Lição 11

Abraão e Isaque

Primária 6: Velho Testamento


Propósito

Ajudar as crianças a compreenderem que devemos ter plena confiança no Pai Celestial e em Jesus Cristo.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude:

  2. Leitura adicional: Jacó 4:5—O sacrifício de Abraão ao oferecer Isaque é comparável ao que fizeram Deus e Jesus Cristo.

  3. Estude a lição e decida como pretende ensinar às crianças as histórias das escrituras. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que mais ajudem as crianças a alcançarem o propósito da aula.

  4. Material necessário:

    1. Bíblia para todas as crianças.

    2. Um Livro de Mórmon e uma Pérola de Grande Valor.

    3. Gravuras 6–1: Abraão Leva Isaque para Ser Sacrificado [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 105]; 6–12: A Travessia do Mar Vermelho; gravura 6–13: Daniel na Cova dos Leões [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 117]; gravura 6–14: Três Homens Dentro da Fornalha de Fogo Ardente [Pacote de gravuras do Evangelho (34730 059) – 116].

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Escreva no quadro-negro: Há alguma coisa difícil para o Senhor? Convide as crianças a discutirem essa questão.

• Foi muito difícil para o Pai Celestial e Jesus Cristo criarem o belo mundo em que vivemos?

• Vocês acham que Eles poderiam mover uma montanha ou mudar o curso de um rio se quisessem?

Mostre as gravuras A Travessia do Mar Vermelho, Daniel na Cova dos Leões e Três Homens Dentro da Fornalha de Fogo Ardente. Fale brevemente de quando o Senhor dividiu as águas do Mar Vermelho para que Moisés e os Israelitas escapassem do exército egípcio, de quando protegeu Daniel em uma cova de leões e de quando evitou que três homens, que foram jogados em uma fornalha de fogo ardente, fossem queimados. (Observação: Não conte essas histórias detalhadamente. Diga às crianças que aprenderão essas histórias em detalhes mais tarde, ao longo do ano.) Saliente o fato de que essas pessoas confiaram no Senhor e tiveram fé que Sua vontade seria feita. Sua fé foi recompensada com milagres.

Volte à pergunta escrita no quadro-negro e diga às crianças que aprenderão a respeito de uma ocasião em que a mesma pergunta foi feita a Abraão e Sara.

História das Escrituras

Ensine às crianças a história do nascimento de Isaque, de acordo com Gênesis 18:1–16 e 21:1–8. Ajude as crianças a compreenderem que o nascimento de Isaque foi um milagre, pois Sara já era velha demais para ter um bebê. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escrituras. Use as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler e discutir as escrituras durante a aula irá ajudá-las a chegar a seus próprios pontos de vista a respeito do assunto.

• Como Abraão tratou os três homens santos que o visitaram? (Gênesis 18:3–8) O que os homens disseram a Abraão? (Gênesis 18:10) Por que Sara riu ao ouvir o que eles disseram? (Gênesis 18:11–12; riu, nesses versículos, provavelmente significa alegrou-se.)

• Que lição importante o Senhor ensinou a Abraão? (Gênesis 18:14) O que podemos aprender com isso? (Qualquer coisa é possível quando é da vontade do Senhor.)

• Que nome Abraão e Sara deram a seu filho? (Gênesis 21:3) Qual era a idade de Abraão e de Sara quando Isaque nasceu? (Gênesis 17:17) O que vocês acham que Abraão e Sara sentiram quando, depois de tantos anos, finalmente tiveram um bebê? (Gênesis 21:6)

• Como essa experiência ensinou Abraão e Sara a terem mais fé no Senhor? Como podemos desenvolver confiança no Pai Celestial e em Jesus Cristo? De que forma podemos demonstrar que confiamos Neles?

História das Escrituras

Ensine às crianças a história de quando Deus ordenou a Abraão que sacrificasse o filho Isaque de acordo com Gênesis 22:1–14. Quando for oportuno, mostre a gravura Abraão Leva Isaque para Ser Sacrificado. (Para sugestões de como ensinar a história das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

Debate

• O que Deus ordenou que Abraão fizesse? (Gênesis 22:2) Por que Deus pediu a Abraão para fazer algo tão difícil? (Gênesis 22:1)

• O que Abraão fez quando Deus disse-lhe que levasse o filho a Moriá e o sacrificasse? (Gênesis 22:3) Por que teria sido difícil para Abraão sacrificar Isaque? (Gênesis 17:19) Lembre as crianças que o próprio Abraão quase havia sido sacrificado e sabia que era errado fazer sacrifícios humanos. (Ver lição 9 e Abraão 1:7–8, 15.) Em sua opinião, por que motivo Abraão obedeceu prontamente? Como isso demonstra que Abraão confiava no Pai Celestial?

• Como acham que Abraão se sentiu quando Isaque perguntou onde estava o cordeiro para o sacrifício? (Gênesis 22:7–8)

Por que o Senhor enviou um anjo para impedir que Abraão matasse o filho? (Gênesis 22:12) O que acham que Abraão sentiu nesse momento?

• Devido à fidelidade de Abraão, que bênçãos o Senhor lhe prometeu? (Gênesis 22:16–18) Explique-lhes que semente quer dizer descendência ou filhos. Todos os que são batizados tornam-se “descendência” de Abraão.

• Vocês sabem de algum outro Pai que teve de sacrificar o Filho? Enfatize que um dos motivos pelos quais foi pedido a Abraão que sacrificasse seu filho foi para ensinar a respeito do sacrifício expiatório de Jesus Cristo. (Ver Jacó 4:5.) Por que era preciso que o Filho do Pai Celestial não fosse poupado do sacrifício? Aponte as semelhanças entre o fato de o Pai Celestial ter enviado Jesus Cristo à Terra para ser sacrificado e o fato de Isaque quase ter sido sacrificado por Abraão. (Ver atividade complementar 1.)

• Como o fato de Abraão quase ter sacrificado Isaque os ajudou a entender melhor o amor que o Pai Celestial demonstrou por vocês ao sacrificar Seu Filho? O que o sacrifício que o Pai Celestial e Jesus Cristo fizeram significa para vocês? Como isso os ajuda a terem maior confiança no que o Pai Celestial e Jesus pedem que façamos?

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. Debata as semelhanças, relacionadas a seguir, entre o fato de Jesus ter sido enviado à Terra pelo Pai Celestial para ser sacrificado e o de Isaque quase ter sido sacrificado por Abraão:

    1. Isaque era o único filho de Abraão e Sara.

      Jesus Cristo é o Unigênito do Pai Celestial na carne. (O Pai Celestial é o pai do espírito e do corpo de Jesus.)

    2. Abraão amava Isaque.

      O Pai Celestial ama Jesus.

    3. Abraão foi obediente ao Pai Celestial.

      Isaque foi obediente a seu pai.

      Jesus foi obediente a Seu Pai.

    4. O Senhor proveu um carneiro para Abraão sacrificar.

      O Pai Celestial enviou Jesus, o Cordeiro de Deus, para sacrificar-se por nós.

  2. Leia e debata Provérbios 3:5–6. Ajude as crianças a decorarem parte da escritura ou toda ela. Incentive-as a recitá-la para a família e discutir o significado com ela.

  3. Sugira situações em que as crianças precisem confiar no Pai Celestial, cite as situações da relação ou use-as como modelo. Ajude-as a decidir como demonstrar confiança.

    • Quando oramos. (Pedir que seja feita a vontade do Pai Celestial.)

    • Quando vimos à Primária. (Escutar e aprender.)

    • Quando somos tentados a fazer algo errado. (Lembrar os ensinamentos de Jesus e nos recusarmos a fazer o que é errado.)

    • Quando alguém nos magoa. (Ser generoso e demonstrar amor em vez de raiva.)

    • Quando achamos que vamos precisar gastar o dinheiro do dízimo em outra coisa. (Pagar o dízimo.)

    • Quando nossos amigos nos convidam para jogar futebol ou ir ao cinema no dia do Senhor. (Guardar o dia do Senhor.)

    • Quando já está na hora de nos levantarmos para ler as escrituras em família e ainda estamos com sono. (Levantar e ler.)

  4. Escreva, em pedaços de papel, bênçãos que podemos receber se confiarmos no Pai Celestial e em Jesus Cristo e fizermos o que Eles pedem. Use as bênçãos abaixo ou outras, semelhantes a elas:

    • Felicidade

    • Saúde

    • Amor ao próximo

    • Paz em casa

    • Um testemunho do evangelho

    • Maior fé em Jesus Cristo

    • Alegria em freqüentar a Igreja

    • O Espírito Santo como companheiro

    • Coloque os papéis numa sacola e pergunte: “Quem quer ganhar coisas boas?”

    Lembre às crianças que já recebemos a grande bênção de ter o evangelho de Jesus Cristo. Diga-lhes que o Pai Celestial e Jesus prometeram-nos muitas outras bênçãos se confiarmos Neles e vivermos o evangelho. Peça às crianças que se revezem na leitura das bênçãos que estão na sacola e sugiram como podem obter a bênção que leram. Certifique-se de haver incluído idéias semelhantes a estas:

    De boa vontade, tomar parte na noite familiar e na oração familiar Freqüentar a Igreja Ajudar os familiares Obedecer aos pais Guardar a Palavra de Sabedoria Ler as escrituras

    Ajude as crianças a perceberem que nem sempre as bênçãos vêm imediatamente. Algumas vêm depois de anos e outras não virão durante nossa vida na Terra. Peça às crianças que escolham algo para fazerem durante a semana para demonstrar que confiam no Pai Celestial e em Jesus.

  5. Cante ou leia “Ele Mandou Seu Filho” (Músicas para Crianças, p. 20).

Conclusão

Testemunho

Expresse sua gratidão pelo sacrifício que o Pai Celestial e Jesus Cristo fizeram por você. Preste testemunho de que, quando confiamos Neles e obedecemos a Seus mandamentos, somos abençoados.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversarem com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou lerem com a família a “Designação de Leitura Sugerida”.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, Gênesis 22:1–13 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração.