Santo e passar algum tempo, depois de orar pedindo orientação, atentos para escutar o Espírito. (Ver atividade complementar 3.)

• Quando o Senhor tem uma mensagem para toda a Igreja, como ele a transmite? (Amós 3:7) Por que vocês acham que o Senhor falou com Samuel, que ainda era criança? (I Samuel 3:1) O Élder Harold B. Lee explicou que naquela época “não havia um profeta na Terra, por meio de quem o Senhor pudesse revelar Sua vontade”. [“But Arise and Stand upon Thy Feet—And I Will Speak with Thee” (Levanta-te e Fique de Pé, e Eu Falarei Contigo), Brigham Young University Speeches of the Year (Discursos do Ano da Universidade Brigham Young), fevereiro de 1956, p. 2.] Como não havia nenhum profeta em Israel, o Senhor preparou Samuel desde a infância para ser Seu profeta.

• Quem mais foi chamado ainda muito jovem para ser profeta de Deus? [Mórmon (ver Mórmon 1:2–5) e o Profeta Joseph Smith.]

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. Conte uma ocasião em que uma criança (pode ser você ou um conhecido seu) escutou e deu ouvidos à inspiração do Espírito Santo. Se desejar, conte esta história, que é verídica:

    Um menino estava correndo de bicicleta para fazer umas entregas. De repente, teve a forte impressão de que devia parar e parou imediatamente.

    Enquanto ele estava parado à beira da estrada com a bicicleta, no cruzamento à frente, um carro ultrapassou o sinal vermelho passando pelo exato lugar em que o menino estaria se não tivesse obedecido à inspiração.

    Peça às crianças que falem de ocasiões em que elas, ou algum parente, foram orientadas, alertadas ou confortadas pelo Espírito Santo. Explique-lhes que não é preciso que ouçamos uma voz de verdade, mas que tenhamos um sentimento intenso a respeito de algo. Quando isso acontecer, o que devemos fazer?

  2. Pergunte às crianças: Quando temos uma impressão ou um pensamento vem a nossa mente, como podemos saber se veio de Deus? Escreva Vem de Deus e Não Vem de Deus no quadro-negro ou num papel grande. Depois acrescente Morôni 7:13, 16–17 e Doutrina e Convênios 6:23; 9:8–9. Leia e debata essas escrituras com as crianças e escreva as idéias delas sob o título correto.

    Vem de Deus

    Não vem de Deus

    Um sentimento caloroso

    Confusão

    Desejo de fazer o bem

    Desejo de fazer o que é errado

    Desejo de amar e servir a Deus

    Não desejar seguir Jesus

    Paz mental

    Duvidar de Jesus Cristo

  3. Escolha uma criança para representar o menino Samuel no templo, outra para fazer o papel de Eli e uma terceira para fazer a voz do Senhor. (Escolha com cuidado a criança que for representar o Senhor e certifique-se de que ela dirá apenas as palavras que estão nas escrituras.) Peça às crianças que representem a história de quando Samuel ouviu a voz do Senhor. (Ver I Samuel 3:1–10.) Outras crianças poderiam revezar-se na leitura dos versículos ou na direção da encenação.

  4. Cante ou Leia “A Terna Voz” [Cante Comigo, B–92] Com sua terna voz o Espírito me fala, guiando, salvando do perigo e do mal Se eu tentar fazer o bem Sua orientação terei a guiar-me, a guardar-me E a banhar a alma em luz Ouça, ouça o Espírito sussurra. Ouça, ouça a terna voz.

  5. Mostre a gravura “Jesus Bate à Porta”. Cante ou leia “ Buscarei Cedo ao Senhor” (Músicas para Crianças, p. 67). Peça aos membros da classe que enumerem as maneiras de buscar ao Senhor que são citadas na canção (estudar as escrituras, orar, ouvir aos profetas, obedecer os mandamentos). Diga às crianças que quando fazem essas coisas convidam Jesus a entrar em sua vida. Peça-lhes que cantem com você.

Conclusão

Testemunho

Fale de alguma ocasião em que tenha sentido o amor do Salvador ou dado ouvidos aos sussurros do Espírito Santo. Testifique-lhes que Jesus Cristo é nosso Salvador e guia, e que se vivermos em retidão ouviremos Sua voz por meio do poder do Espírito Santo.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversarem com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou ler a “Designação de Leitura Sugerida” em família.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, I Samuel 3:1–10, 19–20 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração.