Lição 25

Sansão

Primária 6: Velho Testamento


Propósito

Ensinar às crianças que se guardarmos os convênios, desenvolveremos força espiritual.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude:

  2. Estude a lição e decida como pretende ensinar às crianças as histórias das escrituras. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que mais ajudem as crianças a alcançarem o propósito da aula.

  3. Material necessário:

    1. Uma Bíblia para cada criança.

    2. Uma vara comprida. (Opcional)

    3. Gravura 6–32: Sansão Derruba os Pilares.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Peça a um voluntário para contrair os músculos do braço para toda a classe ver.

Peça à classe que tente sentir os próprios músculos. Se quiser deixe duas crianças disputarem um queda-de-braço ou brincarem de puxar o bastão (essa era uma brincadeira que Joseph Smith gostava). Na brincadeira de puxar o bastão, dois meninos sentam-se no chão, de frente um para o outro, com as pernas para frente, os joelhos dobrados e com as plantas dos pés de um menino apoiada na do outro. Cada menino deve segurar firme em uma ponta do bastão e tentar puxar o outro, fazendo-o ficar de pé.

• Como os músculos nos ajudam? Discuta o que acontece quando exercitamos os músculos e o que acontece quando não os usamos. Ajude as crianças a perceberem que o exercício nos ajuda a desenvolver músculos fortes.

• Explique-lhes que nosso espírito também precisa fortalecer-se. Como podemos nos fortalecer espiritualmente? (Guardando os convênios batismais, obedecendo aos pais, orando, freqüentando a igreja, lendo as escrituras, etc.)

• Por que é importante que nos tornemos espiritualmente fortes? (Para conseguirmos evitar as tentações, deixarmos o Espírito Santo guiar-nos quando tomamos decisões e para discernirmos o bem do mal.)

Ajude as crianças a entenderem que assim como precisamos desenvolver a força física, precisamos desenvolver a espiritual.

História das Escrituras

Ensine às crianças a história de Sansão de acordo com as escrituras relacionadas na seção “Preparação”. Use a gravura quando for oportuno. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Seguem-se orientações e informações para serem usadas no debate sobre Sansão:

  • Sansão foi chamado pelo Senhor para ajudar a libertar os israelitas dos filisteus.

  • Para cumprir sua missão, Sansão precisaria de grande força física. O Senhor fez um convênio com Sansão de dar-lhe força física enquanto ele fosse obediente ao Senhor. O cabelo comprido de Sansão era o sinal desse convênio. (Ver Juízes 13:5.)

  • Em vez de discutir os detalhes da vida íntima de Sansão, dê ênfase às ocasiões em que lhe foi permitido usar a força contra os filisteus.

  • Sansão serviu como juiz em Israel por vinte anos.

  • Enquanto guardou seus convênios, Sansão foi abençoado com a capacidade de ajudar seu povo. Depois de quebrar os convênios, perdeu tanto a força espiritual quanto a física.

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escrituras. Use as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler e discutir as escrituras durante a aula irá ajudá-las a chegar a seus próprios pontos de vista a respeito do assunto.

• Por que os filisteus conseguiram derrotar os filhos de Israel? (Juízes 13:1; saliente que os israelitas tinham-se tornado espiritualmente fracos.)

• Que mensagem o anjo do Senhor deu à mulher de Manoá? (Juízes 13:3–5) O anjo disse que o filho dela seria chamado para quê? Explique-lhes que os nazireus faziam o convênio de apartarem-se das coisas do mundo e santificarem-se ao Senhor. Como parte do convênio os nazireus faziam um voto de não tomar bebida alcoólica nem cortar o cabelo. (Ver Números 6:2–6, 8.)

• O que Manoá fez, ao ficar sabendo o que o anjo dissera a sua mulher, que mostrou que ele tinha força espiritual? (Juízes 13:8) De que forma a oração pode nos ajudar a desenvolvermos mais força espiritual?

• Sansão usou muitas vezes sua força para proteger-se e lutar contra os filisteus. Como ele conseguia essa força? (Juízes 14:5–6; 15:13–14) Ajude as crianças a compreenderem que o Senhor o abençoava com grande força, para que Sansão pudesse cumprir sua missão. Sansão foi abençoado com força física enquanto guardava seus convênios era espiritualmente forte. Que bênçãos recebemos quando guardamos os convênios e somos espiritualmente fortes? (Ver atividade complementar 4.)

• O que os filisteus ofereceram a Dalila para que ela os ajudasse a capturar Sansão? (Juízes 16:4–5) Em sua opinião, por que as pessoas às vezes são tentadas a fazer coisas erradas para ganhar dinheiro? Como podemos evitar ser tentados por riquezas?

• Por que Sansão acabou cedendo e contando o segredo de sua força à Dalila? (Juízes 16:16) Por que ele perdeu a força? (Juízes 16:19–20) Ajude as crianças a entenderem que, na verdade, a força de Sansão não estava no cabelo. Seu cabelo era o símbolo do convênio que tinha feito com o Senhor. Quando Sansão pecou e quebrou o convênio, o Senhor tirou-lhe a força. (Ver “Sansão” no Guia para Estudo das Escrituras, p. 187.)

• O que os filisteus fizeram com Sansão quando o capturaram? (Juízes 16:21) Mais tarde, quando mandaram buscá-lo para se divertirem ridicularizando-o, o que Sansão pediu em oração? (Juízes 16:28)

• O que é mais importante, a força física ou a espiritual? Por quê? Ajude as crianças a entenderem que é bom ter força física, mas que é bem mais importante ter força espiritual. Saliente que há pessoas que não conseguem desenvolver a força física, mas que todos os que tentam desenvolver a força espiritual conseguem fazê-lo, se guardarem os convênios e obedecerem aos mandamentos.

• O que acontece às pessoas que enfraquecem espiritualmente? (Elas cedem às tentações, pecam, deixam de ser orientadas pelo Espírito Santo e não conseguem mais cumprir seus chamados nem abençoar aos outros.)

• Como podemos desenvolver a força espiritual necessária para vivermos do modo que o Pai Celestial e Jesus Cristo esperam que façamos? (Ver atividade complementar 1.)

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. Peça às crianças que se revezem dizendo coisas que podem fazer para se tornarem mais fortes espiritualmente. Por exemplo: freqüentar a Igreja, fazer algo de bom para alguém, orar diariamente, ser um pacificador em casa, ler as escrituras, etc. Escreva as respostas no quadro-negro. Depois de elas haverem dito todas as idéias que tiveram, dê-lhes lápis e papel (o título “Posso Fortalecer-me Espiritualmente”: deve estar escrito nos papéis). Peçalhes que anotem um ou mais “músculos espirituais” que gostariam de “exercitar” ou coisas em que gostariam de empenhar-se durante a semana. Incentive-as a colocarem o papel num lugar em que possam vê-lo sempre.

  2. Peça às crianças que se revezem escolhendo e representando com mímicas ou desenhando no quadro-negro as idéias citadas na atividade 1 para que as outras crianças adivinhem do que se trata.

  3. Lembre às crianças que Sansão havia feito um convênio com o Senhor, mas não o cumpriu.

    • Quando foram batizados, que convênios vocês fizeram com o Pai Celestial e Jesus Cristo? (Ver Mosias 18:8–10.) Faça um debate sobre como esses convênios podem ajudar-nos a ser fortes espiritualmente. Diga às crianças que elas também farão convênios quando forem ao templo; que terão grande força espiritual na vida se fizerem e guardarem esses convênios; e que devem preparar-se desde agora para receber essa grande bênção, guardando os convênios que já fizeram.

  4. Antes da aula defina pontos fortes que tenha observado em todas as crianças. Escreva um bilhete para cada criança citando seu ponto forte. Por exemplo: “___________, um de seus pontos fortes é vir sempre à Primária”. Algumas outras idéias são:

    • Ser gentil com os outros

    • Prestar testemunho

    • Ajudar seus pais

    • Ser um pacificador

    • Ser um bom amigo

    • Ler as escrituras

    Saliente que todos temos diferentes pontos fortes. O Pai Celestial precisa que usemos nossa força para servir a Ele e ao próximo. Leia em voz alta todos os bilhetes que preparou, sem ler o nome das crianças, depois disso, entregueos a elas. Ajude as crianças a compreenderem que esse é apenas um dos muitos pontos fortes que receberam do Pai Celestial. Deixe as crianças citarem outros pontos fortes que perceberam nos colegas de classe. Incentive-as a desenvolverem esses e outros de seus pontos fortes durante a semana.

  5. Entregue as gravuras de Adão e Eva, Noé, Abraão, Rebeca e etc. Peça-lhes que passem as gravuras de mão em mão e digam quais eram os pontos fortes espirituais dessas pessoas.

  6. Peça a aprovação da presidente da Primária para convidar um membro da ala ou ramo para contar à classe uma experiência que o ajudou a desenvolver sua força espiritual. (Não se esqueça de dar-lhe um limite de tempo para falar.)

  7. Cante ou leia “Eu Quero Viver o Evangelho” (Músicas para Crianças, p. 72) ou “Serei Valoroso” (Músicas para Crianças, p. 85).

Conclusão

Testemunho

Expresse seus sentimentos sobre a importância de desenvolvermos a força espiritual e de vivermos de maneira a podermos estar de novo com o Pai Celestial e Jesus Cristo um dia.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversar com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou ler a “Designação de Leitura Sugerida” em família.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, Juízes 13:1–5, 24; 15:20 e 16:25–30 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração.