Lição 5

“Nascer de Novo”

O Novo Testamento: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho


Objetivo

Ajudar os alunos a compreenderem que para recebermos a vida eterna, devemos “nascer de novo”e continuarmos seguindo Jesus Cristo.

Preparação

  1. Leia e pondere as seguintes escrituras e ore a respeito delas:

    1. João 3:1–22. Jesus ensina Nicodemos que todos precisamos nascer da água e do Espírito para entrar no reino de Deus. Jesus ensina que Ele é o Filho Unigênito de Deus, enviado para salvar a humanidade;

    2. João 4:1–42. Jesus ensina uma mulher samaritana junto ao poço de Jacó. Muitos samaritanos são convertidos;

  2. Leitura adicional: Guia para Estudo das Escrituras, “Águas Vivas”, p. 12.

  3. Se for utilizar a atividade motivadora, leve para a sala de aula:

    1. Uma planta viçosa e bem cuidada e outra murcha por falta de água (ou desenhe no quadro-negro uma planta viçosa e outra murcha, conforme a descrição da atividade motivadora).

    2. Um jarro de água.

  4. Se o seguinte material estiver disponível, utilize parte dele na lição:

    1. A gravura da Mulher na Fonte (Pacote de Gravuras do Evangelho 34730 059 – 217);

    2. “A Mulher na Fonte de Jacó”, um segmento de oito minutos do vídeo Novo Testamento — Apresentações de Vídeo (53914 059);

    3. Um mapa da Palestina da época do Novo Testamento (mapa 4 do Guia para Estudo das Escrituras).

  5. Sugestão didática: “A meta básica do ensino na Igreja é ajudar a trazer modificações dignas na vida do povo. O objetivo é inspirar o indivíduo a pensar, sentir, e então fazer algo a respeito dos princípios e verdades do evangelho”. (Rex A. Skidmore, citado em Ensino — Não Há Maior Chamado, p. 83; ver também p. 84.)

Sugestão para o Desenvolvimento da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, utilize a seguinte atividade ou uma de sua escolha no início da lição.

Mostre a planta viçosa e a planta murcha (ver a seção “Preparação”) ou desenheas no quadro-negro, conforme ilustrado na página seguinte. Mostre também o jarro de água.

• O que acontece com uma planta que não recebe água? O que acontecerá conosco se não recebermos água?

Explique-lhes que assim como morreremos fisicamente se não recebermos água física, morreremos espiritualmente se não recebermos água espiritual. Esta lição aborda os ensinamentos de Jesus a respeito de um novo nascimento da água e do Espírito e a respeito da água viva que Ele nos oferece.

Discussão e Aplicação das Escrituras

Ao ensinar as seguintes passagens das escrituras, discuta como elas podem ser colocadas em prática na vida. Incentive os alunos a contarem experiências que estejam relacionadas com os princípios encontrados nas escrituras.

1. Jesus ensina a Nicodemos que todos precisam nascer da água e do Espírito para entrar no reino de Deus.

Discuta João 3:1–22. Convide alunos para lerem alguns versículos escolhidos em voz alta. Explique-lhes que Nicodemos era um líder da comunidade judaica. Ele procurou Jesus sabendo que Ele era um “Mestre, vindo de Deus”. (João 3:2)

• O que Jesus disse que Nicodemos precisaria fazer para entrar no reino de Deus? (Ver João 3:5.) O que significa “nascer da água”? (João 3:5; ser batizado.) De que modo o batismo é um símbolo de renascimento? (Ser imerso nas águas simboliza a morte ou o sepultamento de nossos pecados; quando somos erguidos das águas, começamos uma nova vida. ) O que significa “nascer (…) do Espírito”? (João 3:5; receber o dom do Espírito Santo.)

• O Élder Bruce R. McConkie ensinou que “os membros da Igreja não nascem de novo pelo simples fato de terem sido batizados”. [Doctrinal New Testament Commentary, 3 vols. (1966–1973), 1:142.] Além de sermos batizados e recebermos o dom do Espírito Santo, o que mais é necessário para se nascer de novo? (Ver João 3:16, 18; Mosias 5:1–7; 27:25–26; Alma 5:14–35; 22:15–18. Peça aos alunos que marquem nesses versículos as frases que se referem a nascer de novo. Segue-se abaixo um exemplo. Explique-lhes que os versículos do Livro de Mórmon esclarecem o que significa nascer de novo.)

  1. Crer em Jesus Cristo (João 3:16, 18);

  2. Experimentar “uma vigorosa mudança [no coração], de modo que não temos mais disposição para praticar o mal, mas, sim, de fazer o bem continuamente”(Mosias 5:2; ver também Alma 5:12–14, 26);

  3. Ser “mudados de [um] estado carnal e decaído para um estado de retidão” (Mosias 27:25)

  4. Tornar-nos “filhos e filhas [de Deus]” (Mosias 5:7; 27:25);

  5. Tornar-nos “novas criaturas” (Mosias 27:26);

  6. Ter a “imagem de Deus gravada [no] semblante” (Alma 5:19; ver também o versículo 14);

  7. Arrepender-nos para que “suas vestimentas [sejam] purificadas, até ficarem limpas de qualquer mancha, pelo sangue [de Cristo]” (Alma 5:21; ver também Alma 5:19, 33–34; 22:18.)

• O Élder McConkie também ensinou que nascer de novo “não acontece de repente. Trata-se de um processo”. (“Jesus Christ and Him Crucified”, em 1976 Devotional Speeches of the Year, p. 399.) O que podemos fazer para continuar esse processo por toda a vida? (Ver 2 Néfi 31:19–20.) Como podemos vencer o desânimo e os retrocessos em nosso progresso espiritual? Que mudanças vocês observaram em sua vida ou na de outra pessoa durante o processo de nascer de novo?

• Convide um aluno para ler João 3:14–18 em voz alta. Como essas verdades a respeito da missão do Salvador estão relacionadas com Seu mandamento de que nasçamos de novo?

• Jesus usou os conceitos de luz e trevas para ensinar Nicodemos. (João 3:19–21) Por que algumas pessoas preferem a escuridão à luz? Como podemos manter a capacidade de amar a luz e fugir das trevas? Que promessas o Senhor fez aos que procurarem a luz? (Ver D&C 50:24; 88: 67.)

2. Jesus ensina uma mulher samaritana junto ao poço de Jacó.

Leia e discuta alguns versículos de João 4:1–42. Mostre o mapa da Palestina. Explique aos alunos que enquanto Jesus e Seus discípulos viajavam da Judéia para a Galiléia (aponte esses lugares no mapa), eles pararam para descansar junto o poço de Jacó, na Samaria. Enquanto Jesus estava sentado junto ao poço, uma mulher samaritana aproximou-se para apanhar água.

Mostre a gravura da mulher junto ao poço. Se for usar o vídeo “A Mulher na Fonte de Jacó”, mostre-a neste ponto da lição.

• Os judeus “não se [comunicavam] com os samaritanos” (João 4:9) e geralmente evitavam passar por Samaria em suas viagens. No entanto, Jesus deliberadamente passou por Samaria ao viajar. O que isso nos revela a respeito Dele? Quais são alguns dos “samaritanos” de nossos dias? (As respostas podem incluir qualquer pessoa ou grupo considerado inferior.) Como devemos tratálos?

• De que modo a mulher samaritana tornou mais fácil para Jesus o trabalho de ensiná-la? (Ver João 4:9, 11–12, 15, 19, 25. As respostas podem incluir o seguinte: Ela foi humilde, quis saber mais, acreditou nas palavras Dele.) O que podemos fazer para tornar-nos mais receptivos aos ensinamentos do Salvador?

• Que mudança ocorreu na mulher samaritana enquanto Jesus conversava com ela? De que modo Jesus ajudou essa mudança acontecer? (As respostas podem incluir o seguinte: Ele ensinou no nível de entendimento dela, testificou de Si mesmo, usou de modo eficaz a água como símbolo e mostrou compaixão.) Como podemos seguir Seu exemplo ao ensinar as pessoas?

• Jesus disse à mulher samaritana que daria a ela a “água viva”. (João 4:10) O que vocês acham que significa a “água viva”? (Ver 1 Néfi 11:25; D&C 63:23. As respostas podem incluir: as doutrinas do evangelho, o amor de Deus, a expiação.) Como podemos obter a água viva? De que maneira vocês foram abençoados por essa água viva?

• A mulher samaritana foi até o poço para apanhar água. (João 4:7) No entanto, depois de falar com Jesus, ela deixou seu cântaro junto ao poço e foi contar a outras pessoas o que lhe tinha acontecido. (João 4:28–29) O que podemos aprender com o exemplo que ela nos deu?

• Como outras pessoas foram abençoadas por intermédio da fé da samaritana? (Ver João 4:39–42.) Que bênçãos vocês já receberam ou viram outras pessoas receberem por acreditarem no Senhor? De que forma nossa fé pode influenciar as pessoas à nossa volta?

Conclusão

Se você usou a atividade motivadora, mostre as plantas e o jarro novamente. Explique-lhes que da mesma forma como as plantas precisam de água para viver, nós precisamos seguir o Salvador e Seus ensinamentos para nascermos de novo e termos a vida eterna.

Testifique-lhes a respeito das verdades que foram discutidas durante a lição. Desafie os alunos a buscarem Jesus, seguirem-No e prosseguirem no processo de nascer de novo.

Outras Sugestões Didáticas

Sugere-se o seguinte material para complementar a aula. Você pode usar uma ou mais destas sugestões como parte da lição.

1. “(…) Eu não sou o Cristo, mas sou enviado adiante dele.” (João 3:28)

• Em João 3:25–36, qual é a atitude de João com respeito a seu papel em relação ao Salvador? Como a atitude de João exemplifica a atitude de um verdadeiro discípulo? Como podemos colocar em prática essa atitude em nosso serviço na Igreja?

2. “As terras (…) já estão brancas para a ceifa.” (João 4:35)

• O que Jesus ensinou a Seus discípulos a respeito da obra missionária em João 4:35–38? O que Ele quis dizer ao mencionar que o campo estava branco e pronto para a colheita? Como o Salvador utilizou esse mesmo simbolismo em Doutrina e Convênios 4:1–4 e 75:3–5? Peça aos alunos que contem experiências que tiveram ao compartilhar o evangelho com outras pessoas.

3. Jesus cura o filho de um nobre

Leia e discuta João 4:46–54.

• Por que o nobre procurou Jesus? (Ver João 4:46–47.) Qual foi a primeira resposta que Jesus lhe deu? (Ver João 4:48.) De que modo reagiu o nobre? (Ver João 4:49.)

• Qual foi a segunda resposta de Jesus ao nobre? (Ver João 4:50.) Qual foi a reação do nobre? (Ver João 4:50.) Qual foi o resultado da fé do nobre? (Ver João 4:51–54.) O que podemos aprender deste relato a respeito do poder da fé?