Escolher uma Companheira Eterna

Manual de Sacerdócio Aarônico 3, 1995


Objetivo

Cada rapaz aprenderá alguns princípios a serem seguidos na escolha de uma companheira eterna.

Preparação

  1. 1.

    Estude em espírito de oração Doutrina e Convênios 9:7–9 e 131:1–4.

  2. 2.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Obras-padrão (cada rapaz deve ter seus exemplares).

    2. b.

      Lápis para marcar as escrituras.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

Introdução

Debate

• Você já pensou nos filhos que um dia poderá ter?

• Que atributos você deseja possuir como pai desses filhos?

• Que atributos deseja que a mãe deles possua?

• Ao escolher uma companheira eterna, por que é tão importante considerar o tipo de mãe que uma moça pode se tornar?

Escolher uma Companheira Tem Conseqüências Eternas

Escritura e debate

• Por que um homem não pode ser exaltado sem que seja selado a uma mulher?

Leia e discuta Doutrina e Convênios 131:1–4.

• O que significa “ele não poderá ter progênie”? (Ele não poderá ter filhos espirituais nas eternidades.)

Debate com uso do quadro-negro

Esclareça que escolher uma companheira para a eternidade é uma decisão extremamente importante, mas que geralmente se baseia num entendimento muito limitado do amor. Uma pessoa que se deixe levar apenas pela atração ou pelo amor romântico pode deixar passar despercebidas muitas qualidades importantes ao escolher com quem passará a eternidade.

• Que características sociais e espirituais atraem você numa moça?

Escreva as respostas dos rapazes no quadro-negro, tais como:

  1. 1.

    Não é egoísta.

  2. 2.

    Mostra respeito por mim.

  3. 3.

    Tem iniciativa.

  4. 4.

    Tem consideração pelos outros.

  5. 5.

    É paciente nas situações difíceis.

  6. 6.

    É membro ativo da Igreja.

  7. 7.

    Tem um testemunho do evangelho e obedece aos mandamentos.

  8. 8.

    Mantém uma perspectiva saudável com relação à vida.

  9. 9.

    Possui valores e objetivos semelhantes aos meus.

Peça a cada rapaz que selecione os três atributos que ele considera mais importantes dentre os mencionados no quadro-negro. Faça uma votação para determinar as áreas que os rapazes consideram mais importantes. Debata o por quê de terem votado em tais áreas.

Citação e debate

Compare os resultados da votação com a seguinte declaração do Presidente Spencer W. Kimball. Peça a um rapaz que a leia.

“Recomendamos que as pessoas se casem com aqueles da mesma raça e que possuam mais ou menos os mesmos antecedentes econômicos, sociais e educacionais (algumas dessas coisas não são totalmente necessárias, mas desejáveis), e, acima de tudo, que tenham os mesmos antecedentes religiosos, sem dúvida alguma.” [“Marriage and Divorce” (“Casamento e Divórcio”), 1976 Devotional Speeches of the Year (Discursos de Devocionais do Ano de 1976) (Provo: Brigham Young University Press, 1977), p. 144.]

• Por que é tão importante que os cônjuges sejam membros dignos da Igreja? Não deixe de debater os seguintes pontos:

  1. 1.

    A exaltação não pode ser alcançada sem o casamento celestial.

  2. 2.

    Os valores religiosos são poderosos e, se conflitantes, podem causar uma atmosfera de pressão contínua.

  3. 3.

    O Presidente Kimball citou uma pesquisa demonstrando que “somente um de cada sete cônjuges não-membros é convertido e batizado na Igreja.” [“Marriage and Divorce” (“Casamento e Divórcio”), p. 152.]

  4. 4.

    Quando um dos cônjuges não é convertido ao evangelho, os filhos ficam no meio, entre os diferentes valores dos pais.

• Por que é importante que um casal tenha antecedentes econômicos, educacionais e culturais semelhantes?

Citação e debate

Esclareça que escolher uma companheira é uma tremenda responsabilidade. O Presidente Kimball citou alguns princípios que devem guiar nossa escolha:

“Ao selecionar um companheiro para a vida e para a eternidade, certamente devemos planejar, pensar, orar e jejuar com o máximo cuidado para certificarmo-nos de que, entre todas as decisões, esta não esteja errada. No verdadeiro casamento deve haver uma união de mentes, bem como de corações. As emoções não devem determinar completamente as decisões, mas a mente e o coração, fortalecidos pelo jejum, oração e séria consideração, fornecem a oportunidade máxima de felicidade matrimonial.” [“Marriage and Divorce” (“Casamento e Divórcio”), p. 144.]

• Quais são os principais pontos enfatizados pelo Presidente Kimball? Ajude os rapazes a mencionarem que ele enfatizou:

  1. 1.

    Planejamento e meditação cuidadosos.

  2. 2.

    Oração e jejum.

  3. 3.

    As emoções não devem determinar completamente as decisões.

Escritura e debate com uso do quadro-negro

Esclareça que o Senhor deu a Oliver Cowdery conselhos específicos sobre como combinar esforços com inspiração, ao tomarmos uma decisão importante. Peça aos rapazes que leiam e marquem Doutrina e Convênios 9:7–9.

• Como podemos aplicar tais conceitos na escolha de uma companheira?

Aliste no quadro-negro as respostas dadas pela escritura e pelos rapazes. Depois, explique os seguintes passos que fazem parte da busca e escolha de uma companheira eterna:

  1. 1.

    Antes de sua missão, faça amizade com diversas moças. Ao fazê-lo, pense a respeito da importância de ter a mesma religião, ideais, valores e objetivos semelhantes e alguns dos mesmos interesses da jovem com quem você um dia poderá se casar.

  2. 2.

    Depois de sua missão, estude o assunto. Após namorar uma moça seriamente por algum tempo, você deve continuar procurando conhecê-la em circunstâncias diversas, tais como situações espirituais, sob pressão, quando feliz, quando cansada e no trabalho. Procure conhecê-la bem e só depois tome uma decisão.

  3. 3.

    Finalmente, apresente sua decisão ao Senhor para confirmá-la e peça Sua ajuda e orientação diariamente com respeito a esse assunto tão importante. Alma 37:37 declara: “Aconselha-te com o Senhor em tudo que fizeres e Ele dirigir-te-á para o bem.”

O Tempo Certo para Casar

História

Relate a seguinte situação:

Luís tinha dezessete anos e Eliane quinze quando se casaram. A vida deles tornou-se muito difícil quando o filho nasceu com um defeito no coração. Luís teve que trabalhar em dois empregos, e Eliane passou muitas horas de ansiedade no hospital durante as duas cirurgias que fizeram em seu bebê. Ambos sentiram-se aliviados quando o médico lhes disse que a operação daria à criança uma vida normal. Ela precisaria, porém, de cuidados extras por um ano ou mais.

Eliane via seus amigos indo para a escola, enquanto pendurava roupas no varal. Tudo o que Luís via eram contas de médicos e hospitais. Seu futuro, pelo menos pelos próximos anos, não incluía basquete ou outras atividades.

Esclareça que Luís e Eliane decidiram casar antes de estarem preparados espiritual e emocionalmente e nas questões práticas. Precisamos obter um certo grau de experiência antes de sabermos quem somos e quem seria melhor para nós. É por isso que os casamentos entre adolescentes freqüentemente fracassam.

Diga que Luís e Eliane estavam cientes das coisas óbvias que estavam perdendo por causa do seu casamento prematuro, mas tinham apenas uma vaga idéia de algumas das outras coisas que talvez nunca tivessem a oportunidade de fazer, ou que somente conseguiriam fazer muito mais tarde, em circunstâncias diferentes e, possivelmente, bem mais difíceis.

Debate com uso do quadro-negro

• Que experiências valiosas Luís e Eliane estão perdendo ou tendo dificuldade em obter por haverem casado tão cedo?

Anote as respostas dos rapazes no quadro-negro. Elas podem incluir:

  1. 1.

    Missão.

  2. 2.

    Maior aprimoramento educacional.

  3. 3.

    Maior desenvolvimento social e emocional.

  4. 4.

    Desenvolvimento de talentos.

  5. 5.

    Capacidade para conseguir o nível de vida desejado.

Encontrar a Pessoa Certa

História

Relate a seguinte situação:

Ao voltar da missão, César sentiu-se pressionado pelos amigos a se casar. Ele entrou para a faculdade e começou seus estudos. Embora estivesse interessado em obter educação, a preocupação de se casar começou a interferir em seus estudos. Noite após noite ele se ajoelhava, pedindo ao Senhor que fizesse aparecer a garota perfeita para sua vida. Suas orações, porém, pareciam não ser respondidas.

• Existe mesmo uma única pessoa perfeita para cada um de nós?

Perguntas e debate

Como parte do debate, você pode designar dois rapazes para lerem as seguintes citações, a primeira do Presidente Kimball e a outra do Élder Boyd K. Packer:

“A ‘pessoa certa’ é fictícia e ilusória; e embora cada rapaz e moça busque com toda diligência e espírito de oração encontrar o companheiro com quem a vida possa ser mais compatível e bela, é certo que quase todo bom homem e toda boa mulher pode encontrar a felicidade e ter um casamento bem sucedido, se ambos estiverem dispostos a pagar o preço.” [“Marriage and Divorce” (“Casamento e Divórcio”), p. 146.]

“Embora tenha certeza de que alguns casais jovens receberam uma orientação especial para se encontrar, não acredito em amor predestinado. Se você deseja a inspiração do Senhor nessa decisão crucial, deve viver os padrões da Igreja e orar constantemente por sabedoria para reconhecer as qualidades sobre as quais uma união bem sucedida pode basear-se. Você deve fazer a escolha. Você precisa ser sábio além de sua idade e orar humildemente para não efetuar uma escolha equivocada.” (Como Conseguir um Casamento Celestial, p. 180.)

• O que o Presidente Kimball e o Élder Packer querem dizer com o termo “pessoa certa”? (Alguém considerado a única pessoa acertada para casar com outra.)

Ressalte que os rapazes não devem procurar a única pessoa certa, mas uma pessoa certa, com a mesma religião e com valores, objetivos e ideais semelhantes.

Ser a Pessoa Certa

Apresentação pelo consultor

Esclareça que a felicidade no casamento consiste, em grande parte, em ser a pessoa certa. Um casamento bem sucedido depende da disposição de cada um de sacrificarse e colocar o outro em primeiro lugar. O casamento pode ser o maior desafio que temos para testar nossos próprios ideais cristãos, mas também pode proporcionar as maiores recompensas em companheirismo, amor e felicidade.

Debate com uso do quadro-negro

• O que você pode fazer a fim de se preparar para ser um bom companheiro no casamento?

Escreva as respostas dos rapazes no quadro-negro, tais como:

  1. 1.

    Desenvolver um relacionamento mais íntimo com o Senhor.

  2. 2.

    Aprender a lidar com as pessoas e ser um bom amigo.

  3. 3.

    Evitar o egoísmo.

  4. 4.

    Praticar a bondade no lar agora.

  5. 5.

    Desenvolver talentos e aptidões.

  6. 6.

    Estudar ou treinar para ser um bom provedor.

  7. 7.

    Crescer em espiritualidade.

  8. 8.

    Trabalhar para superar as fraquezas.

  9. 9.

    Aprender o que é a caridade e buscar praticá-la por meio de oração e esforço.

  10. 10.

    Viver retamente em todas as circunstâncias e não apenas quando for conveniente.

Conclusão

Desafio

Desafie os rapazes a estabelecerem agora um relacionamento com o Pai Celestial que lhes permita receber algum dia inspiração pessoal para a escolha sábia de uma companheira no matrimônio. Lembre-lhes que, quando chegar a hora de pensar em casamento, eles devem continuar a orar diariamente, sem esperar que o Senhor faça o trabalho por eles.

Desafie-os a trabalharem agora para se tornarem o tipo de pessoa com quem desejam casar-se. Eles devem aproveitar as oportunidades diárias de ajudar e servir aos outros, permanecendo suficientemente próximos do Senhor para agirem sabiamente em uma das mais importantes decisões que tomarão.