Lição 46

“Com Eles Habitará, e Eles Serão o Seu Povo”

O Novo Testamento: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho


Objetivo

Incentivar os alunos a encararem o futuro com esperança porque sabem que as forças do mal serão vencidas e o Salvador reinará triunfante.

Preparação

  1. Leia e pondere as seguintes escrituras e ore a respeito delas:

    1. Apocalipse 5:1–5; 6. João vê por meio de revelação um livro com sete selos e observa alguns dos eventos dos seis primeiros selos, ou períodos de tempo. Ele vê que Satanás lutou contra os justos em todos os períodos.

    2. Apocalipse 19:1–9; 20:1–11. João vê que Satanás será preso e Cristo reinará triunfante durante o milênio.

    3. Apocalipse 20:12–22:21. João fica sabendo que depois do julgamento final, os justos habitarão com Deus.

  2. Leitura adicional: Doutrina e Convênios 77; Guia para Estudo das Escrituras: “Apocalipse do Apóstolo João”, p. 19.

  3. Sugestão didática: “Acima de tudo, a mais importante preparação é a pessoal. Prepare-se para que tenha a influência do Espírito Santo.” (Boyd K. Packer, Teach Ye Diligently, 1975, p. 219.) Cada um de nós precisa esforçar-se para viver como o Salvador viveu e ensinar como Ele ensinou. Em espírito de oração, pondere o que pode fazer para ensinar sob a influência do Espírito Santo. (Ver Ensino — Não Há Maior Chamado, pp. 9, 13.)

Sugestão para o Desenvolvimento da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, utilize a seguinte atividade ou uma de sua escolha para começar a lição.

Mostre um jornal recente e chame a atenção para duas ou três notícias perturbadoras, como relatos de crimes ou catástrofes naturais.

• Como vocês se sentem ao ler a respeito de incidentes como estes? (Não discuta detalhadamente os incidentes.)

Peça a um aluno que leia II Timóteo 3:1.

Diga que estamos vivendo nos últimos dias, nos tempos que o Apóstolo Paulo descreveu como “trabalhosos”. Explique-lhes que um dos grandes desafios de se viver nos últimos dias é aprender a dominar o medo e o desespero para que possamos vencer as tribulações e tentações. Esta lição discutirá como podemos encontrar esperança e coragem na compreensão dos acontecimentos que terão lugar nos últimos dias.

Discussão e Aplicação das Escrituras

Discuta como as seguintes passagens das escrituras podem ajudar-nos a ter esperança ao enfrentarmos as dificuldades dos últimos dias. Ajude os alunos a compreender que os justos não precisam temer a Segunda Vinda.

1. Satanás guerreia contra os justos.

Discuta Apocalipse 5:1–5; 6. Peça aos alunos que leiam alguns versículos em voz alta. Diga que os três primeiros capítulos do livro de Apocalipse se referem à época de João. (Ver lição 45.) O restante do livro trata de eventos que aconteceriam numa época futura à de João, desde a Apostasia que ocorreria após a morte dos Apóstolos até a Segunda Vinda de Jesus Cristo e o julgamento final.

Explique-lhes que os capítulos 5 e 6 de Apocalipse usam o símbolo de um livro “selado com sete selos”. (Apocalipse 5:1) Cada selo representa um período de mil anos da existência física da Terra. (D&C 77:6–7) Estamos vivendo no período de tempo representado pelo sexto selo. (Ver mais informações a respeito dos sete selos na terceira sugestão didática adicional.) No capítulo 6, o Cordeiro (Jesus Cristo) abre os primeiros seis selos, mostrando alguns dos eventos associados a cada período de tempo.

• Uma coisa que aprendemos no capítulo 6 é que Satanás guerreou contra os justos durante toda a história da Terra. De acordo com Apocalipse 6:4–11, quais são algumas das maneiras pelas quais ele fez isso? (As respostas podem incluir as relacionadas abaixo.)

  1. Violência e guerra (Apocalipse 6:4, 8)

  2. Fome (Apocalipse 6:5–6, 8. Diga que um dinheiro romano correspondia ao salário de um dia de trabalho e uma medida de trigo era a quantidade necessária para alimentar uma pessoa por um dia. O versículo 6 indica que com o salário de um dia de trabalho só era possível comprar o sustento diário de uma única pessoa.)

  3. Perseguição (Apocalipse 6:9–11)

• Que estratégia Satanás utiliza atualmente para tentar vencer os justos?

O Presidente Gordon B. Hinckley declarou:

“A guerra prosseguiu, tão amarga, tão intensa, e jamais deixou de existir. É a guerra entre a verdade e o erro, entre o livre-arbítrio e a coação, entre os seguidores de Cristo e aqueles que O negaram. Seus inimigos usaram todos os estratagemas possíveis nesse conflito. Dedicaram-se à mentira e ao engodo. Empregaram dinheiro e riquezas. Iludiram a mente dos homens. Assassinaram e destruíram, e entregaram-se a todos os outros tipos de práticas profanas e impuras, a fim de frustrar a obra de Cristo. (…)

[A oposição] tem sido sentida nos esforços infindáveis de muitos, tanto dentro quanto fora da Igreja, com o fim de destruir a fé, humilhar, diminuir, prestar falso testemunho, tentar atrair nosso povo, induzindo-o a práticas inconsistentes com os ensinamentos e padrões desta obra de Deus. (…)

A guerra continua. É travada no mundo inteiro entre o livre-arbítrio e a coação. É travada por um exército de missionários, que lutam pela causa da verdade contra o erro. É travada em nossa vida, dia após dia, em nossos lares, no trabalho, na escola; é travada pela causa do amor e do respeito, da lealdade e fidelidade, da obediência e integridade. Todos estamos participando dela”. (Conference Report, outubro de 1986, pp. 55–58; ou Ensign, novembro de 1986, pp. 42, 44–45.)

• Depois de fazer a declaração acima, o Presidente Hinckley acrescentou: “Estamos vencendo, e o futuro nunca pareceu mais esplendoroso”. (Conference Report, outubro de 1986, p. 58; ou Ensign, novembro de 1986, p. 45.) Como podemos manter a esperança e uma atitude positiva enquanto lutamos contra Satanás? De que recursos dispomos para fortalecer-nos contra o poder de Satanás e seus seguidores? (As respostas podem incluir as escrituras e os ensinamentos dos profetas vivos, a autoridade do sacerdócio, os templos e o convívio com outros membros da Igreja.)

2. Satanás será preso, e Cristo reinará triunfante durante o milênio.

Leia e discuta Apocalipse 19:1–9 e 20:1–11.

• João identificou muitas pragas, guerras e julgamentos que aconteceriam antes da Segunda Vinda de Jesus Cristo. (Apocalipse 8–16) Em seguida, em Apocalipse 19, ele descreveu a vinda do Senhor, simbolizada por um banquete de núpcias. (Apocalipse 19:7–9) O que representa a noiva do Cordeiro? (A Igreja de Jesus Cristo.) O que o símbolo da ceia de bodas, com Cristo como o noivo e a Igreja como a noiva, sugere a respeito da relação entre o Senhor e Sua Igreja?

• O que temos que fazer para ser convidados à ceia de bodas?

O Élder Bruce R. McConkie explicou: “Os élderes de Israel estão distribuindo convites para a ceia das bodas do Senhor; as pessoas que crerem e obedecerem ao evangelho, demonstrando assim que aceitaram o convite, no devido tempo irão sentar-se (…) na ceia das bodas”. (Doctrinal New Testament Commentary, 3 vols., 1966–1973, 3:563–564.)

• A Segunda Vinda de Jesus Cristo dará início ao milênio, um período de mil anos em que Cristo reinará pessoalmente sobre a Terra. O que acontecerá a Satanás durante o milênio? (Ver Apocalipse 20:1–3.) Como será a vida quando Satanás estiver preso? (Ver 1 Néfi 22:26; D&C 45:55, 58.) Como podemos limitar o poder de Satanás em nossa vida desde já?

• Depois do milênio, Satanás será solto por um tempo, e haverá a grande batalha final entre os exércitos de Deus e os de Satanás. (Apocalipse 29:7–8; D&C 88:111–113) Ela é muitas vezes chamada de a batalha de Gogue e Magogue. Qual será o resultado dessa grande batalha que acontecerá no final do milênio? (Ver Apocalipse 20:9–11; D&c 88:114–115.) Uma vez que o resultado da batalha já é conhecido, qual é nossa responsabilidade em relação a essa vitória?

O Presidente Ezra Taft Benson disse: “A cada dia, as forças do mal e as forças do bem ganham novos seguidores. A cada dia, nós mesmos tomamos muitas decisões, mostrando a causa que defendemos. O resultado final é certo — as forças da retidão vencerão. Mas o que resta saber é onde cada um de nós pessoalmente, agora e no futuro, ficará nessa batalha — e o quão determinados seremos. Seremos fiéis até os nossos últimos dias e cumpriremos nossa missão pré-ordenada?” (“Em Seus Passos”, A Liahona, fevereiro de 1989, p. 3.)

3. Depois do julgamento final, os justos habitarão com Deus.

Leia e discuta alguns versículos de Apocalipse 20:12–22:21.

• Depois da última grande batalha, haverá o julgamento final. O que aprendemos em Apocalipse 20:12 a respeito de como seremos julgados? Que bênçãos serão concedidas aos que forem julgados e considerados justos? (Ver Apocalipse 21:3–7. Escreva as respostas dos alunos no quadro-negro. As respostas podem incluir as relacionadas na próxima página.)

Os justos:

  1. Habitarão na presença de Deus (Apocalipse 21:3);

  2. Não mais sentirão a morte, o pranto, o clamor e a dor (Apocalipse 21:4);

  3. Herdarão todas as coisas como filhos e filhas de Deus (Apocalipse 21:7).

• De que maneira o conhecimento dessas grandiosas bênçãos nos ajudam a enfrentar as dificuldades da mortalidade?

• Apocalipse 21:10–22:5 descrevem a glória celestial da Terra e a cidade onde habitarão aqueles que tiverem alcançado a glória celestial. Por que não há um templo na cidade celestial? (Ver Apocalipse 21:22. O propósito do templo é aproximar-nos de Deus e ensinar-nos Seu plano. Quando voltarmos a viver com Ele, os templos não serão mais necessários.) O que Apocalipse 22:14 nos ensina que precisamos fazer para podermos entrar na cidade eterna pelas portas?

O Presidente David O. McKay relatou uma visão que teve de uma bela cidade, muitas pessoas vestidas de branco e o Salvador:

“Compreendi que a cidade era a [do Salvador]. Era a Cidade Eterna; e as pessoas que O seguirem viverão ali em paz e felicidade eterna.

Mas quem são elas?

Como se o Salvador lesse meus pensamentos, respondeu-me apontando para um semi-círculo que surgiu acima delas, no qual estava escrito em letras douradas: Estes São Aqueles que Venceram o Mundo — Que Realmente Nasceram de Novo!” (Cherished Experiences from the Writings of President David O. McKay, comp. Clare Middlemiss, 1976, p. 60.)

Conclusão

Explique-lhes que o Novo Testamento termina com uma mensagem de grande esperança. Profetas como João, o Revelador, viram as coisas que irão acontecer e contaram-nos as bênçãos que receberemos se permanecermos justos e perseverarmos até o fim. Testifique-lhes que os justos triunfarão no fim do mundo. Incentive os alunos a tirarem coragem e esperança desse conhecimento, enquanto resistem à iniqüidade e procuram vencer os obstáculos desta vida.

Outras Sugestões Didáticas

Sugere-se o seguinte material para complementar a aula. Você pode usar uma ou mais sugestões como parte da lição.

1. Os perigos de se colocar o coração nas posses mundanas.

• Apocalipse 18:11–18 ensina que os iníquos prantearão a perda de suas posses mundanas e ficarão assombrados ao ver que um grandioso reino mundano possa ser destruído em tão pouco tempo. Quando foi que vocês viram posses materiais serem destruídas ou perdidas em um período de tempo bem curto?

• Quais são os perigos de se colocar o coração nas coisas mundanas? De que maneira as coisas mundanas nos tiram a atenção das coisas espirituais?

2. A Primeira Ressurreição

Peça a um aluno que leia Apocalipse 20:4–6. Para ajudar os alunos a compreenderem esses versículos, partilhe a seguinte informação (na próxima página): A Primeira Ressurreição, ou a ressurreição dos justos, começará na Segunda Vinda do Salvador. Aqueles que receberão a recompensa celeste ou terrestre surgirão nessa ressurreição. (D&C 88:98–99) A Segunda Ressurreição, ou a ressurreição dos injustos, somente acontecerá no final do milênio. Aqueles que irão receber uma recompensa teleste e os filhos de perdição surgirão nessa ressurreição. (D&C 88:100–102)

3. Os sete selos do livro de Apocalipse

A tabela abaixo fornece mais informações a respeito dos sete selos. A tabela também pode ser útil na compreensão da estrutura do livro de Apocalipse.

Selo

Acontecimentos Importantes

Primeiro selo

A criação e a queda de Adão e Eva; o ministério de Enoque e a trasladação de sua cidade ao céu. (Apocalipse 6:1–2)

Segundo selo

Noé e o dilúvio. (Apocalipse 6:3–4)

Terceiro selo

O ministério de Abraão, Isaque, Jacó e José. (Apocalipse 6:5–6)

Quarto selo

O ministério de Moisés; o Êxodo; o reino dos juízes; o reino dos reis; a divisão do reino; a conquista dos reinos. (Apocalipse 6:7–8)

Quinto selo

O nascimento, o ministério, a crucificação e a ressurreição de Jesus Cristo; o estabelecimento de Sua Igreja e o ministério dos Apóstolos; o martírio dos Apóstolos; a Apostasia. (Apocalipse 6:9–11)

Sexto selo

A continuação da Apostasia; a restauração do evangelho por intermédio do Profeta Joseph Smith; os sinais dos tempos são manifestados. (Apocalipse 6:12–17; 7:1–8)

Sétimo selo

Guerras, pragas e desolação; a Segunda Vinda do Senhor. (Apocalipse 8:1–19:21) O milênio de paz. (Apocalipse 20:1–6) Satanás é libertado por um tempo, a grande batalha final e o julgamento final. (Apocalipse 20:7–15)

Depois do sétimo selo

A Terra é celestializada. (Apocalipse 21:1–22:6)

• Explique-lhes que os cinco primeiros selos são descritos em 11 versículos, o sexto selo é descrito em 14 versículos e o sétimo, em 216 versículos. O que essa ênfase nos ensina?

Explique-lhes que João deu maior atenção aos eventos de nossa época e da que está para vir. O livro de Apocalipse foi escrito para nossos dias, e nossa vida será abençoada se o estudarmos e nos prepararmos para a Segunda Vinda do Salvador.