Nascido em
Reyna Isabel Aburto
Nicaragua
Chamado(s)
TítuloSegunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro
OrganizaçãoPresidência geral da Sociedade de Socorro
Data do chamado1 abr. 2017
Discursos da conferência
Seguir
RS2ndCounselor
reynaiaburto

Reyna I. Aburto

Reyna I. Aburto foi apoiada em abril de 2017 como segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, a organização da Igreja para 6 milhões de mulheres acima de 18 anos.

Vida pessoal

Ela nasceu na Nicarágua, filha de Noel Blanco e Delbi Cardoza, e se casou com Carlos Aburto, do México, no Templo de Jordan River, Utah, em 1993. Ambos são conversos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e o casal tem três filhos e dois netos.
Reyna I. Aburto diz que seu marido, Carlos, é seu “melhor amigo” e seu “grande apoio” e eles apreciam passar tempo com seus filhos e netos.
Ela conta que dois incidentes graves em sua infância tiveram grande impacto em sua vida: ela sobreviveu a um terremoto, que destruiu sua casa, matando seu irmão mais velho, e morou na Nicarágua durante um período de agitação civil, na década de 1970. Por causa dessas experiências devastadoras de perda, incerteza e medo, ela aprendeu que os relacionamentos, a família, o amor e a fé são nossos bens mais preciosos.
Ela estudou engenharia industrial por quatro anos na Universidade Centroamericana, e é formada em ciência da computação pela Universidade de Utah Valley.
Em 1989, depois de passar por um momento difícil na vida, foi convidada por missionários, na Califórnia, para ir à igreja. Sentiu-se hesitante no início, mas lembra de se sentir segura e à vontade assim que entrou na capela. Foi batizada algumas semanas mais tarde, aos 26 anos de idade. Ela diz que “nunca deixou de admirar a beleza do evangelho” e que considera sua condição de membro da Igreja como um enorme privilégio e uma bênção.
Sua família frequentou congregações de língua espanhola até 2013, quando eles começaram a frequentar a ala de língua inglesa na vizinhança onde moravam. Ela serviu extensivamente na Sociedade de Socorro, nas Moças, na Primária, na Escola Dominical e no escotismo em sua ala e estaca (semelhante à diocese).
A irmã Aburto serviu na junta geral da Primária de 2012 a 2016, na qual suas responsabilidades incluíam a coordenação dos recursos para as crianças com deficiências da Igreja, a participação no programa do escotismo, a melhoria do conteúdo da Primária na internet e o treinamento para líderes da Igreja nos Estados Unidos e no México.

Vida profissional

Trabalhou no mercado de ensino de idiomas por mais de 25 anos, equilibrando trabalho, família e responsabilidades na Igreja. Atualmente possui um pequeno negócio de tradução com o marido.
Última atualização em 2 Apr 2021